Professor Hariovaldo Almeida Prado

23 dezembro 2010

O último natal do mau velhinho

Filed under: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 15:10
Mau velhinho

Entre os seus, o usurpador escarlate mal consegue disfarçar a melancolia no olhar

Após 8 anos de miséria e sofrimento, o povo brasileiro assiste bestializado a mudança do poder de 6 para meia dúzia, numa encenação para inglês ver, pois os mesmos monstros marxistas continuarão controlando o país e impondo grandes penas à população honesta que sofre com a inflação, o desemprego e os baixos salários da era Lula. Todos esses terão um natal minguado e pobre, como nunca tiveram antes de caírem nas garras do comunismo ateu do PT.

 

Morenos

O líder do povo moreno não passa de um sacerdote do bolchevismo vermelho

A pobreza campeia as grandes cidades brasileiras, as ruas estão cheias de pedestres atordoados, se um níquel sequer para comprar víveres e mimos para os entes queridos, as lojas estão às moscas, os prejuízos para o comércio serão enormes, muitas falências virão. Depois de anos a fio sob um governo tirânico, os brasileiros estão famélicos, esquálidos, e o pior de tudo, tristes e desmotivados pois não veem esperanças para o futuro próximo. Este é o pior dos mundos para o povo desta nação, e nós, os homens bons, não podemos ficar indiferentes a todo esse sofrimento.

É hora de mostrarmos  apreço a essa gente humilde (que vontade de chorar), de demonstrarmos gratidão por quem tão bem nos tem servido desde antes da fundação da República, afinal, somos homens bons de corpo, alma e coração. Da minha parte, darei exemplo de humildade e generosidade acolhendo pessoalmente em meu lar duas jovens, maiores de idade, desvalidas e sem apoio para passarem uma semana comigo, do natal ao ano novo, em grande comunhão e harmonia, onde poderei ensiná-las com muito amor o caminho do bem. Depois disso, elas certamente tocadas pela nossa fé se tornarão pessoas melhores.

Jovens humildes que encontrarão amparo em meu lar neste final de ano:

Garota da Laje

 

Musa da alvenaria

Alvíssaras.

Anúncios

82 Comentários »

  1. Summus Magister Hariovaldo !!

    Quanta nobreza ! Somente o Grande Mestre Hariprado para tirar do lodaçal estas frágeis representantes da massa rude e ignara e conduzi-las à caminha do Bem-Bom! ( ou ao Caminho do Bem, agora me atrapalhei) !!
    Quantas horas de fervorosa oração já estou a prever, com a técnica dos dois terços na mão e um na boca ( ou um na mão e dois na boca, me atrapalhei de novo )…
    De qualquer forma, somente o nobre Professor para garantir um Natal quentinho e aconchegante a essas pessoas, visto que o dia 25 será triste para a maioria do povo brasileiro, que decaiu à verdadeira miséria sob o jugo do mefistofélico e rubro noveunhento metalúrgico…

    Por São Serapião e São Balaguer !

    Comentário por Roberto — 23 dezembro 2010 @ 15:20 | Responder

    • Estou, caro Mestre, impressionadissimo com a magérrima moçoila de cima e com a murchíssima moçoila de baixo. Realmente é um sacrifício tão grande quanto do meu tio vestir farda de general. Alvissaras!!!

      Comentário por Nelson Le Jobin — 26 dezembro 2010 @ 20:26 | Responder

  2. Que nobríssima alma! Nos faz ter um pouco de fé e esperança na humanidade, mesmo em sórdida época de um regime ateu-comunista liderado pelo arrivista batráquio tetra-digital.

    Comentário por Plínio Guimarães Penteado de Castro — 23 dezembro 2010 @ 15:48 | Responder

  3. Magister, só podeis ser comparado a São Francisco de Assis!
    Que boa alma Ele colocou no seu corpo material!
    Além de fazer bem a todos os brazileiros dedicando seu valoroso tempo à cuidar deste espaço internético, também achais tempo para ajudar duas combalidas almas (e que combalidas, hein Magister!!!).
    Por meu lado, após ter passado as tempestades de neve no velho continente, estou de volta ao Brazil. Vou ao ensaio do auto de natal dos Arautos do Evangelho logo mais, depois a uma reunião da Opus Dei, e amanhã estaremos, os homens bons, discutindo a programação da TV Canção Nova para o ano que se avizinha. Acho que o Padre Botox estará nessa reunião, trajado com aqueles farrapos da Diesel…tsc tsc…
    Enfim, cruzados, estamos nós, novamente, a postos para velar por esta choldra que se deixa levar pela gangue do Noveunhas!!

    Comentário por D. Sebastião — 23 dezembro 2010 @ 16:13 | Responder

  4. Iluminado Professor Hariovaldo,

    Este é o verdadeiro espírito de Natal que deveria permear toda a sociedade. O espírito de ajudar à próxima.

    Este seu ato me inspirou. Vou agora mesmo em um site de uma prestigiada empresa de entretenimento noturno contratar duas “promoters” para também se juntarem a mim nas comemorações natalinas. Além de ajudá-las psicologicamente, também ajudarei a roda da economia a girar com mais vigor.

    Já estou até preparando a lista de penitências que elas deverão pagar.

    Comentário por Marquês DO Pombal — 23 dezembro 2010 @ 16:47 | Responder

    • Impagável, Marquês, impagável (ajustando o pince-nez). Doravante espelhar-me-ei em sua máxima de “ajudar a próxima”. Saudações de um humilde funcionário e discípulo fervoroso de Mestre Harry…

      Comentário por Arúspice de Araçoiaba da Serra — 23 dezembro 2010 @ 18:40 | Responder

  5. Nossa de onde surgiu este apreço e amor,por parte do Prof. Hariovaldo de Almeida Prado,pelas classes populares do nosso Brasil.
    PS:Eu não acredito em milagres!

    Comentário por Tiago Silva — 23 dezembro 2010 @ 17:05 | Responder

    • Confrade, parente do Lulinha
      Eu também não acredito em milagres, mas que eles existem, existem.
      O prof. Hari está muito mudado. Depois daquela ¨viagem à Paris¨ ele anda muito estranho.
      Vou ficar de olho, ou melhor vou colocar meu agente coxinha para ficar de olho no pessoal lá na esplanada dos ministérios em Brasília no dia 1o de janeiro na posse da Dilminha. Principalmente a turma do gargarejo.
      Tenho cá meus pressentimentos.

      Comentário por Ana Cruzzeli — 23 dezembro 2010 @ 18:08 | Responder

    • Todo esse apreço e amor surgiu da nobilíssima e alva alma do Grande Mestre Hariprado !! Que pergunta mais tola, menino !

      Comentário por Roberto — 23 dezembro 2010 @ 19:01 | Responder

  6. Ah, tá! E depois sou eu que uso “tóchico”! Profê: leva a mal não, mas O SENHOR NÃO AGUENTA! Limite-se a distribuir uns panetone$$$.

    Comentário por Mare Hollysmoke — 23 dezembro 2010 @ 17:44 | Responder

    • Minha doce Mare Fumacê.

      Como podes duvidar da magistral performance de nosso amado Prof? Sexo na casa dele é quase todo dia: quase na segunda, quase na terça, etc. O homem é um braseiro, uma ferocidade segundo me confidenciou a Ritinha e depois a Samantha me confirmou.

      Comentário por H ROMEU PINTO — 23 dezembro 2010 @ 17:58 | Responder

      • Tentador sr. H. Romeu, dissipaste minhas preocupações, porém, permita-me sugerir que em nome da boa amizade que existe entre o sr. e o Professor, para o caso de emergência, mantenha-se com sua espingarda à postos, sim?

        Comentário por Mare Hollysmoke — 23 dezembro 2010 @ 19:58

      • Completamente desnecessária e improfícua a polêmica em torno das possibilidades eréteis do nosso amado mestre. Mesmo porque ele não se encontra ainda em idade tão provecta assim! Depois, existe algo mais: com essas duas gostosonas das fotos, desnecessários se tornam todos e quaisquer estmulantes eróticos. Até eu, sujeitar-me-ia de bom grado a abjurar minhas opções e transformar-me em incansável garanhão. Santa vaca! Vão ser “boas” assim lá na casa do capeta!

        Comentário por Acteon Guei — 25 dezembro 2010 @ 18:14

    • Prezada Confrade, não duvidais de nosso Guia Hari! Se ele diz q pode dar conta, é pq dá conta e SOBRA!

      Soube por fontes fidedignas (q informam primorosamente a inVeja, a Falha e o abEstado) q nosso mestre é, sim, muito capaz; veja o relato captado em uma consulta médica de nosso potente guia:

      Prof. Hari, 80 anos, estava a fazer o seu check-up anual. O médico perguntou como ele se estava sentindo, ao que nosso estimado mestre respondeu:
      – Nunca me senti tão bem. A minha nova esposa tem 18 anos e está grávida…, esperando um filho meu. Qual a sua opinião a meu respeito doutor?

      O médico refletiu por um momento e disse:
      – Deixe-me contar-lhe uma história: eu conheço um tipo que era um caçador fanático, nunca perdeu uma única peça de caça. Mas, um dia, por engano, enfiou o seu guarda-chuva na mochila em vez da arma. Quando estava na floresta, um urso repentinamente apareceu à sua frente. Ele sacou o guarda-chuva da mochila, apontou para o urso e…, BANG………….., o urso caiu morto.
      Disse o velhinho:
      – HA! HA! HA! Isso é impossível…, algum outro caçador deve ter dado um tiro no urso por ele.
      – Exatamente!!!

      Inclusive ouviu rumores dos vassalos de sua mansão, e q confirmam a versão anterior:
      Nosso Mestre Hari é mesmo bom de cama – não falha uma! Deita e dorme!

      Depois desses relatos, como ousas duvidar de nosso mestre, sua “fumacenta”?

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 23 dezembro 2010 @ 19:34 | Responder

      • Don Rodrigon, eu não duvido, apenas me preocupo com a saúde do professor.ÀS vezes, o que abunda prejudica e muito! E no caso dessas pobres moçoilas, abunda!

        Comentário por Mare Hollysmoke — 23 dezembro 2010 @ 20:03

      • Prada Irmã de Fé Hariovaldiana,

        no caso das moças, tenho um dúvida cruel…

        a bunda abunda ou abunda a bunda?

        talvez seja uma questão de COLOCAÇÃO, para saber ONDE a colocação provê maior SATISFAÇÃO…

        assim, podemos tentar 3 Colocações Pronominais: na próclise, na mesóclise ou na ênclise.

        essa dúvida me martiriza… terá o nosso nobre Prof. Hari alguma sugestão? (pensando bem, deixa pra lá, pois nosse mestre deve ter esquecido o caminho da colocação após longo periodo de abstinência…. rsrs)

        onde a Senhora, com sua vasta experiência, bem como outras fiéis colaboradoras deste espaço de homens bons e mulheres BOAS, acham melhor fazer a colocação?

        Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 23 dezembro 2010 @ 21:14

      • Caro Dom Rodrigo.
        Desconfio eu que a Sr. Hollysmoke esteja sentindo uma súbita dor de cotovelo por não ter sido convidada para os festejos de fim de ano na mansão do professor!

        Comentário por T. Melo Rego — 24 dezembro 2010 @ 04:34

      • Martirizado Don Rodrigon: o pronome nada mais é do que um sujeito contraido. Desta forma, por questões prática, sugiro que o sujeito fique no meio – portanto, a mesóclise – pos em caso de necessidades, ele pode sempre refugiar-se na ênclise ou na próclise. Simples!

        Comentário por Mare Hollysmoke — 24 dezembro 2010 @ 11:29

      • Puxa vida!! Olha só, o poder de explicação que tem uma fábula!!!

        Alvíssaras, Confrade Pinto

        Comentário por Caio Augusto — 25 dezembro 2010 @ 08:36

      • Ilustríssima Srta. Mare, ao ler vossa explicação, me quedou a dúvida cruel : se o sujeito é retraído, como o conseguirá ficar “no meio” ? Caso o Prof. Hari, que insiste na velha sabedoria que pasto novo elevará seus ânimos, este pároco sugere como consolação, diante do fracasso no intento, a leitura da fábula da raposa e das uvas.
        Hoje não tem malhação. Compenso em beijos.

        Comentário por Padre Iscariotes — 25 dezembro 2010 @ 19:18

      • Prezado Confrades, Mulheres BOAS e curiosos em geral,

        Conversando com Marelynn Hotsmoking, irmã de Mare Hollysmoke, apercebi-me do porque nossa bem intencionada, mas recatada, Mare deixa o sujeito contraido, e eventualmete, não completa a Colocação, seja na próclise, na mesóclise ou na ênclise, deixando o objeto direto sem conexão com o objeto indireto na frase “a bunda abunda ou abunda a bunda?”.

        Após DETALHADA consultoria com Marelyyyynn Hotsmooooking (ufaaa… q calor), pude perceber q o sujeito contraido pode se expandir caso seja usada uma correta técnica manual ou oral (estou me referindo a escrever e falar corretamente, que nao se perca o enredo da história).

        Com o sujeito na posição correta, podemos agora fazer uma apropriada colocação pronominal, desfazendo a dúvida de como proceder na frase “a bunda abunda ou abunda a bunda?”.

        Mare, pq não nos mencionaste antes sua Hotsmoking irmã? Teríamos desfeito as dúvidas antes, com o maior praze… err… profissionalismo.
        Inclusive, já marquei outra consultoria com Marelynn Hotsoking para dirimir outras dúvidas…

        Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 25 dezembro 2010 @ 21:03

      • Senhoras e senhores, please! Vamos por partes: nem sempre onde há fumaça, há fogo (mas onde há bunda, abunda bunda!). Essa boa senhora Marellyn H., tomou para si a sagrada missão proposta pelo uso de folhas de guaraná misturadas à folhas de chuchu somada a uma pitadinha de picão e nos moscada, o que sabidamente causa uma confusão gramatical que leva o indivíduo a colocar o sujeito em todas as três posições possíveis , ao mesmo tempo. Don Rodrigon, a boa sra. Marelynn esclarecerá toda e qualquer dúvida que o senhor possa ter, nem que tenha que usar de uma trepanação de emergência! Quanto à contração do sujeito, ouvi dizer que se este encontrar-se em meio favorável e motivador, ele desenvolverá suas potencialidades – daí a mesóclise! – caso contrário, ou se trata de erro de regência nominal/verbal ou de óbito mesmo!
        PS: Eventuais dores de cotovelo( joelhos, quadril…) que me vitimaram nos últimos tempos são exclusivamente oriundas dos rituais de comemorativos do solstício de verão.

        Comentário por Mare Hollysmoke — 26 dezembro 2010 @ 14:05

    • Voltando à questão “a bunda abunda ou abunda a bunda?”, assunto polêmico e já bem discutido sintaticamente de forma magistral pelos colaboradores Don Rodrigon e Mare, podemos dizer que uma característica básica do léxico é sua mutabilidade, já que ele está em constante movimento. É só notarmos o fato de que as colocacões se tornam arcaicas e o que é pior: outras mudam seu sentido, e, tudo isso ocorre de forma gradual e quase imperceptível.
      Assim sendo, muito me preocupa a prática sistemática das técnicas manuais e orais prescritas pelo ilustre Don Rodrigon, agravadas pelo uso de um fio terra condutor da prática semântica em questão. Os efeitos colaterais podem se tornar incontroláveis, gerando a frustração de nosso mestre em excelência e a insatisfação das moças no seu furor gramatical, gerando um texto de má qualidade.
      A srta. Marelyyyyn Hotsmoooking é muito boa para cantar “happy birthday Mr. Presidente”, mas não para dar conselhos. A solução gramática e literária seria o implante de uma figura de expressão definitiva. E tenho dito.
      Volto agora para minha malhação, para não correr os riscos léxicos acima descritos.

      Comentário por Padre Iscariotes — 26 dezembro 2010 @ 12:52 | Responder

  7. Pfizeriano, inefável e insondável Mestre Harry, Anauê.
    Muito preocupado que estou com sua saúde, coloco-me à disposição para ajudá-lo na árdua tarefa de levar luz, conforto, carinho e atençao a essas pobres jovenzinhas, tão desafortunadas que nasceram… Sempre alerta mestre, estou sempre alerta neste propósito, sob as bençãos de São Serapião e São Brunello di Montalcino.

    Comentário por Arúspice de Araçoiaba da Serra — 23 dezembro 2010 @ 18:26 | Responder

  8. Com os votos de um feliz natal a todos, deixo aquí uma homenagem às mulheres do blog na forma de uns versinhos retirados da peça “Escola de Mulheres” de Moliére (1622 – 1672), autor de grande expressão do teatro francês do século XVII.

    A mulher que uma união legal
    leva ao leito de um homem
    não esqueça esta moral:
    apesar do que se vê por aí,
    o homem que a tomou,
    tomou-a só para sí.

    Só se deve enfeitar
    até onde o desejar
    o marido que a sustenta;
    pois só a ele interessa
    sua pele lisa ou sardenta.
    A uma esposa recomenda
    que outros a achem horrenda.

    Longe expressões estudadas
    óleos, pinturas, pomadas,
    esses mil ingredientes
    que fazem um rosto querido.
    Usados diariamente
    são drogas mortais pra honra:
    esse sacrifício todo raramente é pro marido.

    Ao sair, como a virtude ordena,
    deve esconder debaixo de um capuz
    a indiscrição do olhar.
    Para agradar totalmente ao marido
    a ninguém mais deverá agradar.

    Fora dos que o marido convida,
    não deve dar acolhida
    nem receber mais ninguém.
    Esses galanteadores
    que só tratam com as senhoras
    enfeitam muito os senhores.

    Dos homens qualquer presente
    tem que recusar, veemente.
    Pois a época é safada:
    ninguém dá nada por nada.

    Por mais que isso a aborreça
    caneta, tinta e papel
    deve tirar da cabeça.
    A ignorância é um escudo.
    Num lar realmente honrado
    o marido escreve tudo.

    Jantar de muito talher
    – em geral de caridade! –
    corrompe sempre a mulher.
    Deve pois ser proibido,
    pois é lá que se conspira
    contra a testa do marido.

    Para a honra conservar
    o jogo tem que evitar
    como um defeito funesto,
    pois o vício enganador
    leva a mulher, muitas vezes,
    a perder o jogo e o resto.

    Não deve andar na roda
    de piqueniques no campo
    nem de festinhas da moda,
    pois sabem os experientes
    que todo esse circular,
    de uma ou de outra maneira,
    o marido é que vai pagar.

    Comentário por Leitor da Veja — 23 dezembro 2010 @ 18:40 | Responder

    • Bem informado Leitor da Veja, só faltou acrescentar o “Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas: vivem pros seus maridos, orgulho e raça de Atenas. Quando amadas, se perfumam, se banham com leite, se arrumam suas melenas. Quando fustigadas não choram!
      Se ajoelham, pedem imploram mais duras penas; cadenas.” Haja folhas de chuchu!

      Comentário por Mare Hollysmoke — 23 dezembro 2010 @ 20:20 | Responder

  9. Fadista Mestre Hariovaldo,

    Fazer o bem à próxima é um dos principais mandamentos serapiônicos.

    O molierístico confrade Leitor da Veja também foi feliz ao lembrar, nesta época de contrição, os deveres de nossas esposas.

    Que São Serapião derrame as cornucópias da saúde, do ouro, da paz e das próximas sobre todos nós.

    Comentário por Don Joze de Pan y Agua (I) — 23 dezembro 2010 @ 18:50 | Responder

  10. Caríssimos, mestre sou mais a Ritinha Furação.

    Comentário por Mineirim de bhz — 23 dezembro 2010 @ 19:23 | Responder

  11. Inigualável mestre,
    ja foste melhor servido com Ritinhas e Samantas,
    que decadência hein.

    Comentário por Frauzino Bello — 23 dezembro 2010 @ 19:41 | Responder

    • Deixai de ser preconceituoso, ó Sr. Franzino! Até mesmo o Farol de Alexandria, FHC, teve um rebento com uma serviçal ! Deixai de escrever tal tipo de aleivosias, dar aconchego às desvalidas é tradição desde os tempos do Descobrimento ( e repare no termo:descobrimento…) !!

      Comentário por Roberto — 23 dezembro 2010 @ 20:14 | Responder

      • Calipigiólogos, irmãos,
        reconheçamos que, na última foto, a saúde da moçoila abunda.

        Avíssaras!

        Comentário por SáeBenevides — 23 dezembro 2010 @ 20:38

    • Nobre Frauzino, depois de Mestre Harry ler a Declaração Universal dos Direitos Humanos, resolveu espargir democraticamente suas bençãos a todas aquelas que carecem de apoio…

      Comentário por Arúspice de Araçoiaba da Serra — 24 dezembro 2010 @ 05:43 | Responder

  12. Diretamente do último bunker serrista (o blog do Uncle King):

    #

    Flávio (23/12/2010 às 9:11):

    Faz tempo que a oposição abaixa as calças para a situação, e o que é pior, de costas pra ela.
    #

    Tucano Otimista (23/12/2010 às 8:38):

    Isso é uma vergonha!. Primeiro os governadores, agora senadores e deputados querem surfar nas ondas do adesismo deixando os eleitores oposicionistas órfãos de representação política.

    Nós, os serristas, não podemos permitir que o barco das nossas convicções venha a soçobrar nas ondas do adesismo, nessa longa e tormentosa travessia de quatro anos até as eleições de 2014 e não podemos, de forma alguma, nos deixar seduzir pelo canto da sereia das montanhas.

    Mas eles não perdem por esperar. Estão rindo agora mas haverá choro e ranger de dentes depois quando serão chamados a prestar contas de seus atos. 2014 será o ponto de reencontro do Brasil com o seu destino. O Doutor José Serra, fortaleza inquebrantável da oposição genuína e verdadeira, vem arquitetando silenciosamente, como grande estrategista que é, a grande revanche.

    Não podemos, de forma alguma, sucumbir à tentação do adesismo fácil. A visão do Doutor José Serra subindo a rampa do Palácio do Planalto em 2014 será o prêmio pelos longos 1.460 dias em que a nossa fé estará sendo testada diuturnamente.

    Feliz natal e próspero ano novo!

    Comentário por Leitor da Veja — 23 dezembro 2010 @ 20:12 | Responder

    • Caro Leitor da Veja.
      Pelo que noto, seguis os ensinamentos do Mestre Hari: conseguistes fazer mais uma penetração no Uncle King digo no blog do Uncle King.
      De minha parte, estou tão assoberbado que nunca mais li os comentários, nem as matérias daquele tolerante e moderado espaço de cidadania.
      Quando retornar de minhas férias, quem sabe não penetro também por lá.

      Comentário por D. Sebastião — 23 dezembro 2010 @ 21:49 | Responder

    • Rapaz, você tem estômago de avestruz, além de ler a oia ainda consegues ler o UNCLE KING?

      Comentário por Mineirim de bhz — 24 dezembro 2010 @ 03:19 | Responder

  13. Eu tava olhando as fotos dessas moças aí e de repente meu deu um enjôo! Ai profê, não sei porque o senhor coloca essas fotos aí, o blog fica tão feio.

    Comentário por Mário Adamastor — 23 dezembro 2010 @ 21:01 | Responder

    • Caro Adamastor,

      Dentre as grandes amizades me honraram ter está a daquele rapaz muito alegre e festivo, o Clovis Bornay, um homem bom, que se vestia com grande discrição e muita elegância, simplesmente um luxo! Pena ele ter ido tão cedo alegrar as manhãs de carnavais no céu. No entanto, em um ponto eu concordo com as declarações daquele outro, um comunista centenário, pouco conhecido, que projetou Brasília, quando ele diz “mulher é o que realmente importa”.

      Abraços.

      Comentário por Hariovaldo — 24 dezembro 2010 @ 08:19 | Responder

      • Mulherengo e mulherístico mestre,

        Se você vier para o Mato Grosso não se esqueça de me avisar

        Pois aqui tem umas caboclas morenas que eu quero te apresentar.

        São mestiças da tribo, mas muito boas de se namorar.

        Comentário por Massey Ferguson — 24 dezembro 2010 @ 12:14

      • Nobre Professor,

        Vou fazer coro com o nobre confrade Adamastor. Não que as fotos me provoquem enjôo, mas sendo adépto da liberdade de pensamento e da diversidade entre os homens bons, sugiro colocar também fotos de tristes e abandonados mancebos ( entre 19 e 23 anos – antes da idade do lingerie). Afinal de contas, o desamparo não tem sexo.

        Alvíssaras

        Comentário por Caio Augusto — 25 dezembro 2010 @ 08:29

    • MEU DEUS! Apareceu mais um. Antes era somente eu o representante da “comunidade”. Agora, apareceu essa coisa aí, com nome de gigante. Credo! Pó pará por aí, viu, seu Mário Adamastor!

      Comentário por Acteon Guei — 25 dezembro 2010 @ 18:27 | Responder

      • Virgem Santa! Mais uma! Estou perdido! A concorrência está aumentando tal e qual igreja neo pentecostal! Cada dia aparece mais uma desvairada! Agora é esse daí (ou essa daí?) com nome de imperador romano! Ô CAIO, crie vergonha e CAIA na real!

        Comentário por Acteon Guei — 26 dezembro 2010 @ 08:23

  14. […] This post was mentioned on Twitter by Rodrigo Ferrari. Rodrigo Ferrari said: O último natal do mau velhinho: http://t.co/ZlfqmLA […]

    Pingback por Tweets that mention O último natal do mau velhinho « Professor Hariovaldo Almeida Prado -- Topsy.com — 23 dezembro 2010 @ 22:38 | Responder

  15. Caridoso Mestre Hari.
    Que bela idéia a sua , acolher duas jovens desvalidas de benz e doutrinalas na fé serapiônica e no caminho do bem.Sugiro ao senhor muita catuaba com ovo de codorna para aturar os possíveis dissabores que tais membras da patuléia possam lhe causar.
    Também gostaria de avisar aos demais confrades que caso conheçam alguma moçoila desvalida que não se façam de rogados , mande-me avisar.Más só pederei receber em minha humilde mansão aquelas cuja idades sejam superior a 18 e inferior a 22 aninhos e é de suma importancia que elas gostem de tomar banho , pois eu mesmo me encarregarei de realizar a acepsia delas em minha banheira de hidromassagem.
    Que São Viagra e São Pramil me ajudem nesta nobre empreitada.
    Ademais um feliz natal para todos os membros e frequentadores desta nobre confraria de homens e mulheres de benz.

    Comentário por T. Melo Rego — 24 dezembro 2010 @ 04:51 | Responder

    • Muito bem, querido Rego,

      Agora que a Ritinha está ficando de uma certa idade (20 aninhos recém completos), estou pensando em substituí-la por uma moça mais jovem e cheia de energia.

      Comentário por Hariovaldo — 24 dezembro 2010 @ 08:02 | Responder

      • Emérito Hari

        Tenho a certeza que esta sua acolhida tão nobre às formosas e enérgicas moçoilas, há de fazer com que as forças pós-eleições sejam revigoradas em sua mente perspicaz e fazer com que contemos com mais ensinamentos no ano que se avizinha.

        Peço porém que, sabedor de seu acesso direto ao nosso inegável líder, Dom Chirico, que passe também a ele esta tão formidável maneira de recompor energias. Assim, estará ele apto a colaborar já a partir do proximo ano, na reconstrução da pátria já tão afetada moral, social e economicamente pelos vermelhos petralhas. Há o Sr. de entender que verônicas e francines não mais acrescentam energias poderosas como as daquelas proporcionadas por jovens de tão belos atributos e, sabe-se lá com que artifícios.

        Meus mais sinceros respeitos de Feliz Natal aos confrades.

        Comentário por De Vaneio — 24 dezembro 2010 @ 08:49

      • Barrabás Mestre HARI, e pensar que tempos atrás eu cheguei a duvidar de suas preferencias…Mas com esse jeitão de aristocrata decadente, a pose démodé fazendo cara de inteligente me levaram a esse impasse. Espero que não tenhais uma recaída.

        Alvíssaras e oxalá 2011 seja muito bom. E Çerra segue 45.

        Comentário por H ROMEU PINTO — 24 dezembro 2010 @ 09:28

      • Infantilico Mestre
        Olhaste a carteira de identidade das periféricas moçoilas das fotos? Conferiu a certidão de nascimento? Viste os boletins escolares? É sempre bom ter certeza de que as moçoilas paupérridas abundantes tenham mesmo 18 anos, pois existem petistas maquiavélicos à solta que podem fraudar os documentos apenas para colocar nosso Mestre em situação delicada, como se tivesse segundas intenções para sua única – e boa – intenção. Final,…todo cuidado é pouco. Comedores de criancinhas são eles. Que São Serapião nos proteja para que as coisas continuem abundando pro nosso lado.

        Comentário por Opus Dei — 26 dezembro 2010 @ 15:02

  16. Caro mestre;

    Fui avisado que estai dando guarida neste natal para os desamparados do 9 dedos, pois eu sou um mendigo de rua, cheguei nesta condição após o capeta tomar o poder, hoje já não tenho os dentes, meu corpo só ve agua de chuva, gostaria muito de tomar um banho em sua banheira de hidromassagem e ceiar em vossa casa, ao lado das probrezinhas irmas.

    Aguardo seu convite, visto que pessoa tão autruista não há de me negar tal pedido.

    PS.:
    Apesar de sujinho sou bonitinho.

    Comentário por Mendigo — 24 dezembro 2010 @ 06:04 | Responder

    • Desculpe, mas minha mansão já está lotada. Procure abrigo na mansão do Reinaldinho.

      Comentário por Hariovaldo — 24 dezembro 2010 @ 07:57 | Responder

      • Mas caro mestre;

        Também sou uma vitima dos 9 dedos, o que lhe peço e somente um pouco de sentimento natalino com essa pessoa, já que vais ajudar minhas irmazinhas não custa nada ajudar o irmão.Eu prometo tomo conta das duas, para não atrapalhar vossa festa.Quanto ao Reinaldinho, não sera possivel visto que neste anos que se acaba, já fiz mais de 40 penetrações no tio, copiando o comentarios de outros idiotas e acrescentado no meio do texto tudo que tenho para dizer aquela besta.E por incrivel que pareça esses comentaérios passam.Já imaginou se todos fizerem isso, a hora que eles descobrirem vão ter que tudo de novo, os caras vão ficar loucos..

        Comentário por Mendigo — 24 dezembro 2010 @ 08:39

  17. Decadence avec elegance Prof. Ariovaldo, fostes arrebatado pela concupiscência, causa da queda dos Pendragons, Maias e outras famílias de bem ? A penitência perdeu o efeito e o auto-flagelo não surtem mais efeito ? Confie neste humilde pároco, recomendo jejum, sucos de Chuchu por 3 dias e assistir o vídeo quando fraquejares.

    Decadência
    Eles estão em contagem regressiva para o juízo final
    O presidente, o governo, carreira selvagem
    Escrito nas paredes
    Um minuto restante
    Como uma fonte de poder
    Esquivando-se com estilo
    Vestidos para matar
    Para o salto final
    Vamos comemorar enquanto o império cai !
    (enrolada) nos braços de algum “romeu”
    Esse é o jeito de esquecer tudo isso
    Dançando com o rosto coladinho !

    (refrão)
    Decadência com elegância
    Decadência com elegância

    Macacos vêem, macacos fazem, ooh
    Passando à base de champanhe rosé
    Brindando ao zoológico humano
    Mambo jumbo
    E depois, um último tango, e
    Tchauzinho !

    Melhor viver na noite boêmia
    Do que em mil noites seguras
    Decadência, mundo cão, visão do inferno
    Uma noite de glória
    E descanse em paz (paz, paz, paz…)

    Decadência, ooh
    Bunda, bunda… e… bunda, bunda
    E ela me diz que seja um bom rapaz
    Pratique algum esporte, tenha bons ideais
    Afinal de contas, o fim do mundo
    Não é nem o fim do mundo
    E se for, descanse em paz !

    Eles estão em contagem regressiva para o juízo final (dez, nove oito, sete…)
    O relógio na parede diz:
    “um minuto para a partida, ooh
    Um minuto para a partida, ooh
    Um minuto para a partida, ooh…”

    Comentário por Padre Iscariotes — 24 dezembro 2010 @ 08:20 | Responder

  18. To dizendo que o profê voltou muito estranho daquela viagem que ele fez à Paris!!

    Outro dia teve um surto psicótico e fez menções à práticas próprias da massa fedida, conclamando os confrades a fazer oração usando um copo de água em cima do computador. Naquele momento nosso sistema de rastreamento de pobres detectou algo errado: Computador de homem bom não comporta um copo em cima.

    Pois bem. Agora de novo o profê dá outra escorregada no caviar(pobre escorrega no tomate) e tascou:”impondo grandes penas à população honesta que sofre com a inflação, o desemprego e os baixos salários da era Lula”.

    Epa!Epa!Epa!! E desde quando homem bom vai reclamar de baixo salário??? Homem bom que se preze tem que lutar é para acabar com o salário-essa coisa absurda que “astravanca o progreço”. Homem bom que se preze luta pelo sistema do 3p,s:pão,pano e pau.

    Será que o profê amarelou igual o confrade Eike,aquele traíra??

    Não será a hora de remover o profê pra fazer um chek-in,digo,um chek-up??

    Comentário por Dazelite — 24 dezembro 2010 @ 08:38 | Responder

  19. Muito louvável essa atitude, acolher essa gentalha pobre que vive sempre dizendo: quero meus direitos, o governo não olha para os pobres, pobre não tem nada ( mas quando chove e alaga, fica chorando dizendo que perdeu tudo).

    Comentário por Juba — 24 dezembro 2010 @ 08:58 | Responder

  20. Caridosíssimo Magister Pontificus Hariovaldus, estimados confrades,

    O Natal é tempo de paz, amor, harmonia e caridade. Mas, como ensinava meu querido avô, na luta contra o comunismo não existe dia santo ou feriado. Portanto, não podemos relaxar.

    Enquanto isso, o povo segue o exemplo de fraternidade do prof. Hariovaldo e faz uma vaquinha para presentear D. José Chirico: http://byebyeserra.wordpress.com/2010/12/24/natal-feliz-povo-faz-vaquinha-e-compra-pijama-para-o-pres-zezinho/

    Que S. Serapião e minha Santa Bisavó intercedam junto ao Todo-Poderoso (no caso, Deus), para que todos tenham um Natal feliz e um ano novo livre do comunismo.

    Comentário por Plinio C. de Oliveira Neto — 24 dezembro 2010 @ 09:58 | Responder

  21. Prezados Confrades, Irmãos de Fé em São Serapião,

    Noticío com pesar nos negóci… err…. no coração, o falecimento de um de nossos baluartes de corrupç… err… correição, o baluarte da politica e sempre no meios dos homens de bem de benz.

    Faleceu orestes quércia… um homem probo, q nasceu pobre em Pedregulho, e que permaneceu pobre (nas atitudes, não na conta bancária) durante toda sua vida de trambicag… err.. trabalho.
    UM EXEMPLO DE CONDUTA A TODOS HOMENS DE BEM, COMO NESTE SÍTIO.

    Um exemplo de labuta, que não se deixou contaminar pelos negócios excusos, não se deixou contaminar por companhias de políticos corruptos, não se deixou contaminar por obras superfaturadas, não se deixou contaminar pelo tráfico de influência, não lavava dinheiro no exterior, só com empresas fantasmas e laranjas, UM NACIONALISTA, enfim!
    Tudo de um homem de BENZ faria!!! Um exemplo a ser seguido!!!

    Já vai tard… err… deixar saudade!
    como faremos bons negócios sem um líder como quércia?

    Se esqueci de algo, por favor Irmãos, coloquem suas mensagens de pesar e retidão de caráter.

    Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 24 dezembro 2010 @ 10:18 | Responder

    • Ao nobre colega de armas (mas não fã de gatilhos, principalmente os salariais nos tempos de Governo do Estado), resta-nos simplesmente homenagear seu jênio administrativo, onde ele cercou-se de homens probos e valentes. E, ao contrário do Nove Unhas, soube fazer um sucessor de Bem, amante da paz e dos direitos aos homens justos: Luiz Antonio Fleury Filho.

      Um homem com tamanhas qualidades merece um lugar junto ao Monumento às Bandeiras, principalmente por ter levantado em seus últimos suspiros a bandeira dos Homens de Bem, com nosso Presidente de Nascença em sua (ainda não) finda luta contra o Bolchevismo Latinoamericano.

      Ao Comandante Quércia, nossa continência.

      Comentário por André Luiz de Almeida Prado Rodriguez Diniz do Couto — 24 dezembro 2010 @ 21:24 | Responder

  22. Filantropíssimo magister hariovaldo,

    Lágrimas me vêm aos olhos ao ver com quão desvelado zelo e bondade estás a cuidar destas desvalidas jovens.

    Vejo que chegaram em vossa residência só com a roupa do corpo (pouqíssima roupa, por sinal, coitadinhas).

    É de atos altruísticos como esse vosso, de compartilhar vosso peru com tão desafortunadas criaturas, que a humanidade precisa.

    De ações como essa vossa, desprovidas de qualquer interesse, diferente do bolsa-esmola, com o qual o vil sapão da língua presa só deseja angariar votos.

    Que Serapião e Bálaguer lhe dêem um boníssimo natal, e que nossos apertados cilícios nos fortaleçam para que possamos aguentar firme esses últimos dias do desgoverno do molusco escarlate.

    Alvíssaras!!!

    Comentário por Professor Temístocles Sabóia Filho (o bom) — 24 dezembro 2010 @ 10:58 | Responder

  23. Mestre Hariovaldo,

    Este decrépito incubo intitulado Mephisto de Garanhuns, jamais poderia ser considerado como um “bom velhinho”, pois sabemos de longa data, que quanto mais idosos os demonios comunistas ficam, mais empedernidos asseclas das devassas ideologias do Mal se tornão, o avançar dos anos reiificam em suas deturpadas mentes os ditames mais ditatoriais, eleva-se a sede pelo poder, a cruel malversação dos dinheiros do estado, alem do exacerbado consumo das pilulas azuis, sem as quais seriam impossibilitados de participar dos “congressos” do PT, que não tratam de politica ou elevados temas sociais e economicos, e sim são o momento no qual petelhos machos e femeas, entregam-se a orgias, a devassidão explicita, a homodepravação e o consumo desenfreado de substancias obnubilantes, tais como a cannabis, o crack, todo o “congresso” regado a fartas doses de cachaça barata, acompanhada de torresmos amanhecidos.

    É pena que tal transe não tenha findado com a saída do Mephisto de Garanhuns, pela porta dos fundos do Palacio, pois devido as solertes e nefastas manipulações malignas, das quais os petralhas são especialistas, teremos que suportar, espero que por breve tempo, a ascenção de uma femea voraz ao poder, um acinte a nossa democracia, verdadeira nodoa em nossa História pátria: uma Titere Perversa Terrorista a comandar como boneca inanimada os destinos de nossa Nação.

    Nós, em orações constantes, na Congregação Benta de São Augusto Pinochet y São Francisco Franco – Os Santos Incompreendidos – desejamos a todos os BONS e de FÉ, um Feliz Natal, e exercendo nossa lide de piedade e compreensão com os menos afortunados,os loucos,as devassas,os ladravazes,aos que vivem na depravação, em resumo, aos petistas, desejamos tambem um Feliz Ultimo Natal.Que as graças da bem aventurança recaiam sobre NÓS, e que as espadas dos anjos e arcanjos, mergulhem sobre as cabeças dos petelhos e as decepem.

    Comentário por Aurélio Monte y Vaz — 24 dezembro 2010 @ 13:47 | Responder

  24. Guia dos Homens bons,
    enfim encontrei o verdadeiro eco ao meu artigo-desabafo que batizei “Elogio à vagabundagem”. Não imagina com que alegria aqui na casa grande aguardamos a hora de ver o nosso Brasil livre do “sujo, mal lavado, ignorante, boçal, troglodita, inconveniente, atrevido, insolente, mentiroso” demônio bolchevista de nove unhas. Odeio-o porque não sabe aplicar corretamente o pronome na frase, ao contrário da minha pessoa, e apesar disso ele ousa ganhar mais do que eu, que dei aulas para 300 alunos por dia, dobrando turno na escola estadual de MG, durante 32 anos, e só ganho de aposentadoria menos do que um salário mínimo.
    Parabéns, amado professor. Estou de alma lavada por saber que outro professor pensa igualzinho a mim.
    Ósculos lá.
    Marthinha Panosujo Nunzio

    Comentário por Profa. Martha de Freitas Pannosujo — 24 dezembro 2010 @ 13:52 | Responder

    • Cara Profa. Panosujo, vamos colocar em pratos limpos : se a senhora fosse paulista, teria um destino muito mais feliz, Çerra não te deixaria sem o amparo dos PMs. e sem o vale-coxinha nosso de cada dia. Beijos.

      Comentário por Padre Iscariotes — 25 dezembro 2010 @ 19:24 | Responder

  25. Nobre colega,
    Tens um coração ímpar!
    Trarei umas cinco dessas coitadas aqui pra minha casa. Passarão o dia em oração e a noite… também.
    Adíos!

    Comentário por Dom Leon — 24 dezembro 2010 @ 18:23 | Responder

  26. Muito nobre sua atitude.

    Comentário por Eduardo — 25 dezembro 2010 @ 08:14 | Responder

  27. kkkkkkkkkkkkkkkkkk, esse site só tem nerd!!! Aqui tem de tudo ( aula de economia, analise política precisa, aula de Portugûes ( mesóclise – que porra é essa?? ) Eu já estudei, mas já esqueci. Um grande abraço a todos desse site. Um Feliz Natal. Meus dias já não são mais os mesmos se não faço minha parada diária por aqui.

    Que São Serapião os abençoe do alto de sua glória!!!

    Caius Augustus!!!!

    Comentário por Caio Augusto — 25 dezembro 2010 @ 08:33 | Responder

    • Sr. Caio.
      Creio que estais a confundir alhos com bugalhos , ou como diz a patuléia :”Barrafunda com bafo de bunda”.Pode não parecer , más este site é sério , limpinho e cheirosinho , nós aqui só nos movemos mediante a liderança de nosso sumo magister Hari .Então se o senhor quiser dar boas risadas sugiro-te que procure o blog do comunista Cloaca.E feliz natal regado a cachaça alambicão e espetinhos de gato servidos na lage.

      Comentário por T. Melo Rego — 25 dezembro 2010 @ 12:31 | Responder

    • Senhor Caio: mui embora um de seus post faça crer que o sr. “caiu” e sentado, para avivar sua memória de estudante paulista de escola pública, convido-o a participar de um ritual de estudo da gramática da língua pátria, onde com a ajuda da sagrada fumaça das folhas de chuchu desidratadas e de uns rapazes que vieram celebrar o solstício de verão, o senhor aprenderá a flexionar verbos, a colocar o sujeito, o objeto direto e o indireto, e postaremos seus progressos linguisticos no sagrado sitio do Youtube.

      Comentário por Mare Hollysmoke — 26 dezembro 2010 @ 14:19 | Responder

  28. Quod abundant non vigice. O que abunda não vicia.

    Comentário por Luladilmistarretado — 25 dezembro 2010 @ 08:55 | Responder

  29. Mestre Hariovaldo, és um probo de qualificações inenarráveis. Que alma edificante, quanta humanidade, és um samaritano, homem ( bom) da melhor qualidade ( o que, na verdade, é redundância). Sua atitude nos emociona ( que vontade de chorar) e não podemos deixar de desejar, do fundo de nossa alma, uma temporada, quer dizer, um final de ano com todos os prazeres, quer dizer, com todo o amor que sua nobilíssima alma merece. Estamos certos de que as duas tão singelas moças, antes solitárias, agora protegidas, saberão recompensá-lo com justiça e com o devido amor, quer dizer, valor. Alvíssaras!

    Comentário por Orlando — 25 dezembro 2010 @ 13:38 | Responder

  30. Caro Professor,
    Diante de tão jubilosa notícia : – o último Natal do “Apedeuta bratráquio Nonadactilo”, venho com pesar postar o adeus de um dos mais fervorosos discípulos de são Serapião
    ;
    Don Dioguito – http://veja.abril.com.br/blog/mainardi/

    Coluna do
    Diogo Mainardi
    Opinião e comentários do colunista mais lido de VEJA
    Assine o Feed RSS | Saiba o que é

    11/12/2010 às 0:00 \ Na revista
    Meu adeus como colunista

    “VEJA é uma Ferrari. Para poder me livrar do dilmismo, estou pronto a ceder minha vaga na escuderia. O que eu quero, neste momento, é pilotar um kart. De agora em diante, escreverei apenas um artigo mensal para VEJA”

    Esta é minha última coluna.

    Eu passei oito anos zombando do lulismo. Se agora eu passasse a zombar do dilmismo, que é uma mera pantomima do lulismo, eu me tornaria uma mera pantomima de mim mesmo.

    — Diogo é um Arlecchino! Diogo é um Pantalone! Diogo é uma Colombina!

    O lulismo queria que eu fosse embora do Brasil. Eu fui. O lulismo queria que eu me desinteressasse do presidente da República. Eu me desinteressei. O lulismo queria que eu renunciasse à minha coluna. Eu renunciei. Eu sou igual a um marido que, para poder se livrar da mulher amarga e rancorosa, cede todos os seus bens e vai morar num flat. Eu fui morar num flat mental. Eu fui morar numa kitchenette existencial. Eu sei que o lulismo está feliz de se separar de mim, mas garanto que eu estou incomparavelmente mais feliz de me separar dele.

    Rubens Barrichello compreendeu a natureza do dilmismo. Quando lhe perguntaram o nome da presidente eleita, ele respondeu sabiamente:

    — Como é que se chama a mulher?

    A partir de hoje, esse é meu lema. Eu posso falar sobre Bartolomeo Bon. Eu posso falar sobre Anco Marcio. Eu posso falar sobre Cosmè Tura. Quem mais? Eu posso falar sobre Sexto Empirico. Eu posso falar sobre Pavel Chichikov. Eu posso falar sobre Pepe Le Pew. Só a presidente eleita está proibida de entrar em meu flat mental. Sobre ela, minha resposta será sempre a mesma:

    — Como é que se chama a mulher?

    Além de compreender a natureza do dilmismo, Rubens Barrichello compreendeu também a natureza do automobilismo. Ele demonstrou que, se é para guiar devagar, ninguém precisa de uma Ferrari. VEJA é uma Ferrari. Para poder me livrar do dilmismo, estou pronto a ceder minha vaga na escuderia. O que eu quero, neste momento, é pilotar um kart. De agora em diante, escreverei apenas um artigo mensal para VEJA. Renuncio à coluna, portanto, mas continuo aqui, em marcha lenta. Milan Kundera disse que quem anda devagar contempla as “janelas de Deus”. Rubens Barrichello anda devagar e contempla as janelas de Deus. Sou bem mais modesto do que ele. Para mim, basta poder contemplar as janelas da minha kitchenette existencial.

    O primeiro ato de um espetáculo grotesco, como aquele encenado pelo lulismo até 2006, pode despertar algum interesse. O segundo ato é inevitavelmente mais sonolento. Mas é o terceiro e último ato, repetindo as mesmas galhofas dos anteriores, que realmente entedia e aporrinha o espectador. Foi para poupar o público desse constrangimento que resolvi sair do palco.

    — Onde está o Arlecchino? Onde está o Pantalone? Onde está a Colombina?

    (Um espectador aplaude. Outro atira um tomate. Outro ronca. Luzes.)

    Por Diogo Mainardi

    Comentário por Mineirim D'UAi & Orleans — 25 dezembro 2010 @ 20:25 | Responder

    • Prezado Confrade Minerim (onde minerim fala mineirim?),

      O prezado bebeu sozinho uma chaleira do chá do santo daime e estás a delirar palavras sem sentido ou este textículo ridículo é fruto verdadeiro da cabeça do Diogo de M.?
      Sendo o textículo de autoria do Diogo de M., como este senhor não está na ABL, ao lado de Sarney, o acadêmico de um único livro (dizem q foi um tal de Ghost Writer q escreveu o “Moribundos Pegando Fogo”) e de outros expoentes de nossa (parca) cultura, a tomar chá elegantemente?
      INACREDITÁVEL um texto dessa qualidade…

      Aproveitando a ocasião, vou passar uma receita mineira AUTÊNTICA:

      “Sapassado, era sessetembro, taveu na cuzinha tomando uma pincumel e cuzinhando um kidicarne cumastumate pra fazê macarronada cum galinhassada.

      Quascaí de susto quanduvi um barui vinde denduforno parecenum tidiguerra.

      A receita mandopô midipipoca denda galinha prassá.

      O forno isquentô, o mistorô e o fiofó da galinhispludiu!

      Nossinhora! Fiquei branco quinein um lidileite.

      Foi um trem doidimais! Quascaí dendapia!

      Fiquei sensabê doncovim, noncotô, proncovô.

      Ópcevê quilocura!

      Grazadeus ninguem semaxucô!”

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 25 dezembro 2010 @ 21:42 | Responder

    • Que triste noticia!
      Caros confrades isso é uma tragédia , quer dizer então que ficaremos sem o Diogo semalnalmente em nossas vidas a nos encher de alento nesta perigosa empreitada contra o comunismo ateu que apossou-se do poder em nosso país?
      Contratarei algumas carpideiras para que pranteiem em frente a veja por uma semana , quem sabe o Diogo não muda de idéia ?

      Comentário por T. Melo Rego — 26 dezembro 2010 @ 03:54 | Responder

    • São os primeiros sinais do fim de uma era em que nós quatrocentões éramos copiados. “Flat mental” me apropriarei.
      No última domingo em que assistia o cosmopolitano Manhatan.com., que tem por intúito colocar à massa que tem gatonet no seu lugar, Dioguito desabafou: Esses blogueiros são uó, e os comentaristas então, ficam se achando, fazendo valer suas imundas opiniões como se jornalistas fossem São seus 15 minutos de fama….Não tem nada pra acrescentar. Valeu, Doguito.
      Só vc. excrecência.
      Eu tentei adentrar o blog do Turco Comunista de” camisa litrada e saí por aí”, aliás, eu já liguei para a redação daquela imundície e perguntei se eu poderia mandar umas camisas de grife para o tal Turco machista – ainda bem que sobrou uma qualidade-. Sabe qual foi a resposta da patuléia: “Ele não liga para isso!” Liga pra que então? Praquela mulher dark, que Não subirá a rampa.
      Tenho feito umas reza braba que aprendi no Alemão. Exu caveirinha rules!Migas, depois dou a receita en petit comitê, para que não se virem contra nós.
      Professor, caotela máxima com essas meninas do tráfico, por experiência própria lhe digo que a mesóclise vicia. Sianinha, vc. perdeu! Poderíamos ter feito o bonde, que é TÓDO!

      Comentário por vipissima — 26 dezembro 2010 @ 10:07 | Responder

    • Não poderia ser diferente, esse moço Mainardi citar como exemplo o outro rapaz que sempre chegava em segundo, sempre depois do alemão. Pois seu candidato Serra , sabe-se lá por quais razões,pois era o mais preparado, o mais bombado, o mais mais, o melhor ministro de todos os tempos, também em segundo chegou.
      Vai ver a fraude que houve nas eleições também aconteceu na fórmula 1, o alemão dava alguma coisa pro Barrichelo beber e ele chegava depois . Talvez a mesma coisa que o Mainardi tomou para escrever esse texto , não dá pra dizer que é um artigo…e o final está mais para uma tomatada geral que para um aplauso. Talvez o aplauso seja do Reinaldo Azevedo, talvez do Civita. Talvez o ruído tenha sido de um flato estalante em vez de palmas.
      Mas, com certeza, lamentaremos a partida do Dioguinho. Muitos risos a menos, menos assunto para o Grande MEstre Hariovaldo comentar.
      Cai o pano sobre a cabeça de um colonista , restam quantos mais ?
      Com certeza, agora Mainardi terá tempo para orar ajoelhado nas tampinhas de Crush e tentar se redimir por não ter conseguido “chegar lá”. De não ter derrubado o mefisto de Garanhuns, de não ter se esforçado mais para evitar o resultado das eleições. Como Barrichelo, que por chegar depois talvez nem chegue a ser lembrado na História do Automobilismo.
      Ainda resta o cilício , Mainardi. Aperte-o bem e chore lágrimas de sangue, e ore a São Serapião , pois além de ter sido derrotado, ainda caiu fora da raia, bem quando a rubra terrorista assumiu. Fugiu porque sabe que a mulher é raivosa , que seus textos poderiam levá-la a soltar fogo pelas ventas, e queimar seus cabelos e talvez outras coisas mais.
      E não esqueça que as tampinhas de Crush devem estar com as rebarbas para cima, se não a penitência não vale.

      Comentário por Roberto — 27 dezembro 2010 @ 14:56 | Responder

  31. Aguardem. Vem aí a Uncle King news:

    Quem sabe o Professor Hariovaldo não possa participar do programa fazendo uma uma parceria com o Uncle King?

    Do blog do Uncle King:

    #

    Perseus (26/12/2010 às 0:29)

    Tio Rei, você merece um programa de televisão todinho só “com a sua pessoa”, porque V. tem uma excelente presença cênica ( a televisão é implacável ao mostrar o verdadeiro caráter das pessoas) , fala muito claramente sobre os asuntos abordados, possui timing perfeito e sobretudo…
    …fica sensacional quando chega o momento de dar uma esculhambação em alguém!!!
    Tomara que algum canal lhe contrate ! Uncle King News.
    Não vai ter pra mais ninguém – e o Larry King se morderá de inveja!!!

    Comentário por Leitor da Veja — 26 dezembro 2010 @ 07:14 | Responder

  32. Manêro Fesso Hari, kikiizinha fófis, Mme Hollysmoke e demais confrades hariowaldianos, (D. Sebastião cadê o vídeo?)
    Belê? Jubilei.
    Além de me sobrar pouquíssimo tempo para chats na Internê, censuraram este espaço frequentado pela créme, e eu pensei que Mestre Hari houvesse capitulado.
    Sim, porque não se enganem, dear friends, a censura no Alemão é evidente.
    A alegria acabou, aquelas dilícias do tiro tático foram pra outras matas e deixaram por lá uns esguálidos e desvalidos soldadescos munidos de fuzil e câmeras por todos os lados. O exorcista George Orwell se materializa no Alemão. Então, chegou a hora de vipíssima arrumar as malas, a criadagem começava a cantar: é som de preto, de favelado, mas quando toca ninguém fica parado….onde já se viu? Passei um cable para meu piloto, e fui.

    Cheguei cedo, mas estava lendo todas as missivas que perdi. Gargalhei. O painel com os jornaleiros preferidos do amado Mestre está sugestivo. Eu acrescentaria a Waldvogel, que além da beleza fora do comum é saia justa como a demoiselle d’honeur Proença, a casta.
    Darlings, deixo para seu deleite dominical um vídeo que me foi entregue pelo meu amante discreto, aquela belezura do comando tático que apesar de meio embassado, o vídeo, mostra o quê aqueles xexelentos empoçados cariocas pensam dos homens bõeinssss Cabral, ó seu Cabral, Eduardo Paes, Daniel Dantas, o chfrudo ops o ex de Luma, AIKE, e vejam só que ingratidão nosso amado Tom, o Johnbim.
    Alvíssaras miss u all a lot!

    Comentário por vipissima — 26 dezembro 2010 @ 09:39 | Responder

  33. Mudando um pouco de assunto,neste época natalina por onde o anda o mui cristão,como foi mostrada na sua malograda campanha para a Presidência,José Serra!
    Está em algum retiro espiritual?
    Está em algum monastério?
    Está servindo uma ceia de Natal para os sem teto?
    Está em alguma Igreja?

    Comentário por Tiago Silva — 26 dezembro 2010 @ 09:55 | Responder

  34. Caro Professor e Colegas Confrades!

    Mais um ano desse Papiro Eletrônico, dessa cachacinha, desse cigarrinho de folhas de xuxu desidratado, desse cafezinho diário que ninguém dispensa. Sim, esse blog virou um vício. Parabéns Professor e todos que aqui comentam, cada um melhor que o outro! Feliz Natal a todos e Belíssimo Ano Novo combatendo “ptralhas”!

    Essas fotos em homenagem ao apedeuta vem bem a calhar nesse final de ano, Professor! Sentiremos falta do Presidente, de seu humor, de sua sagacidade, de sua capacidade de comunicação, bem de tudo!

    Comentário por Irmão Petralha 176-671 — 26 dezembro 2010 @ 11:30 | Responder

  35. Eu de novo . Esqueci de contar-lhes a ENÓRME novidade, que meus antenados primos e confrades, já devem ter lido através da nossa imprensa predileta: O cinema 3D no Alemão.
    Agora sim, beleza mermão! Todos segregados, como diz o bobo online: Os favelados da comunidade não precisam mais ir até a zona sul…” ou frequentar os shoppings, estamos salvos da gentalha…
    Excelente idéia. Brilhante. Só poderia sair de cabeças pensantes como do Seu Cabral e do demojênio Eduardo Paz. Agora os favelados poderão assistir filmes como avatarES III, demolidor do futuro V, os filhos de Francisco, Capitão Nascimento, homem bom, e todas as bobag da decadente indústria jaboriana e holiudiana, epa epa, vipíssima transtornada com a gandaia na comunidade.
    3 bilhões, eu vou repetir treis bilhões, se não me enganaram.
    Fazer um hospital de ponta na comunidade, pra quê? Pra dar emprego pros futuros médicos que estão se formando pelo Prouni? E uma creche, vizinha ao hospital, para que as mães faveladas possam trabalhar em paz, nas casas dos cheirosos da classe média?
    Ou então como pediu aquele menino favelado pro Seu Cabral: Uma quadra de tênis, Dr.? Onde já se viu, póbre jogando tênis?
    Daqui a pouco vão querer jogar Pólo, vão invadir Helvécia, onde tenho um chatô d’hiver tupiniquim. Muito útil, agora que os aeroportos não estão mais funcionando. Airports in Brazil, fail!
    NOT. Bom mesmo é um cinema de ponta. Eu sei que ponta boa é essa.
    Voltei da comunidade confusa. Acho que precisarei de Hollysmoke e cilícios do chuchu para voltar a ser realmente uma Tudor!
    A tout a l’heure!
    P.S.: a melhor das novidades: PHA está realmente enxergando a verdade, viu Je$UI$ e está virando um homem bom. Alvíssaras!

    Comentário por vipissima — 26 dezembro 2010 @ 11:56 | Responder

  36. Garanhudo Mestre
    Seu exemplo está sendo seguido, aos 84 anos, Hugh Hefner, dono da Playboy vai se casar de novo, dessa vez com a coelhinha Crystal Harris, de 24 anos. Que S]ao Serapião proteja os pombinhos e haja hóstias azuis para dar conta do recado.

    Comentário por Opus Dei — 26 dezembro 2010 @ 15:17 | Responder

    • Esse rapaz é muito apegado aos valores da família e ao casamento. Vendo este belo exemplo já penso em contrair nupcias novamente.

      Comentário por Hariovaldo — 26 dezembro 2010 @ 16:26 | Responder

    • Com certeza, casar é tão bom, que eu mesmo já casei várias vezes.

      Comentário por Roberto — 27 dezembro 2010 @ 14:59 | Responder

  37. Caro Professor, sou voluntário para render-lhe nos primeiros quinze dias de janeiro,
    me envie as desvalidas moçoilas, que farei o sacrifício de ensinar-lhes a continuar o caminho do bem, apenas lamento que a minha esposa não possa estar junto, pois foi pro interior da Parahyba, passar as longas férias de verão…

    Comentário por notivagal emotions — 27 dezembro 2010 @ 09:31 | Responder

  38. Alvíssaaaarííísssiiimaaaaas !

    Comentário por wagner paulista de souza — 28 dezembro 2010 @ 08:16 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: