Professor Hariovaldo Almeida Prado

26 maio 2009

Com a gentalha no poder não há democracia

Filed under: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 04:05
Guerrilheiros atacam prédio do governo de SP. Se a situação já desceu a esse nível, imagine com o 3º mandato de Lula como seria? Certamente os comunistas invadiriam os lares dos homens de bem.

Guerrilheiros atacam um prédio do governo de SP. Se a situação já desceu a esse nível, imagine com o 3º mandato de Lula como seria? Certamente os comunistas invadiriam os lares dos homens de bem!

O ideal republicano que nossos antepassados tão bem instituíram ao se livrarem da patética família real que ousou lhes afrontarem, deve ser preservado a todo custo, ao que pese as forçadas tentativas dos bolcheviques de se apoderarem de todo o poder constituído. A reeleição continuada seria uma ofensa a esse nobre ideal, visando somente perpetuar no poder os representantes da gentalha ignara, falseando a democracia, uma vez que democracia constitucional é mais do que eleição, é eleição sobre determinadas condições que visem impedir que o poder caia nas mãos da gentalha. Do contrário, seria o avanço do populacho manipulado pelos esquerdistas rumo ao comunismo cruel e abominável.

O casuísmo petista visando mudar as regras do jogo é uma afronta aos princípios republicanos, onde já se viu alterar a constituição somente para beneficiar o mandatário que está no poder, ainda mais se tratando de um representante das classes baixas, a quem não cabe este papel? Se fosse um governante bom, representante das mais elevadas pessoas da nação, até se justificaria e seria bem vinda essa alteração, no intuito de preservar a República e defender o país contra as forças do esquerdismo, como nosso amado irmão Uribe, mas é justamente ao contrário disso, o que torna a proposta inaceitável para os homens de bem e representa grave ameaça para nossa causa. Os Estados Unidos só se livraram do perigo vermelho representado pelos bolchevistas e adentraram a democracia verdadeira quando suprimiram essa chaga maldita, que é a reeleição continuada, em 1949.

Ainda bem que destacados homens bons e alguns poucos jornalistas imparciais (ainda não comprados pela ditadura lullopetista) denunciam e lutam contra essa aberração. Ao lado deles temos também o excelso tribuno dos homens bons e impoluto defensor de nossos ideais republicanos, presidente de mais alta corte da nação, que jamais compactuou ou compacturará com prática semelhante. Alvíssaras!

Anúncios

27 Comentários »

  1. Caríssimo Prof. Hariovaldo,

    Mais uma vez, suas mensagens me iluminam com sua sabedoria! Fiquei a pensar, como podemos atingir um grau de desenvolvimento se o voto da choldra ignara vale a mesma coisa que o voto dos cidadãos de bem da nação? Como é que teremos uma verdadeira democracia se os votos dos advogados bem-nascidos vale a mesma coisa que o voto dos serviçais e lacaios? Precisamos urgentemente de uma reforma política que modifique o sistema eleitoral e que não permita que a malta tenha tanto poder. Só assim, os cidadãos de bens poderão retomar o que é seu por direito divino.

    Comentário por Norton Silva — 26 maio 2009 @ 04:51 | Responder

  2. Prof. Hariovaldo meu idolo!

    Onde já se viu um absurdo desses!!! Temos que fazer uma reforma política para banirmos os votos dessa gentalha ignara!!!

    A minha proposta é que só os instruidos de São Paulo e da politizada região sul pudessem votar como? É facil eu proponho que só os homens de bem com renda superior a 20 salarios minimos tivessem direito ao voto, porque eles sabem o que é melhor para essa gentalha mau acostumada com luxos superfulos, onde já se viu eles quererem ter geladeiras novas, dvds, fogão a gás, comprarem bolachas, carne de primeira, sabonetes, pasta de dente, irem pra cinema,irem almoçar fora no fim de semana, comprarem carro novo, computadores!!!! e varias outra coisa superfulas!!! Isso não pode!!! Assim não dá assim não dá é muito luxo que levará essa massa ignara a quererem mais muito mais e passarão a pensar que não precisam mais de nós homens de bem para guia-los para o bom caminho porque o que é bom para nós nem sempre pode ser para eles!!!

    Comentário por Carlos — 26 maio 2009 @ 07:59 | Responder

  3. Caro primo-professor
    Suas colocações, como sempre, perfeitas. Para não parecer tendencioso – o que V.Sa. nunca foi – evitou dar nome aos boys. Mas vamos ser claros: foi perfeitamente justo o instituto da reeleição de FHC. Aconteceu, é verdade, o convencimento pecuniário de alguns deputados para votar a favor mas o que interessa são os resultados. FHC – o rei dos preços baixos – vendeu aquelas empresas-dinossauros todas faltando apenas a Petrobrax, o Brazil Bank e Federal Economics Box. Foi uma pena! O José Chirico, também vendeu algumas empresas. Então, estes merecem ser reeleitos quantas vezes for necessário, pois governam bem e a favor do povão. Penso mesmo que o José Chirico devia ser candidato a re-reeleição, ao mesmo tempo que se candidata a presidente. No seu caso, seria mais que justo ele entrar com os planos A e B. Se perder para aquela mulher, ele tem chance de continuar governando São Paulo cada vez melhor. Entetanto é recomendável que esta regra deve excluir candidatos de siglas partidárias com número de letras inferior a três.
    Eu agradeço se V.Sa. desenvolver melhor esta tese, para que possamos levar uma PEC ao Congresso ou ao Supremo Gilman Merdes que deve ter irregutáveis argumentos jurídicos para legalizar esta sugestão.
    Um abaço primal do
    Kid Prado

    Comentário por Melchíades A. Prado — 26 maio 2009 @ 10:11 | Responder

  4. Oh,São Serapião e amado guru,

    não sei mais que faço desta minha mísera vida aqui nos Jardins!Meus queridos filhos foram arrebanhados por essa onda vermelha ignóbil , pegos de surpresa depois que se tornaram aborrecentes, se perderam pelo caminho da gentalha , deixando para trás seu berço da futilidade , do ócio!ESTÃO EM BUSCA DE IDEAIS , meu amado guru!Que fiz para tão pesado castigo , oh meu santo protetor, São Serapião!
    Peço que todos orem por eles , para que voltem ao ninho da preguiça solidária , e se isolem da gentalha!
    São Serapião , tende piedade de minha nobre e impiedosa alma!

    Comentário por Paula Tejano Aquino Rêgo — 26 maio 2009 @ 13:20 | Responder

  5. Estou cansado desse governo lulo-petista que ainda por cima procura mais um mandato, seja através da “terrorista” Dilma, seja através de um terceiro mandato, modificando as regras do jogo em seu pleno andamento.

    É preciso ensinar a esses vermelhos que se é para eleger algum “terrorista”, o Serra é melhor.

    Se for para alterar as regras do jogo em seu pleno andamento, advertimos que isso só pode ser feito uma única vez. E que essa vez já ocorreu durante o mandato do excelentíssimo senhor professor Doutor, Fernando Henrique Cardoso. Assim, uma nova mudança seria apenas mais um casuísmo do atual detentor ilegítimo do Palácio do Planalto.

    Até quando nossas forças armadas ficarão inertes vendo, eleição após eleição, os inimigos da pátria obterem resultados francamente em desacordo com o que pensa a grande maioria das pessoas de bens desse país?

    Olavo

    Comentário por Olavo Mainazevedo — 26 maio 2009 @ 15:22 | Responder

  6. Hariovaldo está coberto de razão. Precisamos de uma reforma política que moralize a nossa combalida democrácia: VOTO COMPETENTE E QUALIFICADO JÁ. Ou seja, precisamos de uma democracia que valorize os homens de bens( tantos espirituais como materiais), esses homems com denodo e pertinácia construíram o Brasil, eles, por conta disso, precisam no momento do sufrágio universal terem seu voto mais valorizado: com maior peso e distinção. Um voto do senhor Antonio H. de Moraes tem de valer 20 votos,enquanto um ocioso, que vive na permissidade do bolsa família, tem que ter seu voto pela metade ou menos, senão até ser anulado. Agora, hoje o voto de um nordestino é equivalente a de um homem probo que trabalha vinte horas por dia( como o ilibado AHM) e o ano inteiro; isso avilta a indole dos homens de bem e bens. Precisamos instituir o voto meritocrático já, senão haverá o esgarçamento do tecido social e a nossa sacrossanta democrácia irá degringolar.
    Proponho aqui, nesse imaculado blog, uma medida que vise dinamizar e moralizar nosso pleito democrático. Um tipo de voto que tenha maior peso para os eleitores de maior desempenho social. Isto é,os homens que pagam mais imposto, tenham mais renda e bens, logo, terão mais discernimentoe político e profissional terão um voto equivalente a 10, 20 ou 30 votos quando comparados a um sujeitinho desqualificado que não tenha renda condizente com uma pessoa de bem e bens. Não estou sugerindo o voto censitário, pois esse só permite votar quem tenha renda.O voto meritocrático(VM) permite o direito ao escrutínio eleitoral à todos, mas o homens de discernimento e de bem e bens terão o seu voto mais aquinhoado. O seu voto valerá mais.
    Portanto, conclamo agora aos homens de bem e bens e as instituições idôneas desse país(Estadão, Folhão, Vejão, Organizações Bobo, Fiesp,Febraban, etc) a discutir um modo de instituir o VM para o pleito de 2010. Caso contrário, continuaremos a viver sobre os desmandos bolchevique do petismo.
    PS: Cuidado com a ironia, alguém pode levá-la a sério.

    Comentário por Éderson Dias Segantini — 26 maio 2009 @ 15:38 | Responder

    • Como assim “cuidado com a ironia, alguém pode levá-la a sério.”…sr. Éderson, pelo seu nome ja pressinto q. estejas querendo, aproveitando da boa vontade do amado professor, nos confundir. Desista. Somos. E saiba q. a ironia é arma dos fracos e vacilões. Soy contra. En garde, homeNs bons! Resiliência esta é a ordem.

      Comentário por vip mala — 26 maio 2009 @ 15:53 | Responder

    • Caro Éderson,

      Apesar de não entender o sentido da sua última frase, declaro extremamente favorável a sua proposta da instituição do voto meritocrático. Já havia proposto antes a reverberação dos artigos 91, 92, 93, 94, 95 e 96, da nossa saudosa constuituição de 1824, mas mediante a uma proposta mais sensata, abro mão da minha em favor da sua. Poderia algum nobre prosélito redigir uma PEC para que juntos possamos encaminhá-lo aos nossos deputados e senadores?

      Comentário por Hariovaldo — 26 maio 2009 @ 16:58 | Responder

  7. COMUNICADO OFICIAL DO MPPDDBPABPEUPGPMFI* EM DEFESA DA PRIVATIZAÇÃO DA PETROBRÁS!

    VIVA O MPPDDBPABPEUPGPMFI*!

    O que está acontecendo em nosso país é muito preocupante. Em todas as grandes cidades, multidões cada vez maiores de inocentes úteis estão se manifestando contra a necessária e inocente CPI de Petrobrás. Ora, o nobre senador Arthur Virgílio explicou estar preocupado com o nosso patrimônio nacional.Claro! Todos sabemos o quão nacionalista é o PSDB. Más línguas pretendem que o mestre Efiagacê quer impedir a criação de empregos, o equilíbrio da segurança social, a construção de casas, o assentamento de famílias, os aumentos de salário…Claro que o PSDB defende tudo isso só que mais e melhor que o oferecido pelo governo bolchevique atual. Por ora, vale contemplar com emoção o ardor patriótico de grandes heróis da democracia como Heráclito Fortes (por sinal, um homem muito bonito, muito elegante, com muita presença), Kátia Abreu, Arthur Virgílio, etc. Esses incompreendidos heróis estão sendo acusados injustamente por essa horda crescente de manifestantes. Pela Privatização da Petrobrás já! Essa é nossa palavra de ordem!

    Viva o MPPDDBPABPEUPGPMFI*!
    Longa vida à direção do MPPDDBPABPEUPGPMF*I!

    *Movimento Patriótico Popular em Defesa da Dependência Bem-comportada e Pela Anexação do Brasil pelos Estados Unidos ou Pela Guyana que Pelo Menos Fala Inglês.

    Comentário por emerson xavier — 26 maio 2009 @ 15:41 | Responder

  8. Fico ao menos satisfeito ao ler na Falha de S. Paulo de ontem, magnífico artigo escrito por um dos maiores pensadores que recentemente surgiu nos meios intelectuais. Trata-se de Luíz Felipe Pondé, professor da PUC de S. Paulo.

    Vou deixar, como aperitivo, apenas um pequeno trecho de tão brilhante autor:

    HOJE ESTOU no lado negro da força. Dormi mal. Um leitor pergunta: “você é contra a democracia?” Não! Eu?! Mas acho sim que a democracia moderna tem algo de idiota.
    Mais do que um conceito, esta ideia é uma sensação, assim como um odor. Digo “idiota” no seguinte sentido: vivemos numa época na qual os idiotas venceram porque descobriram pelo voto que são maioria absoluta. Eles impõem ao mundo sua vida medida pelas estratégias de sucesso e pelo amor opressivo do medíocre -esta nossa face indesejável, estampada em nosso espelho íntimo. Antes de ser senhora do mundo, essa multidão de iguais vivia sua pequena vida, imersa num pessimismo modesto, de quem não tem para onde ir. Hoje, essa praga da vida estratégica é uma deformação em cada rosto.
    Assumindo ares de senhores, os idiotas tomam conta do pensamento, construindo um mundo visto pelos olhos de quem só sabe viver contabilizando as vitórias de seu desejo.
    Sua religião vira uma “espiritualidade” que crê num universo conspirando a favor de seu sucesso, fazendo do universo um idiota, como ele, só que infinito. Vivesse Kafka hoje, certamente escreveria histórias de medo sobre como a elite intelectual (talvez com face de rato) virou proletária, em busca de carreiras, somando seus pontos, escrevendo artigos para não serem lidos, somando suas mesquinharias, anulando a inteligência em nome do acúmulo.
    O idiota faz da ética um divã a serviço de suas utopias de alcova. A modernidade, com sua vocação natural para fluxos administrativos e sistemas organizacionais, deixa o idiota em êxtase.
    Criticar a democracia moderna não implica amar regimes antidemocráticos. Implica, sim, reconhecer que a democracia é, também, em sua intimidade, uma forma específica de desastre
    “.

    Obrigado, Luiz Felipe Pondé, por ter me dado ao menos a alegria de ter lido texto tão esclarecedor.

    Comentário por Olavo Mainazevedo — 26 maio 2009 @ 15:47 | Responder

  9. O Presidente Lula já disse inúmeras vezes que não pretende um terceiro mandato. Ele não pretende imitar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O problema é que vocês não atenderam a minha sugestão de buscar uma atividade útil, cultivando chifres-de-veado e preferem procurar chifres em cabeça de cavalo.

    O quadro político já está delineado. Em 2010 a Dilma será eleita. Em 2014 vocês poderão escolher entre o segundo mandato da Dilma ou o retorno do Presidente Lula. Em 2018 o Brasil estará elegendo o seu primeiro presidente negro. que será reeleito tranquilamente em 2022.

    A situação portanto está delineada. Vocês, brancos de olhos azuis e devotos de São Serapião, têm basicamente três opções: podem aceitar satisfeitos, contrariados ou indiferentes…

    Além disso em 2010 vocês serão desalojados do vosso curral eleitoral em São Paulo. Nós abriremos as porteiras e vocês sofrerão uma derrota fragorosa.

    Este blog nos próximos anos será um muro de lamentações muito divertido…

    Com um abraço do profeta consumado,

    Brasileiro Revoltado Sem Eira Nem Beira da Silva

    Comentário por Brasileiro Revoltado Sem Eira Nem Beira da Silva — 26 maio 2009 @ 18:07 | Responder

  10. É LULA EM 2010,EM 2014,2018,2022,2026…
    É LULA NO PRIMEIRO TURNO,NO SEGUNDO.NO TERCEIRO…
    QUE CORJA SERAPICA SEJA EXPROPRIADA E MANDADA PARA O CAMPO CORTAR CANA OU ABRIR ESTRADAS NO INTERIOR DO BRASIL.
    PELA OCUPAÇÃO DE FÁBRICAS E FAZENDAS PELOS TRABALHADORES E QUE A BURGUESIA E ELEMENTOS ABURGUESADOS SEJA ENVIADA PARA CAMPOS DE REEDUCAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL.
    PAREDÃO PARA SERRA,FHC,TURMA DO DEMOTUCANATO E TODOS OS TRAIDORES DO BRASIL.
    TRANSFORMAÇÃO DA DASLU EM ESCOLA PARA OS FILHOS DOS TRABALHADORES.
    REFORMA URBANA COM OCUPAÇÃO DE TODOS IMÓVEIS VAGOS PARA RESOLVER O PROBLEMA DA HABITAÇÃO POPULAR.
    TRANSFORMAÇÕES DAS GRANDES MANSÕES,PALÁCIOS,DOS HOTÉIS DE LUXO EM ESCOLAS TÉCNICAS-CIENTÍFICAS PARA A CLASSE TRABALHADORA.TRANSFORMAÇÃO DO CONGRESSO(CÃMARA E SENADO)EM CONSELHO DE REPRESENTANTES SÍNDICAIS DOS TRABALHADORES DO CAMPO E DA CIDADE.DEMOCRACIA DIRETA
    FECHAMENTO DO STF E DE TODOS TRIBUNAIS BURGUESES E INSTAURAÇÃO DA JUSTIÇA POPULAR.ESTATIZAÇÃO DE TODOS OS HOSPITAIS PARTICILARES E SAÚDE PARA TODOS.FIM DO CASAMENTO CÍVIL E RELIGIOSO E QUE SEJA LIVRE AS UNIÕES CONJUGAIS.
    ESTABELECIMENTO DE UMA FEDERAÇÃO SOCIALISTA DE PAÍSES DA AMÉRICA LATINA E,FUTURAMENTE DE TODOS OS PAÍSES DOMINADOS PELO IMPERIALISMO.
    VIVA A SOLIDARIEDADE DOS POVOS DE TODO O MUNDO.

    Comentário por O NACIONAL POPULAR — 26 maio 2009 @ 18:37 | Responder

    • Herege!!!! Para o inferno com suas artes divinatórias!!! A besta apocalíptica barbuda jamais causará nosso armagedon!!! Vade retro, Satã! Valei-nos, São Serapião!!!!

      Comentário por Comendador Giovani Capeletti — 26 maio 2009 @ 21:35 | Responder

  11. E TEM MAIS,ESTATIZAÇÃO DO SISTEMA FINANCEIRO,TRANSFORMAÇÃO DOS BANCOS EM GRANDES CAIXAS ECONÔMICAS POPULARES CONTROLADAS PELOS TRABALHADORES.FIM DA USURA.TAXA DE JUROS ZERO.
    MAIS FORTE SÃO OS PODERES DO POVO.

    Comentário por O NACIONAL POPULAR — 26 maio 2009 @ 18:49 | Responder

  12. Somente nosso sábio príncipe, O Farol Sobornado, é que pode mudar as regras.Abraço.

    Comentário por Roberto — 26 maio 2009 @ 19:00 | Responder

  13. HÁ ESQUECI,FIM DO DIREITO DE HERANÇA E EXPROPRIAÇÃO DE TODAS GRANDES FORTUNAS.FIM DA MÍDIA VENAL E TRANSFORMAÇÃO DESTES ORGÃOS EM COOPERATIVAS DE JORNALISTAS COMPROMETIDOS COM O POVO.FIM DOS RELIGIOSOS PROFISSIONAIS VÃO TRABALHAR SEUS VAGABUNDOS COMO POR EXEMPLO A ORDEM DAS BEATAS DE SÃO SERAPICÃO.SE SÃO RELIGIOSOS VÃO AJUDAR O PRÓXIMO MAIS CARENTE OU UMA CRIANÇA DOENTE.
    PODE MORRER TUDO,MAS NÃO PODE MORRER O POVO BRASILEIRO.
    MAIS FORTE SÃO OS PODERES DO POVO.

    Comentário por O NACIONAL POPULAR — 26 maio 2009 @ 19:06 | Responder

  14. HÁ,É FINALMENTE EXTINGUIR AS POLÍCIAS MILITARES E EM SEU LUGAR CRIAR MÍLICIAS POPULARES E COMITÊS DE DEFESA DE BAIRROS E QUE AS FORÇAS ARMADAS ESTEJAM À SERVIÇO DOS BRASILEIROS NA DEFESA DO TERRITÓRIO E DAS RIQUEZAS DO BRASIL,SOBRETUDO O PRÉ-SAL E A PETROBRÁS E TODA RIQUEZA MINERAL QUE DEVE SER DEVOLVIDA AO POVO BRASILEIRO.PROPRIETÁRIO DELAS POR DIREITO.
    PS:O SÃO SERAPIÃO DE VOÇÊS DEVE TER PODER,MAS O POVO É,INFINITAMENTE, MAIS PODEROSO.

    Comentário por O NACIONAL POPULAR — 26 maio 2009 @ 20:43 | Responder

  15. Meu caro guru Professor Hariovaldo. O acesso de determinadas pessoas a este blog tem comprometido a sua qualidade. Este senhor Brasileiro Revoltado, agora profeta tresloucado e Nostradamus dos pobres, com suas previsões apocalípticas, tem semeado as dúvidas entre nós. Sugiro, em nome da pluralidade e da democracia, que sejam proibidos os seus desagradáveis e dispensáveis comentários. Está certíssimo o eminente ministro Hélio Costa quando sugere a essa gente que deixe de lado a internet e vá assistir novelas.

    Entretanto, vamos falar de coisas alegres. Aquí vão alguns versinhos singelos que traduzem a nostalgia de minha alma nesses tempos tão difíceis que estamos atravessando:

    O TUCANO SAUDOSO

    Ah que saudades que eu tenho
    Do governo Fernando Henrique
    Nosso ex-presidente mais chique
    Homem instruído e tolerante
    Exceto com a corrupção
    Cujo combate levou adiante
    Com ousadia, destemor e convicção

    Ah que saudades que eu tenho
    Daqueles tucanos geniais
    Que privatizaram as estatais
    Fazendo tudo direitinho
    Sem roubar sequer um centavinho
    Como sou grato àqueles Varões de Plutarco
    Que fizeram da privatização da Vale um marco
    Então comemorado alegremente
    Enquanto os compradores, coitados
    Totalmente ludibriados e enganados
    Até hoje se arrependem amargamente!

    Ah que saudades que eu tenho
    Daquele governo de vestais
    Em que não se roubava jamais
    Mesmo no Congresso
    A única preocupação era o progresso
    Não existia troca-troca
    Os congressistas tudo votavam
    Sem receber nada em troca
    E ninguém jamais foi acusado
    De qualquer malfeitoria
    Enquanto o país avançava
    Num clima de paz, progresso e harmonia
    Com o povo sempre a festejar
    Só a imprensa se desesperava
    Sem nada de mal pra falar…

    Ah que saudades que eu tenho
    Daquela época de ouro
    Em que vigiava o tesouro
    O inesquecível Dr. Geraldo Brindeiro
    Um valente procurador
    E intransigente justiceiro
    Que angariou então justa fama
    Levando os corruptos a viver um drama
    Obrigados a tirar férias coletivas
    Durante toda a era tucana!

    Foi um drama coletivo
    Coisa triste de se ver
    Milhares de corruptos coçando o saco
    Sem ter nada pra fazer
    Antes tão ativos e risonhos
    Agora deprimidos e tristonhos
    Proibidos de roubar
    Não encontravam razões para viver
    Mergulhados em crises existenciais
    Ausentes das manchetes dos jornais
    Lamentando sua falta de sorte
    Pois um corrupto que se preza
    À inatividade prefere a morte
    Os corruptos viviam em grande tédio
    E em grave crise de abstinência
    Aguardando com impaciência
    Numa tristeza de lascar
    A chegada de novos tempos
    Quando então, sem contratempos
    Pudessem voltar a roubar!

    Com o fim da era tucana
    Tendo os gatos ido embora
    Dos ratos era chegada a hora
    Os corruptos enfim recuperaram
    A alegria de viver
    E em grandes festas comemoraram
    A sua volta ao poder

    Ah que saudade que eu tenho daquele tempo
    Em que o Fernando de tudo cuidava
    E como o Farol de Alexandria
    Ele, generoso, nos apontava
    O caminho da paz e da harmonia

    Ah que saudades que eu tenho!
    Daqueles pobres acomodados
    Tão tranquilos, tão sossegados
    Que além de saber votar
    Ainda reconheciam o seu lugar
    Hoje está tudo diferente
    Qualquer um pensa que é gente
    E só quer saber de reivindicar
    Tem “sem casa”, “sem terra” e agora, suprema perfídia!
    Ousam criticar até nossa impoluta mídia
    Tão isenta, democrática e plural
    Inventando um movimento dos “sem mídia”
    Pra tirar a mídia do seu pedestal!

    Ah que saudades que eu tenho
    Daquele mundo perfeito
    Em que o povo votava direito
    Hoje a situação está de chorar
    Chegamos até ao extremo
    De fazer aliança com os demos
    Pra ensinar de novo o povo a votar!

    Visconde Zé da Silva Brasileiro

    Comentário por Visconde Zé da Silva Brasileiro — 27 maio 2009 @ 07:09 | Responder

    • Sr Visconde,que obra primorosa!!!
      Vc nao se cansa de revelar os seus talentos,nao é?

      Comentário por Maria anonima — 27 maio 2009 @ 08:17 | Responder

    • Academia Brasileira de Letras já…

      Comentário por vanda — 27 maio 2009 @ 12:57 | Responder

    • Prezado Irmão Visconde,
      Ao ler seu poema correu-me uma lágrima pelo olho direito.
      Mesmo em que pese seu subtítulo, em relação ao meu…
      Deveras emocionante!
      Alvíssaras!

      Comentário por Conde Glennlane — 27 maio 2009 @ 13:03 | Responder

  16. Com as graças de São Serapião vamos iniciar a campanha do ilustre Visconde Zé da Silva Brasileiro para a Academia Brasileira de Letras.

    Comentário por Frauzino Bello — 27 maio 2009 @ 08:46 | Responder

  17. Sinto que esta ladainha da mídia sobre o terceiro mandato para Lula na verdade é uma campanha contra a candidatura de Lula em 2014 que, pasmem, também, é considerada pela imprensa-esgoto como “terceiro mandato”.

    Claro que se trata do lançamento pela mídia-esgoto contra o retorno de Lula em 2014, enfim isto não passa de lançamento de uma tese pela ditadura midiática. Até parece que o imprensalão adora tanto Lula que defende o terceiro mandato.

    Claro que não se trata disso e sim uma forma de preparar o terreno contra a candidatura de Lula em 2014, anotem o que estou dizendo. Haverá uma forte campanha contra a candidatura de Lula em 2014 ou em qualquer tempo neste País, de forma que esta cantoria do imprensalão faz parte desta estratégia, é como se o povo não pudesse escolher seu próprio destino, daí a invenção da tese “A Perpetuação de Lula no Poder.”

    Perpertuar-se mesmo no poder só é permitido, por exemplo, aos tucanos-demos-pefelês em SP. Deve ser inveja destes safados, já que FHC não pode se candidatar novamente. Não porque a lei o permita.

    O povo é que não permite o retorno de FHC, o boca de chulapa que fez de tudo para levar o Brasil à falência total, indispensável enumerar os esforços do traste para destruir por completo esta nação.

    O império midiático não aceita que Lula seja presidente deste Pais nem agora nem nunca novamente. Como pode um peão governando o Brasil?
    Como fica a turma do chá das 5? Por sinal, um chá que não foi proibido, apenas uma boa parcela da população começou a comer mais um pouco. Nem isto é permitido pela incrível elite brasilis.

    Todo o Apoio ao Blogueiros Independentes, estes incríveis lutadores da democracia.

    Comentário por jose carlos lima - clique aqui para ir ao meu blog — 28 maio 2009 @ 03:56 | Responder

  18. Nunca me diverti tanto lendo um blog e seus comentários! Essa cambada de pobres, desocupados, vagabundos, querendo comer todos os dias, onde já se viu? Claro que o voto dos homens (e das mulheres, vide daslu) de bens deve ter um peso muuuuito maior do que o voto da gentalha. Só me preocupou a sugesta de um comentarista, vinculando o peso do voto aos tributos pagos pelo eleitor. Êpa! Cuidado para não valorizar demais o voto dessa peãozada com carteira assinada, que paga os tubos de IRenda. Melhor qualificar o voto apenas pelos bens. Pelo retorno de Fhc, pela imortalidade de artur virgílio, heráclito fortes e agripino Maia, valei-me São Serapião!

    Comentário por Valentim Antunes — 28 maio 2009 @ 07:13 | Responder

  19. Caro mestre. Vossa senhoria enveredou perigosamente pelas priscas eras passadas. Remoer anos idos é coisa de comunista. Historicismo é idéia bolchevique. Quem procura osso é cachorro. Um homem de bem não conhece o passado e o futuro, apenas seu inexorável presente e sua moral.

    Comentário por jsanmartin — 30 maio 2009 @ 23:46 | Responder

  20. Repudio os pensamentos e palavras aventados no ínício do seu post. A mui nobre família real serviu ao Brasil durante mais de 65 anos sem qualquer escândalo, mantendo a integridade nacional, combatendo ditadores platinos e promovendo a paz e desenvolvimento da Nação. Hoje os grandes descendentes desta estirpe gloriosa ainda participam da vida política na TFP do B combatendo o comunismo internacional e a dissolução dos costumes.
    O senhor devia estudar História para saber que o Marechal Deodoro foi um monarquista até o dia em que pegou uma gripe e o Benjamin Constant foi contar que o novo ministério do Império seria comandado pelo marido de uma mulher que o Deodoro já tinha comido. A situação ficaria insustentável ao grande marechal, embora fosse tudo fofoca do Benjamin.

    Comentário por Coronel Flory Lustra — 6 junho 2009 @ 10:33 | Responder

  21. Em resumo, chocante a visão desse professor e dessa meia dúzia de alunos. Deprimente, as palavras são poucas para manifestar tamanha indignação, essa página é o suficiente para retroceder 20 anos da nossa história. Quanto ao comentário número 20, não vejo sentido no que voce falou, Dom Pedro I batia na mulher e tinha diversas amantes, houve casos em que amantes se tornaram pessoas afortunadas. Tambem não faz sentido a crítica a Bejamin Constant, provavelmente esse Coronel não sabe que ele foi o idealizador do Poder Moderador. Quanto ao poema que fez muitos se emocionarem, é de se espantar que não note que houve sim corrupção no governo FHC e que motivo da imprensa não se rebelar é o fato de grande parte dela ser tucana, tambem entra em contradição com o que o próprio professor diz, FHC mudou as regras durante o jogo, FHC mudou a constituição para se beneficiar. Uma pessoa que defende a meritocracia não é um burro, burro é este professor que não sabe representar essa ideologia. Não sou petista e muito menos comunista, mas também não sou burguês, é triste pensar que tantas pessoas pensem assim e em um pequeno texto resolvem atropelar uma Constituição, sugiro a leitura dos 5 primeiros artigos da Constituição, quanto ao sujeito que diz “em nome da pluralidade e da democracia, que sejam proibidos os seus desagradáveis e dispensáveis comentários”, um dos principios democráticos ilustrado por Robert Dahl é a liberdade de expressão, vejo uma grande incongruência nesta frase. Bom, triste não é o sujeito que se expressa, triste é o sujeito que se expressa sobre o que não sabe, não consigo ver uma distancia tão grande entre todos que expuseram seus comentários “essa gentalha”. Sobre o comentário 14, leia Revolução dos Bichos, seu comentário se assemelha muito com o ideário comunista. Sobre o comentário 19, levar em conta a história não é ser bolchevique, nossa constituição tem como Norma Fundamental a história (art 5 inciso IV). Corrigindo o erro citado anteriormente por muitos, o projeto de 3o mandato não foi proposta do Lula e tambem não foi proposta do PT, diversas vezes Lula foi publicamente contra o 3o mandato. Para finalizar, o voto meritocrático vai diretamente contra os principios democráticos que regem o nosso país e todas as outras grandes democracias, sugiro a leitura de diversos autores como Joaquim Falcão, Mangabeira Unger, Robert Dahl, Adam Przeworski, Bolivar Lamounier e outros.

    Comentário por Fernando Barquinha — 23 novembro 2009 @ 17:21 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: