Professor Hariovaldo Almeida Prado

26 junho 2009

Perigosa guinada populista do Semanário dos Homens Bons causa preocupação

Filed under: Plano Condor Vermelho — Humberto @ 13:01
Pesadelo medonho: Pela graças de São Serapião nunca haveremos de ver uma capa como essa na única revista séria e imparcial no combate ao comunismo

Pesadelo medonho: Pela graças de São Serapião, foi apenas um deslize da última edição e nunca haveremos de ver uma capa como esta na única revista séria e imparcial do Brasil.

Não há cidadela inexpugnável. O território tem de ser conquistado palmo a palmo pelos guerreiros de São Serapião e, após a vitória, deverá ser mantido a todo custo.

Isso significa que não podemos fraquejar, mesmo quando diante de supostos aliados. Estes deverão, a todo momento, fazer por merecer a confiança neles depositada pelos homens bons.

Oras, todos sabem que a quase totalidade da mídia foi literalmente comprada pelo peão marxista, o sr. Lula, salvando-se raríssimas exceções. Como provou de forma incontestável, aquele moço da Folha – o bravo e mui digno  jornalista -, o Fernando de Barros e Silva, o dinheiro que o governo ilegítimo do PT despeja na mídia para calar consciências chega a mais de 5.000 veículos ( desde rádios até jornais de bairros ). Toda esta ampla e complexa rede de informações e propaganda ideológica marxista cobre praticamente todo o território nacional, sem encontrar resistência à altura.

Os poucos que não se submetem ao tacão de ferro do bolchevismo lulista vão sendo silenciados ou segregados em “gulags” da opinião, locais onde poderão pregar, pregar, pregar… para o vento,  já que não há quem lhes dê ouvidos. Em suma, neste simulacro de democracia, uma “liberdade de expressão” de faz-de-contas.

Exposto isso, desejo compartilhar com os prosélitos do Professor Hariovaldo a horrível e dantesca turbulência que se apoderou de minha mente quando, ao comprar a revista Veja [ a única publicação que o professor Hariovldo aceita, já que não comprometida com o ideário marxista-leninista que assola a Nação] e examinar a capa da edição ( http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/240609/imagens/capa380.jpg ) da semana passada, percebi algo muito, muito errado!

Não consegui sequer folheá-la, tomado pelo nojo e pela mórbida descarga de pânico que recebi. Tive que dizer ao professor que não seria uma boa idéia a aquisição e leitura de Veja da semana, pois aquela não era a revista defensora dos homens bons, da liberdade, da propriedade e da moral cristã, cuja independente e não-ideológica linha editorial nos acostumamos.

Observem: a chamada, em cor vermelha [ ou seja, bolchevista ] é a reprodução de um “artigo da Constitução”, e diz que “todos são iguais perante a lei”…

Oras, trata-se de uma elementar conceituação esquerdista, contrabandeada para dentro de nossa Constituição, um verdadeiro Cavalo de Tróia [ ou, se preferirem, de Moscou ] que visa estabelecer, à FORÇA, a homogenização social, a supressão das classes sociais, o fim das diferenças. A planificação e planejamento centralizados pelo Estado e pelo Partido. Agora essa falácia revolucionária pode ser encontrada em plena capa da Veja, que parece desejar esquecer sua história de compromisso com o que há de mais nobre, belo, empreendedor e vencedor no país!!

Desde quando haveríamos de considerar como iguais, por exemplo, os prosélitos do Professor Hariovaldo, a fina flor de nossa sociedade, com os “Zés da Esquina” que aparecem na capa da Veja [ É isso: a Veja rendeu-se ao “Zé da Esquina”, apesar do nobre jurista Gilmar Mendes deplorar este nauseabundo personagem ]?

Como julgar indistintamente – se fosse o caso, de apelarmos às forças coercitivas do Estado –  cidadãos exemplares como nossa irmã e benfeitora de obras sociais, a fashionista Eliana Tranchesi ou o grande self-made man brasileiro Daniel Dantas, da mesma forma que deve-se fazer com a plebe ignara que só vai às escolas e às cadeias para comer de graça?

Ainda que o país caminhe a passos lépidos rumo ao abismo do marxismo comunista, mesmo assim existem focos de resistência. Obviamente que isso é do conhecimento das malignas mentes esquerdopatas deste governo ilegítimo. Portanto, estas resistências deverão ser vencidas. Tornam-se, enfim, os novos alvos das milícias ideológicas.

Isso significa que ( pode-se prever com certeza de grande acerto ) as incipientes e ainda frágeis instituções que zelam pelo rigoroso cumprimento das leis entram, doravante, na linha de tiro, pois somente assim o projeto vermelho de “equinamidade social” poderá ser implantado conforme os desígnios malévolos desta súcia revolucionária.

Se quisermos continuar sendo a democracia que somos, e preservar o status de uma nação livre das experiências totalitárias e delirantes dos “profetas” da tirania igualitária, devemos nos atentar para a paulatina a sorrateira infiltração comunista no aparato legal da Nação, nos tribunais e nas escolas de Direito, e continuar monitorando as atividades da imprensa vermelha.

Quanto à Veja, seus bons serviços à causa dos homens bons da Nação lhe garantem, desta vez, a manutenção dum voto de confiança. Há de ser um deslize deplorável, mas que não a tirará do caminho dos justos.

Alvíssaras!

Anúncios

39 Comentários »

  1. Ó magnânimo professor, certamente a redação desta valiossíssima publicação semanal e eterna defensora dos homens bons da pátria deve estar sendo influênciada por agentes bolcheviques infiltrados em seus quadros. O quadro é deveras preocupante pois da mesma forma o gabinete do nosso Grande defensor e futuro Presidente José Serra, está sob um ataque semelhante que o levou a assinar o decreto abaixo discriminado, permitindo a quebra do sigilo de homens bons e geradores de riqueza e trabalho. Isto irá dificultar aos homens bons seu justo direito a usurpar(usufruir) das suas riquezas acumuladas a tão duras penas.

    DECRETO Nº 54.240, DE 14 DE ABRIL DE 2009

    Regulamenta a aplicação do artigo 6º da Lei Complementar nº 105, de 10-01-2001, relativamente à requisição, acesso e uso, pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, de dados e informações referentes a operações de usuários de serviços das instituições financeiras e das entidades a ela equiparadas JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o disposto no artigo 6º da Lei Complementar nº 105, de 10 de janeiro de 2001 e na Lei Complementar Estadual 939, de 03 de abril de 2003, Decreta:

    Artigo 1º – Este Decreto regulamenta a requisição, o acesso e o uso, pela Secretaria da Fazenda, de dados e informações referentes a operações de usuários de serviços das instituições financeiras e das entidades a elas equiparadas, nos termos da Lei Complementar nº 105, de 10 de janeiro de 2001, bem como estabelece os procedimentos para preservar o sigilo das informações obtidas.

    Artigo 2º – A requisição de informações de que trata o artigo 1º somente poderá ser emitida pela Secretaria da Fazenda quando existir processo administrativo tributário devidamente instaurado ou procedimento de fiscalização em curso.

    § 1º – Considera-se iniciado o procedimento de fiscalização a partir da emissão de Ordem de Fiscalização, de notificação ou de ato administrativo que autorize a execução de qualquer procedimento fiscal, conforme previsto no artigo 9º da Lei Complementar Estadual 939, de 3 de abril de 2003.

    § 2º – A Secretaria da Fazenda poderá requisitar informações relativas ao sujeito passivo da obrigação tributária objeto do processo administrativo tributário ou do procedimento de fiscalização em curso, bem como de seus sócios, administradores e de terceiros ainda que indiretamente vinculados aos fatos ou ao contribuinte, desde que, em qualquer caso, as informações sejam indispensáveis.

    Artigo 3º – Para efeito desta lei, será considerada como indispensável a requisição de informações de que trata o artigo 1º nas seguintes situações:

    I – fundada suspeita de ocultação ou simulação de fato gerador de tributos estaduais;

    II – fundada suspeita de inadimplência fraudulenta, relativa a tributos estaduais, em razão de indícios da existência de recursos não regularmente contabilizados ou de transferência de recursos para empresas coligadas, controladas ou sócios;

    III – falta, recusa ou incorreta identificação de sócio, administrador ou beneficiário que figure no quadro societário, contrato social ou estatuto da pessoa jurídica;

    IV – subavaliação de valores de operação, inclusive de comércio exterior, de aquisição ou alienação de bens ou direitos, tendo por base os correspondentes valores de mercado;

    V – obtenção ou concessão de empréstimos, quando o sujeito passivo deixar de comprovar a ocorrência da operação;

    VI – indício de omissão de receita, rendimento ou recebimento de valores;

    VII – realização de gastos, investimentos, despesas ou transferências de valores, em montante incompatível com a disponibilidade financeira comprovada;

    VIII – fundada suspeita de fraude à execução fiscal.

    Artigo 4º – Compete ao Agente Fiscal de Rendas propor a requisição de informações de que trata o artigo 1º por meio de Ofício com relatório circunstanciado que:

    I – comprove a instauração de processo administrativo tributário ou a existência de procedimento de fiscalização em curso;

    II – demonstre a ocorrência de alguma das situações prevista no artigo 3º;

    III – especifique de forma clara e sucinta as informações a serem requisitadas bem como a identidade de seus titulares;

    IV – motive o pedido, justificando a necessidade das informações solicitadas.

    Artigo 5º – São competentes para deferir a proposta de requisição de informações de que trata o artigo 4º, o Delegado Regional Tributário e o Diretor-Executivo da Administração Tributária.

    Artigo 6º – Desde que não haja prejuízo ao processo administrativo tributário instaurado ou ao procedimento de fiscalização em curso, deferida a expedição da requisição pela autoridade competente, a pessoa relacionada com os dados e informações a serem requisitados será, antes do encaminhamento da requisição às pessoas referidas no artigo 7º, formalmente notificada a apresentá-los espontaneamente no prazo de até 15 (quinze) dias, prorrogável a critério da autoridade competente.

    § 1º – A notificação de que trata o caput somente será considerada atendida mediante a apresentação tempestiva de todas as informações requisitadas.

    § 2º – O destinatário da notificação responde pela veracidade e integridade das informações prestadas, observada a legislação penal aplicável.

    § 3º – As informações prestadas pelo destinatário da notificação poderão ser objeto de confirmação na instituição financeira ou entidade a ela equiparada, inclusive por intermédio do Banco Central do Brasil e da Comissão de Valores Mobiliários.

    Artigo 7º – A requisição de informações de que trata o artigo 1º será dirigida, conforme o caso, às pessoas adiante indicadas ou a seus prepostos:

    I – o presidente do Banco Central do Brasil;

    II – o presidente da Comissão de Valores Mobiliários;

    III – presidente de instituição financeira ou de entidade a ela equiparada;

    IV – gerente de agência de instituição financeira ou de entidade a ela equiparada.

    § 1º – Deverão constar na requisição, no mínimo, as seguintes informações:

    1 – nome ou razão social da pessoa titular da conta, endereço e número de inscrição no CPF ou no CNPJ;

    2 – as informações requisitadas e o período a que se refere a requisição;

    3 – identificação e assinatura da autoridade que a deferiu;

    4 – identificação do Agente Fiscal de Renda responsável pela proposição da requisição;

    5 – forma, prazo de apresentação e endereço para entrega.

    § 2º – Quando requisitados em meio digital, os dados apresentados seguirão o formato descrito na requisição, de forma a possibilitar a imediata análise e tratamento das informações recebidas.

    § 3º – Os dados e informações requisitados compreenderão os dados cadastrais da pessoa titular da conta e os valores, individualizados, dos débitos e créditos efetuados no período objeto de verificação, relativos a operações financeiras de qualquer natureza, podendo solicitar-se suas cópias impressas.

    § 4º – A prestação de informações individualizadas dos documentos relativos aos débitos e aos créditos referidos no § 3º poderá ser complementada por pedido de esclarecimento a respeito das operações efetuadas, inclusive quanto à nomenclatura, codificação ou classificação utilizadas pelas pessoas requisitadas.

    § 5º – Aquele que omitir, retardar de forma injustificada ou prestar falsamente as informações a que se refere este artigo sujeitar-se-á às sanções de que trata o artigo 10 da Lei Complementar federal no 105, de 10 de janeiro de 2001, sem prejuízo das demais penalidades cabíveis.

    Artigo 8º – A requisição de informações e as informações prestadas formarão processo autônomo e apartado, que seguirá apensado ao processo administrativo instaurado ou ao procedimento de fiscalização em curso, sendo mantidos sob sigilo, nos termos do artigo 198 do Código Tributário Nacional e do inciso XVIII do artigo 4º da Lei Complementar Estadual 939, de 03 de abril de 2003, conforme disciplina expedida pela Secretaria da Fazenda.

    § 1º – Inscrito o crédito tributário em dívida ativa, o processo administrativo de que trata o caput será arquivado juntamente com o processo administrativo que constituiu o crédito tributário.

    § 2º – Cancelado o crédito tributário ou liquidado pelo sujeito passivo antes de sua inscrição em dívida ativa, os documentos com as informações prestadas serão destruídos ou inutilizados.

    § 3º – A responsabilidade administrativa por descumprimento de dever funcional, sem prejuízo das sanções civis e penais cabíveis, será exigida de todo aquele que, no exercício de função pública:

    1 – utilizar ou viabilizar a utilização de qualquer dado obtido nos termos deste decreto, em finalidade ou hipótese diversa da prevista pela legislação; 2 – divulgar, revelar ou facilitar a divulgação ou revelação, indevidamente e por qualquer meio, das informações de que trata este decreto.

    § 4º – A Secretaria da Fazenda deverá manter, a par do protocolo, controle adicional de acesso ao processo administrativo autônomo, registrando-se o responsável por sua posse, quando houver movimentação, conforme disciplina expedida pela Secretaria da Fazenda.

    Artigo 9º – A Secretaria da Fazenda editará as instruções complementares necessárias à execução do disposto neste decreto.

    Artigo 10 – Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.

    Palácio dos Bandeirantes, 14 de abril de 2009

    JOSÉ SERRA

    Mauro Ricardo Machado Costa

    Secretário da Fazenda

    Aloysio Nunes Ferreira Filho

    Secretário-Chefe da Casa Civil

    Publicado na Casa Civil, aos 14 de abril de 2009.

    Comentário por Zé Von Tilson — 26 junho 2009 @ 15:03 | Responder

  2. Veja bem senhor porco capitalista prof. Hariovaldo, eu e minha confraria estamos nos articulando para por um fim as suas falácias, vamos pegá-lo em sua carruagem, como bem o fez nosso irmão e ícone Gavrilo Princip, em 1914, contra o déspota Frans Ferdinad, que o Demonio o tenha em mal lugar! Estamos buscando auxílio de nossos irmãos populistas russos e já contatamos nossos venerandos companheiros jacobinos franceses. Também estamos buscando dialogo com o Partido Social Democrata Alemão,o SPD, mas estes tem uma quedinha pelo revisionismo. Pouco importa, saberemos o momento certo de agir! Seremos silenciosos e precisos! Não está morto quem pelea!

    Comentário por Blanqui — 26 junho 2009 @ 15:15 | Responder

    • Blanqui,
      O que escrevestes trata-se de pura falácia. O nobre e impoluto Professor Hariovaldo há muito tempo deixou de utilizar meios primitivos de transporte, estando mais do que óbvio que atualmente se utiliza de uma Mercedes-Benz blindada, o que já de início garante sua segurança.
      Como já é mais do que sabido que seus compatriotas e partidários falam muito mas fazem pouco, o grande Hariovaldo continuará tranquilamente sua batalha neste blog e em muitos outros lugares…

      Comentário por Roberto — 29 junho 2009 @ 11:44 | Responder

  3. Semanário dos homens Bons…
    Eu morrerei sem ver tudo… mas é legal ver que os reacionários mais arcaicos e conservadores do Brasil também se organizam na blogosfera…
    Assim fica mais fácil de organizar a batalha do apocalipse que estes olavetes devem estar esperando acontecer…
    Será que na “democracia” que a maioria destes “iluminados” que postam aqui teria espaço para acontecer??
    Eu duvido, pois para estes a democracia “é só para nós”…
    Alles blau!

    Comentário por Ariovaldo — 26 junho 2009 @ 15:35 | Responder

    • Envergonhe-se vermelho descarado! Reacionários são estes comunistas que desejam um mundo envolto em anarquia e baderna, com todas as pessoas sendo iguais. Em um mundo de iguais, como um homem cordato poderia saber quem é o seu protetor? Como os serviçais saberiam a quais famílias se curvar sem que pudessem distinguir entre os frequentadores de self-services ou as famílias de bem que comem no Fasano?
      A democracia exige ser liderada pelos homens bons, que suportam o árduo fardo de guiar a turba do populacho, para que não se entreguem a lascívia e à preguiça. Não basta esta sórdida perseguição à tradicional Família Sarney?
      Penitencie-se com a Sagrada Cerimônia da oração nas tampinhas de Crush e talvez São Serapião ilumine seu caminho, enviando um dos nossos para tutelar sua existência sem propósito.

      Comentário por Barão Jacy Boreaux — 26 junho 2009 @ 20:56 | Responder

      • Step back, Satan! Alvíssaras prosélitos, touché, en guard!

        Comentário por papa nicolau — 27 junho 2009 @ 07:36

  4. Os vermelhos estão muito petulantes. Parece que a luta pelo domínio da Veja será encarniçada. São Serapião nos proteja. Às armas!!!

    Comentário por Afonso Alberto Fernando Antônio de Souza Almeida Ferreira Salgado Cardoso Martins Becker (Alemão) — 26 junho 2009 @ 17:04 | Responder

  5. Depois do comentário curtíssimo do Zé von Tilson, tenho receio que o meu possa vir a ser censurado por excesso de verborragia…

    Mas, lá vai:

    Não é só a nossa querida Veja que está se rendendo aos planos lulo-chavez-petistas inconfessáveis.

    Até mesmo o nosso querido Estadâo não escapa desse polvo, molusco.

    Vejam só o que saiu na edição de hoje:

    Executivo da empreiteira Andrade Gutierrez por longo período, Amaral exibe em seu currículo importantes ligações com o poder nos últimos 30 anos. Administradores atingiram cargos estratégicos em gestões estaduais e federal graças a seu prestígio. Metódico, Amaral gravou todos os contatos que fez por e-mail. A maior parte das mensagens é trocada com políticos tucanos.

    http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090626/not_imp393318,0.php

    Perceberam como no meio da notícia há um ataque sórdido, sem precedentes, às hostes dos homens de bens?

    Olavo

    Comentário por Olavo Mainazevedo — 26 junho 2009 @ 17:39 | Responder

  6. Chegará o dia, nobre professor, que nós, homens descentes e justos marcharemos mais uma vez, como fizemos em 64, contra esse governo ilegítimo e sua horda de seguidores alienados, mantidos à soldo, pagos pelo ouro de Havana.
    Tenho certeza que seremos liderados por nossos expoentes, citados no corpo de teu impávido texto, pelos melhores de nós, pelos que galgaram com destreza os degraus do desenvolvimento econômico, mesmo enfrentando a tirania de um Estado socialista.
    Nossos queridos companheiros, não, temos de riscar essa palavra de nosso vocabulário, pois ela nos remete diretamente ao cerne da fala dos vermelhos. Nossos carismáticos líderes, Daniel Dantas, Eliana Tranchesi, Gilmar Mendes, o futuro presidente José Serra tomarão a frente, convocarão a marcha e nós, homens de bem, sairemos às ruas, novamente, defendendo a família, a sagrada propriedade privada, os ideais cristãos e a liberdade.
    Valha-nos São Serapião.
    Faremos outra revolução, como a de 64, pondo essa esquerdalha em seu lugar, os porões.

    Comentário por Cristiano Freitas — 26 junho 2009 @ 18:00 | Responder

  7. Dodecaédrico mestre
    Venho através destas mal traçadas linhas, rogar-vos aliviar-me de exponencial angústia que assomou-me. Um dileto amigo de ilibada moral serapiônica, confidenciou-me que os Srs. Mainardi e Tio Rei, não passam de réles agentes duplos a serviço do comunismo ímpio e solerte. Será esta a causa de tal guinada de nosso semanário?
    Que a santa ira de São Serapião manifesta-se arrojando seu poderoso cajado sobre as cabeças destes infiéis.

    Comentário por Cláudio E — 26 junho 2009 @ 18:34 | Responder

  8. Prezado monsieur harinaprado,
    vesmecer podi ficar inscreveno essas bobagi mas num vai adianta não. a veja ta amadureceno, atingino a idadi madura, e pur isso vermeiano e vai passa pro nossu ladu. Oceis sifu!

    Comentário por zeruela minero barsilero — 26 junho 2009 @ 18:43 | Responder

  9. Nobre atalaia, baluarte dos homens bons,
    É com as mãos trêmulas que tomo da pena para agradecer-vos por vossa suspicácia (bem entendido, na 2ª acepção do Houaiss eletrônico). A partir de agora, abrir-se-ão meus olhos e aguçar-se-ão meus ouvidos. Todo cuidado é pouco. Fecha-se o cerco. São Serapião, valei-nos neste momento de angústia!
    Alguém cedeu ao proselitismo vermelho. Mantende-nos firmes, oh augusto protetor!

    Comentário por Maria Joaquina Britos de Alves e Gouveia — 26 junho 2009 @ 22:50 | Responder

  10. Ave Prof. Hariovaldo
    Ave Magno Humberto

    Nós os homens de bens repudiamos veementemente o descaminho da VEJA, que promove a igualdade descaradamente. Esta auspiciosa publicação está se redendo aos apelos da massa ignara, e também da própera classe média brasileira, em especial, diga-se de passagem.
    O semanário tem diminuído seu fluxo de vendas justamente porque a classe média brasileira está preferindo destinar sua promissora renda para artigos do tipo escola, alimentação e transporte e tv aberta em vez de promover a correta e justa informação.
    A estratégia da sapiente direção daquele pródigo semanal é tentar mudar de público e atingir a massa.
    Justamente, nesta semana, tentam fazer um ensaio para aproximação da grande ralé.
    Nós, os homens de bens, devemos organizar uma passeata em frente à redação daquele semanario, protestando contra esta nefasta estratégia.
    Antes apoiamos que se faça uma campanha para salvar o semanário, com urnas espalhadas na Av Paulista, Av Rebouças, Av Brasil, Jardins, Morumbi e outros lugares frequentados pelos homens de bens para recolher donativos e ajudar na manutenção do semanário sem cooptação ideológica.
    Temos certeza que o Nosso Excelso Presidente JOSE SERRA depositará o primeiro cheque de hum milhão de reais para ajudar este veículo de comunicação imparcial, justo e amante da verdade.
    AVANTE HOMENS DE BENS !
    SALVAR A VEJA DA FALENCIA !!!

    Comentário por Julius Maximus — 27 junho 2009 @ 06:24 | Responder

  11. Magnânimo Professor Hariovaldo,

    Nesta nossa exaustiva luta para identificar agentes marxismo comunista lulo-chaves- petista identifiquei um que ao que parece é um dos mais perigosos, seu nome é Hidelber Avelar e mantém um blog intitulado O biscoito fino e a massa,titulo este que já nos remete à luta de classes. Este senhor com o disfarce de professor em uma universidade americana, teve influencia direta na eleição daquele pais, pois o mesmo com a desculpa de promover palestras e simpósios percorreu o pais de costa a costa cooptando nossos irmãos do norte branco de olhos azuis é claro. Este senhor usava o basquete universitário americano para passar mensagens codificada usando falsos placares dos jogos, numa atitude clara de quem tem de prestar contas. Findo o seu trabalho com a eleição do marronzinho retornou ao Brasil dando continuidade ao plano condor vermelho, mantém o mesmo velho esquema , reuniões, palestras, simpósios percorrendo
    O país de norte a sul , de leste a oeste com o propósito de impedir a consagração de nosso admirado governador, e com as graças de São Serapião a posse nosso já eleito presidente José Pedágio, digo Serra. Professor este homem é perigoso, semana passada esteve no Mato Grosso espionando nosso Supremo presidente do Supremo, Gilmar Dantas Mendes, esteve também reunido com o Nassif, e ainda teve a petulância de sair em defesa do mesmo quando um dos nossos, o Gravataí disse verdades em seu blog anônimo, e ainda mantém contatos freqüentes com o Azenha, o Eduardo Guimarães, o Mello, o Miguel do Rosário e muitos outros traidores da pátria dos homens bons .

    Alvíssaras.

    Comentário por Roberto Marcio Mineiro de bhz — 27 junho 2009 @ 07:35 | Responder

  12. EStou emocionado. TEnho lágrimas nos olhos. Que beleza de texto!

    Sinto-me inspirado para continuar a militar cada vez mais e mais intensamente em favor dos nobres ideais da TFP e entidades coirmãs.
    Sonho em ver Jair Bolsonaro na presidência, com Míriam Leitão de vice.
    Mas se me provarem que Serra é mais à direita que Bolsonaro, eu até mudo meu voto.

    Comentário por emerson xavier — 27 junho 2009 @ 10:47 | Responder

  13. oce veje monsieur harinaprado qui a vaca foi pru bejo mes. oceis tam mais qui sifu. agora o tiu rei esta tamem acarminano. Monsieur reinaldin holiwood esta falano, la nu blogui deli, mau du seu amigo Berlursconi. i pareci qui o monsieur maniardi tamem. veje cum seus oio mes:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/veja-3-diogo-mainardi-dois-mil-anos-depois/

    Maisi um qui oceis perdi pra nois us vermei qui vai papa oceis. baibai!

    oceis SIFU! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    VIVULULA!

    Comentário por zeruela minero barsilero — 27 junho 2009 @ 11:34 | Responder

    • PeCaperapecopeles!
      PeSepenhor peZeperupeepela, pepepesapedepelo pede pemipenh’alpema. peNão pesei peo pemopetipevo, pemas pecapeda pevez peque pedepepapero-peme com pevopessa peapesserpetipeva pefipenal, peem pevez pedo peque peespetá peeu pelepeio VIVAVULVA!!
      Em seguida eu morro.
      Vísceras, víperas, ciceras …aah sei lá.

      Comentário por Kika Gando — 27 junho 2009 @ 18:46 | Responder

  14. Olavo, obrigado por ter convidado aquele anônimo tinhoso do meu blog para fazer parte desse antro da direitalha maldita. O lugar daquele direitão é aqui.O TERROR DO NORDESTE.

    Comentário por Gilvan — 27 junho 2009 @ 14:36 | Responder

  15. Caro primo-professor Hariovaldo de Almeida Prado
    Estou vendo que no Decreto 54.240 o grande governador e futuro presidente José Chirico Serra, se esqueceu de assinar seu nome completo ou é assim mesmo? Eu pouco entendo destas coisas. Será que Dr. José só gosta do Serra e despreza o Chirico (duvido) ou o datilografo é um preguiçoso?
    Eu acho muito bacana quando alguém chama o cara famoso pelo nome completo. Ex: Bola com Paulo Roberto Falcão, este passa para Artur Coimbra que lança Antônio Carlos Cerezzo e daí, para Éder Aleixo.Leovigildo Júnior avança pedingo a bola pela esquerda…
    Professor, por favor, faça uma campanha para que todos nós, os fiéis eleitores deste grande prefeito e governador, passemos a chamar este grande economista, engenheiro, economeiro ou engenhista pelo seu nome completo que é muito bacana: DR. JOSÉ CHIRICO SERRA! Daí iniciaremos a campanha do futuro presidente do Brasil com seu nome completo, porque se na campanha ficarmos gritando apenas “Serra, Serra, Serra” pode aparecer um engraçadinho e emendar o tradicional “…serrador. Quantas tábuas já serrou?…” e transformar nosso grito de guerra naquela brincadeira boba de montar a criancinha na perna e balança-la vagarosamente.
    Fica a sugestão. Espero que me atenda.
    Kid Prado

    Comentário por Melchíades A. Prado — 27 junho 2009 @ 18:48 | Responder

  16. Caros Irmãos Serrapianos,

    Realmente preocupante este post do nosso irmão Humberto Amadeu. Tudo indica que o inimigo já se encontra infiltrado naquela outrora trincheira inexpugnável que era a “Veja”. Todavia nem tudo está perdido. Nós, os devotos de São Serrapião, assim como os nossos amigos da TFP e os nossos irmãos da Opus Dei ainda dispomos de uma trincheira onde jamais os inimigos irão penetrar. O blog do Rei plebeu continua firme e imperdível na defesa dos nossos ideais (http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo).

    Hoje, por exemplo, ele está batendo forte no blog do Lula ao tempo em que relata, como grande entusiasmo cívico, o início da mobilização do PSDB em São Paulo para as eleições de 2010. Segundo o Tio Rei, o Secretário-geral do PSDB paulista, Cesar Gontijo, afirmou que “o objetivo fundamental do partido é eleger o Serra e que São Paulo faça a diferença. Temos de sair com 65%, 70% dos votos”.

    Eu particularmente acredito que o Secretário-geral do PSDB paulista está sendo muito pessimista e modesto. Minha infalível bola de cristal assegura que o nosso candidato poderá sair de São Paulo como pelo menos 90% dos votos válidos.

    Como diz o nosso irmão Humberto, a revista “Veja” era, até então, a única semanal indicada pelo nosso mestre Hariovaldo. Todavia, o comportamento dúbio da revista, agredindo a sensibilidade estética dos homens bons ao estampar na sua outrora sagrada capa a foto de membros da plebe ignara, nos obriga a repensar a nossa relação. Para acrescentar o insulto à injúria a revista ainda coloca a seguinte e afrontosa informação: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”, uma afirmação que representa, por sí só, um tapa na cara dos seguidores do Mestre Hariovaldo.

    Diante dessa agressão imperdoável proponho, com lágrimas nos olhos, o lançamento do nome da nossa outrora querida semanal no nosso “Index Proibitorium”. De agora em diante frequentaremos apenas o blog do Rio Rei, único espaço sagrado e higienizado da Internet brasileira que os homens bons podem frequentar sem o risco de qualquer contaminação ideológica pois, diante da recusa do professor Hariovaldo em acionar a tesoura da censura, até este nosso blog tem sido conspurcado por infiltrações inimigas!

    Quem vota em Serra não erra!

    Comentário por Visconde Zé da Silva Brasileiro — 27 junho 2009 @ 19:20 | Responder

  17. Ilibado e excelso irmão em São Serapião Humberto Amadeu.

    Sábias palavras. A influência vermelha fez-se notar nesta edição de nossa querida Veja.

    Depois de muito relutar, numa dúvida atroz entre comprar ou não comprar a edição com a fatídica capa, pensei: Ora, precisamos conhecer o que combatemos. E comprei.

    Examinando melhor a capa, vejo que nós, pessoas brancas de olhos azuis, estamos em minoria naquela imagem cheia de “Zés da Esquina”, alguns, inclusive, “extra-bronzeados” (expressão usada pelo nosso irmão Berlusconi para se referir ao cripto-comunista Obama). Isso é lamentável. Sempre notei que a gloriosa Veja dá preferência, em suas fotos, a pessoas loiras, de tez alva e olhos claros, pois é uma revista para pessoas de bom-gosto como nós. Espero, sinceramente, que essa política editorial não mude em prol de capas esquerdistas e cheias de “povão”.

    O futuro Presidente Serra tem apoiado a competente e isenta Editora Abril, comprando suas publicações em grande quantidade (sem a burocracia bolchevique da licitação, claro!). Esperemos que a Abril continue fazendo juz a esse mãozinha que nosso grande Serra lhe dá.

    Tenho fé em São Serapião que tratou-se, apenas, de um deslize que não se repetirá.

    Comentário por Visconde Marcos Olivares — 27 junho 2009 @ 20:14 | Responder

    • Estimado confrade Visconde Marcos Olivares:

      Vejo duas preocupantes possibilidades no episódio da capa da “Veja”. A primeira é que alguém da alta hierarquia tenha relaxado e o inimigo, sempre oportunista, aproveitou-se para penetrar profundamente. Nessa hipótese, temos que admitir que o dono realmente não lê a revista, não teve conhecimento do fato e assim estamos diante do menos dos males. Vamos chamar o dono às falas e exigir que ele demita o irresponsável relaxado e passe a manter, de agora em diante, a redação do semanário em rédeas curtas.

      A segunda possibilidade é que me parece mais preocupante e trágica. Nessa hipótese o dono mantém a redação em rédeas curtas e, assim, o relaxamento e a consequente penetração do inimigo decorreu de um ato pensado o que sinaliza, realmente, a preocupante possibilidade de uma mudança de orientação do semanário. A propósito, Diogo Mainardi, para desconsolo dos seus milhões de fãs, está anunciado no site da revista que não vai mais nos brindar com o seu podcast. Um amigo meu da Editora Abril me informou que estão chegando milhares de emails e cartas de pessoas desesperadas afirmando que não podem viver sem os podcasts do Diogo.

      Um grande abraço preocupado,

      Comentário por Visconde Zé da Silva Brasileiro — 28 junho 2009 @ 14:33 | Responder

      • Eminente confrade Visconde Zé da Silva Brasileiro.

        Muito ponderadas suas observações.

        Pena mesmo que Diogo Mainardi esteja se despedindo. Talvez ele se mude definitivamente para Veneza e não volte a essa terra tomada pela horda escarlate. Pelo menos lá ele terá o nosso irmão Berlusconi a lhe proteger e amparar.

        Grande, abraço, confrade!

        Comentário por Visconde Marcos Olivares — 28 junho 2009 @ 17:31

  18. Caro professor:

    Uma outra informação me assusta, consta um post no sitio subversivo blogdoonipresente dando conta que o exemplo de retidão e bom-mocismo Diogo Mainardi foi demitido do Grupo Abril; se for verdade então fica constatado que a sanha dos vermelhos não mede consequencias, uma vez que vão nos privar do prazer indescritivel e quase sexual de ler aquelas perolas filosoficas que o bon-vivant italo novaiorquino nos proporcionava no semanário.
    Poderia conferir essa noticia:

    fonte: http://blogdoonipresente.blogspot.com/2009/06/ja-vai-tarde.html

    Bom dia.

    Comentário por Carlos Yavelberg Marighela — 28 junho 2009 @ 05:38 | Responder

  19. Digníssimo Prof. Amadeu,

    Venho reportar mais um dilema gravíssimo para reflexão da nossa Confraria: soube, de fonte segura, que o sapo-barbudo-vermelho declarou alto e em bom som a quem quisesse ouvir, que “caso ELE não eleja ´aquela´ candidata nas próximas eleições, ELE VOLTARÁ EM 2014!!!

    Ora, o q significa isso, Mestre?! é uma ameaça?! uma chantagem?! O q esse apedeuta-desprovido-de Q.I., quiz dizer com isso?! Que, para nos vermos livres dele, teremos de votar na sua (dele) candidata ???!!! Ele nos colocou uma ´escolha de Sofia´???!!!

    Estou confusa. Aguardo suas sábias palavras, que virão, como um Farol de Alexandria, iluminar nossas mentes e corações,enquanto oramos e invocamos as bençãos de São Serapião.

    Comentário por Maria Ségolène Riô — 28 junho 2009 @ 07:55 | Responder

    • Digníssima irmã Maria,
      Você acertou em cheio: trata-se de uma clara ameaça.
      Além disso, não podemos confiar na “veia democrática” deste senhor, muito menos contar com ela. Se – São Serapião, afastai este Mal – a dona guerrilheira e sequestradora vir a substituír o Mefisto Vermelho, com toda certeza ela trilhará o mesmo caminho do escarlate, desejando ocupar o cargo ad infinitum.
      No caso de uma imprevista vitória dos homens bons em 2010 – digo improvável porque desde já pode-se imaginar que a eleição já esteja sendo “preprada” pelos agentes do marxismo lullista – estes governarão, decididamente, com a espada no pescoço, fazendo com que a plebe ignara acalente o desejo de que o Leviatã de quatro-dedos retorne e assuma de vez a posse desta terra, e declare sua intenção de não mais apear-se do poder.
      Ainda contamos com o auxíio de São Serapião.

      Comentário por Humberto Amadeu — 1 julho 2009 @ 10:45 | Responder

  20. они идут для ада, крыс сточной трубы

    Comentário por vladik — 28 junho 2009 @ 09:16 | Responder

  21. Radianti deslumbranti madeimoiselli Kikinha gano,
    devi ser a minha sintaksi qui abalou a sua gramatica. meu pontu tem, talvez, afinidadi com seu acentu, poisi não?

    Comentário por zeruela minero barsilero — 28 junho 2009 @ 09:29 | Responder

    • Cureto, cureto, cureto…
      *piscano*

      Comentário por Kika Gando — 28 junho 2009 @ 11:33 | Responder

  22. complementando meu comentario anterior:

    Prof.Amadeu, tive um insight: provavelmente, a nossa revista semanal favorita está dando uma ´virada´ por causa ´daquela´ declaração-ameaça-chantagem e, sacrificando o ideal de elegermos nosso amado José Chirico, em troca de nos vermos free forever, do nosso presidente-ilegítimo!

    Comentário por Maria Ségolène Riô — 28 junho 2009 @ 09:31 | Responder

  23. Incomensurável Dr. Humberto!! Esta capa da veja é apenas um chamariz utilizado para atrair os bolcheviques e introduzir nossas idéias nas hostes comunistas, afinal nós os bons, compramos a veja apenas para financiar este veículo transmissor das idéias boas, nós já conhecemos seu conteúdo impoluto, é necessário que estas idéias cheguem até os ignaros.
    Nosso semanário só mudou a capa, por dentro é o mesmo.
    Acalme-se Dr. Humberto, perceba a estratégia: fingir de morto para comer o coveiro!
    Que o cajado de São Serapião não vergue jamais!

    Comentário por Paulão — 28 junho 2009 @ 12:45 | Responder

    • Digníssimos prosélitos,
      Ainda que seja cedo demais, os dias que se passaram após a publicação da edição citada do Semanário dos Homens Bons ( apud. Hariovaldo )comprovam não haver exageros no temor que nos acomete: conforme trazido a nosso conhecimento pelos aguerridos leitores, um dos mais capacitados e independentes jornalistas investigativos a emprestar seu prestigioso nome à causa dos homens bons, redigindo semanalmente alguns dos melhores textos que uma pena vivaz e arguta pode conceber, terá seu podcast – um dos mais lidos e repercutidos do Ocidente – desativado.
      Pondo as coisas nesta perspectiva ( “Zés da Esquina” na capa; propaganda “igualitária” bolchevista também neste espaço valioso; fim do podcast de DM ), agora sim, as coisas parecem tomar o rumo do abismo.
      Que nos ajude, São Serapião.

      Comentário por Humberto Amadeu — 1 julho 2009 @ 10:36 | Responder

  24. Emblemático Mestre,

    E eu que ingenuamente não havia percebido quão sórdida propaganda subliminar bolchevique se desenvolvia perante minha vista, inebriada pelo afã de sorver informações preciosas advindas desse opúsculo sagrado de informações. Graças a São Serapião e ao Mestre Hariovaldo agora pude vislumbrar a luz da verdade e agora ser mais prudente quanto a possíveis propagandas subliminares que venham a aparecer tentando fazer lavagem cerebral na mente pura dos Homens Bons (e Mulheres Boas, obviamente).

    Reiterando a asseveração de enlevo insofismável,

    Joseph Hill

    Comentário por Joseph Hill — 28 junho 2009 @ 14:51 | Responder

  25. Irmão de Opus-dei, alvíssaras!

    Não se esqueçam que todos são iguais perante a lei, mas uns são mais iguais do que os outros. Coisa que nosso magnânimo líder magistrado e colega de profissão (empresário) Gilmar Mendes cumpre a risca, como era de se esperar, defendendo nós, homens de bens da nação.

    Saudações,

    Antoine Ermiriaut.

    Comentário por Antoine Ermiriaut Odebrext Frios Terrestre — 28 junho 2009 @ 16:48 | Responder

  26. mestre:
    no blog do nassif,o vermelho,pedem a cabeça de um homem bom típico:o ínclito
    senador arthur virgílio.se faz necessário que todos os que aqui se apresentam
    opinem lá a favor de um companheiro de todas as horas.querem tornar uns 8 ou
    9 pecadilhos do senador um pecado mortal.como ele pode ajudar os amigos,cuidar da saúde de sua progenitora e até viajar a paris sem o bom uso
    de seus recursos senatoriais?
    saudações respeitosas.
    romério

    Comentário por Romério Rômulo — 28 junho 2009 @ 20:03 | Responder

  27. Prof. Hariovaldo,

    Os Homens Bons de Honduras cansados do comunismo ateu covidaram o Presidente Zelaya a retirar-se do país e fixar nova residência na Costa Rica, o que foi prontamente aceito. Democraticamente como divulgou a TV dos Homens Bons (Rede Globo) um novo presidente foi eleito com a benção da Madre Igreja na figura do Bispo Auxiliar de Tegucigalpa.

    Devemos tomar cuidado com a infiltração comunista que estão nomeando estes democráticos e salvadores acontecimentos de “golpe”, devemos divulgar as belas análises do nosso querido Reinaldo Azevedo e Ricardo Noblat que explicam genialmente porque os Homens Bons de Honduras tiveram que tomar esta bela atitude para salvar a civilização cristã e os valores da democracia e da sagrada propriedade privada.

    Comentário por Marcos — 29 junho 2009 @ 00:59 | Responder

  28. É com pezar que venho informar através desse comentário a queda de um de nossos grandes prosélitos.

    http://blogdoonipresente.blogspot.com/2009/06/ja-vai-tarde.html

    Comentário por Antonio — 29 junho 2009 @ 02:31 | Responder

  29. Caríssimo Mestre Hariovaldo,

    Estou preocupado com o seu comportamento omisso diante da queda de uma das nossas Bastilhas. O nosso irmão de fé Diogo Mainardi está anunciando no site da revista Veja que não vai mais nos brindar com o seu podcast. Consta que milhões de fãs desconsolados estão, neste momento, cercando o prédio da Editora Abril em São Paulo, reeditando o famoso episódio da história brasileira o “Dia do Fico”, ocorrido em 09 de Janeiro de 1822, quando os brasileiros imploraram a Dom Pedro I que permanecesse no Brasil. São milhões de fãs a bradar: “Fica Diogo! Diogo, fica!”.

    No entanto Diogo permanece irredutível. Ele está decepcionado pois a sua obra prima “Lula é minha Anta” não está merecendo o reconhecimento dos obtusos contemporâneos. O livro, mesmo oferecido por míseros sete reais encontra-se encalhado nas livrarias. Mainardi afirma que só retomará o podcast quando o livro chegar ao primeiro lugar na lista dos mais vendidos. Portanto, urge que o nosso prezado mestre convoque imediatamente seus seguidores para uma marcha às livrarias!

    Quem lê o Mainardi e vota em Zé Chirico Serra não erra!

    Comentário por Visconde Zé da Silva Brasileiro — 29 junho 2009 @ 08:01 | Responder

  30. Caros prosélitos, desde já adianto as Boas Novas, claro, com a permissão de nosso Mestre Hariprado: já estão bastante adiantadas as conversações entre este democrático sítio de opinião e o colunista Mainardi – uma das penas jornalistas isentas preferidas dos homens bons da Nação. O próprio Professor Hari está negociando, pessoalmente, a participação do colunista de Veja neste site. Que São Serapião abençoe esta Aliança entre tão notáveis cidadãos, e queira Ele que, não tarde, o sr. Diogo nos honre com seus tão corretos e brilhantes artigos.
    Alvíssaras!

    Comentário por Humberto Amadeu — 3 julho 2009 @ 21:30 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: