Professor Hariovaldo Almeida Prado

4 janeiro 2010

Gentalha ouriçada e insubmissa, um perigo para a nação

Filed under: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 12:36

Insubmissos

As classes subalternas estão ouriçadas e insubmissas ao seu papel servil, atentando violentamente contra os sagrados estamentos da República instituídos pelos nossos ancestrais. Aos homens bons foi dado o direito divino de comandar a nação, de estabelecerem a ordem e capitanearem o progresso, devendo todas as demais classes se submeterem a esse ideal e se entregarem ao bom comando desses líderes naturais cuja riqueza e prosperidade indica que as bençãos divinas estão sobre eles. Somente a estrita observância deste ideal traz a paz social e a oportunidade de uma vida justa para todo o povo através do trabalho honrado e árduo e da colaboração com os cabeças da Pátria. O que seria da gentalha sem os empregos de motoristas, serventes, lixeiros, pedreiros, garçons, etc, que são gerados pelas empresas e pelos investimentos dos homens de bem?

Por isso, ao trabalhador humilde não cabe a ingratidão da revolta e nem a insubmissão do levante, pois a cada um de nós foi dado o papel social que devemos desempenhar no mundo para alcançarmos o Reino dos Céus e por isso, se o operário tentar usurpar o lugar que cabe a um homem bom estará atentando contra a vontade divina – como certamente os que fazem isso estão possuídos por Lúcifer, princípe das trevas bolchevistas, o qual também quis usurpar o lugar de Nosso Senhor e foi defenestrado do céu – .

Catador

Ele é um deles. Que fique com eles!

A raiz de toda essa insolência que temos assistido nos últimos tempos origina-se na pessoa do ser satânico do PT que, como usurpador-mor, tem incentivado as maiores aberrações e desrespeito à escala social, chegando ao absurdo de se confraternizar com catadores de lixo em um triste espetáculo de desonra ao cargo que indevidamente ocupa. Tal conduta imprópria influencia os fracos e os incautos de tendências marxistas fazendo-os desconsiderarem também a hierarquia de nossa sociedade.

Como exemplo desse caos em que vivemos, elementos subversivos tiveram a petulância de colocar dois dos mais baixos integrantes da escala de trabalho, dois reles garis, para desejarem feliz natal na televisão, ao invés de colocarem os votos natalinos de dois homens bons, de dois banqueiros, de dois capitães de indústria, de dois grandes empresários; mas não, para ofender a dignidade dos homens de bem colocaram dois lixeiros que do alto de suas vassouras proferiram seus desejos vãos. Isto é uma vergonha!

Blog no WordPress.com.