Professor Hariovaldo Almeida Prado

11 junho 2011

Dia dos namorados: A poesia que eu fiz para Dilma

Filed under: Relatos Pessoais — Hariovaldo @ 06:12
Tags: , , ,

Fleur bleu

Na vida há veredas pelas quais passamos que vez ou outra nos retorna à mente nos momentos de solidão, quando tarde da noite, sentados em frente a lareira recordamos dos tempos idos e das muitas emoções que o passar inexorável dos anos não trazem mais. Lembrei-me agora de um segredo que trago comigo guardado a sete chaves, dos gestos de um professor enamorado por uma jovem aluna em sala de aula, que sonhou em salvá-la do marxismo, tirando-a daquela vida do comunismo estudantil, dando-lhe um lar, uma casa para cuidar e muitos filhos para amar, um futuro decente, longe da subversão e do esquerdismo enganador. E se revelo este segredo agora, é porque o tempo é senhor de todas as paixões e apaga todas as vaidades, e alí, num frio banco de uma faculdade, não pude salvá-la do marxismo ateu e de uma vida sem futuro, mas ainda guardo o rascunho de uma poesia que escrevi-lhe no verso de uma de suas provas:

Doce Dilma

Dantes, dias duravam demais
Depois deixei de dormir
Dedicando-lhe desejos dourados
Duplamente densos, deliciosos!

Diga-me, doce donzela
Diga-me dizeres delicados
Deixando-me desejoso

Dê-me do doce,
Deixe-me doidão
Dominando-me durante dias

Depois direi:
Dilma, demais!!!

                           Professor Hariovaldo Almeida Prado

Anúncios

78 Comentários »

  1. tio hari, o “doidão” apaixonado.
    uma homenagem a esse amor ido e não correspondido:

    Comentário por emerson57 — 11 junho 2011 @ 07:06 | Responder

  2. Fernandopessoano e Cruzesouseano Mestre,

    Com todo respeito, ao ler vosso admirável poema, compreendi as razões de vosso insucesso no caso.

    Que São Serapião vos aproxime de Euterpe, Calíope e Erato.

    Comentário por Edemar Motta — 11 junho 2011 @ 07:13 | Responder

  3. Nao va na conversa dele nao D.Dilma! Conheco o tipo,”Cobra Criada”.

    Comentário por Maria Angelica do Rosario — 11 junho 2011 @ 07:29 | Responder

  4. Nem tenho palavras para descrever meus sentimentos em relação a tal “poesia”. Digna de um garoto de 10 anos apaixonado por uma colega ou, quiçá, pela professora. É de uma “ternura” comovente. Que diria Gonçalves de Magalhães, Gonçalves Dias, Alvares de Azevedo, Castro Alves, Casimiro de Abreu e outros diante da perpetração desses “versos” ? Valha-me Santa Irmã Dulce!!! Ninguém merece.

    Comentário por Luladilmistarretado — 11 junho 2011 @ 07:29 | Responder

  5. Incorrespondido Mestre Hari,

    Tenha comPaixão
    A Rúbila, não!

    Falando ainda mais sério, morri demais com sua poesia. Que pegada de Mestre.
    Assim sendo, faço minha as palavras do superb, magnificent Supertramp, para fundo musical do seu momentum veritatis.
    E, me perdoem os losers que não falam nossa língua mais querida, vão pro google translation, mas CAOTELA MÁXIMA. São uns comunistas, depravados, mas a Rúbila, seu grande amor não era/ainda é, assim?

    Obrigada, e volltarei pois tenho direito de resposta pois que:.( Magoei.

    Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 08:02 | Responder

  6. Mestre harí , o apaixonado .
    Que história é essa de “dê-me o doce , deixe-me doidão” ?
    Por acaso a época dessa paixão arrebatadora o senhor tomou LSD ? Ou fumou capim santo para curar sua dor de cotovelo .

    Comentário por T. Melo Rego — 11 junho 2011 @ 08:16 | Responder

    • Caríssimo T. Melo Rego,
      Eu sei que doce que é. Não vou colocar nem o link, porque o Mestre anda com complexo persecutórius agudus.
      Naturalmente quando ele acordar, iria me deletar. E eu magoo, babe.

      Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 12:36 | Responder

      • Nobilissima Vip .
        Essa coisa de “delírius persecutórius” , é coisa de Nóia e de comunista . Nosso mestre sofre mesmo é de dor de “cutuvelus aguda ” , para curar esse mal só mesmo ouvindo Reginaldo Rossi !
        É claro que tal coisa só deve acontecer em uma mesa do Fazano e regada a Chivas .

        Comentário por T. Melo Rego — 11 junho 2011 @ 20:30

      • Nobre Conviva T. Melo (seu) Rego,

        Encotrei uma música de seu “ídalo” RR, traga seu whiskão e curta numa “nice” (numa boa).

        Acho q vc gostaria de dedicar esta música a todas mulheres boas de bmw do site, então, vou me adiantar:

        MULHERADA, DO T. MELO PARA TODAS VCS QUE AINDA DÃO UM BOM CALDO!

        obs.: mulheres, qquer dúvida, suspiro, arrepio, um calor q sobe e desce, sensações indescritíveis e inexplicáveis após ouvir esse clip, falem com o T. Melo… não tenho nada com isso… apenas fui o DJ (disc jockey)… melhor dizendo VJ (video jockey)… tô fora!!! rsrs

        Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 11 junho 2011 @ 23:16

  7. Seu Hariovaldo,
    Desconfio que sua poesia foi feita em parceria com o Falcão:

    Comentário por Asclepíades Maria de Jesus — 11 junho 2011 @ 08:51 | Responder

    • Sumiu?
      Falcão é mais um agente infiltrado lá das highlands. Na realidade ele é arquiteto e comunista.

      Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 12:33 | Responder

  8. Liricíssimo Professor Hariovaldo Almeida Prado,

    Minha tia Carmela ficou muito comovida com sua poesia e pediu que eu escrevesse dizendo que é uma das coisas mais lindas que ela já leu.

    Minha tia Carmela também pediu que eu lhe contasse que ela vai escrever uma carta para a Academia Brasileira de Letras, dizendo que quem devia estar lá era o senhor, não o Merdoval Pedreira.

    Comentário por Tia Carmela — 11 junho 2011 @ 08:58 | Responder

    • Falou com muita propriedade, as usual.
      Ósculos.

      Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 12:37 | Responder

    • Apoiado sobrinho da Tia mais sabida da Móoca .
      Onde já se viu galardear o discípulo em lugar do Mestre Hari ? Só mesmo neste bananal chamado Brazil . E quem será o próximo imortal , talvez o nanico PHA , ou o turco comunista Nassif , O comunista de pijamas ( Aposentado Invocado ) ou quem sabe até o petelho do Eduardo Guimarães .
      Esta academia só deveria admitir pessoas da estatura da Mirian Urubóloga Leitão ou Reinaldinho Doscorgos Bem azedo , nada mais que isso , além é claro do mestre supremo da massa cheirosa , nosso bom Chirico Çerra .

      Comentário por T. Melo Rego — 11 junho 2011 @ 20:39 | Responder

    • merdoval pedreira uma ova!!! seja AUTÊNTICO,É MERDA PORQUEIRA…ABAIXO ESTA abl.

      Comentário por mussaadolf — 11 junho 2011 @ 20:44 | Responder

  9. Shakesperiano Mestre Hari,
    Seu poema deixou-me com os olhos marejados pelas lágrimas, pela sinceridade, pelo amor, pelo Tesã… (ops), pela amaldiçolente comunarubrascartebolchevique dama, que além de usurpar o trono de nosso grão-minduim-mestre Serra, agora deseja roubar o coração de nosso tão apaixondo Mestre. Vamos a luta irmãos, oremos e cobremos o dizimo!!!

    Comentário por Dom Tião, O Bão — 11 junho 2011 @ 09:10 | Responder

  10. Nobres confrades
    Urge que contatemos urgentemente com urgência urgentíssima
    a sacerdotisa Mare Hollysmoke.

    Vejam bem o “pedido” do mestre: “Dê-me do doce, Deixe-me doidão”
    Acho que ele se refere ao LSD.

    Outra referencia pode ser encontrada no texto: “enamorado por uma jovem aluna em sala de aula, que sonhou em salvá-la do marxismo”. Salvar a bulgra do Marxismo?? Acho que o professa não estava enamorado não, ele estava é doidão mesmo.

    Comentário por Cachorrinho pulguento — 11 junho 2011 @ 09:11 | Responder

    • Que cachorrinho esperto. yuki?

      Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 12:43 | Responder

      • YUKE!!
        Que quié isso cãopanheiro? Cadê as boas maneiras menino?
        Com uma treinadora destas, eu obedeceria na primeira vez…
        Senta, deita, rola… Com ela naturalmente…

        Comentário por Cachorrinho pulguento — 11 junho 2011 @ 17:40

      • Dona Vipissima .
        Eu não pulo , não mordo as coisas e nem faço xixi em qualquer lugar , apenas babo . Más com uma adestradora como essa me ensinando , sou capaz de abandonar a miltância , renegar o partido da estrela vermelha e acreditar que o PIG é isento e imparcial .Sou até capaz de jurar que o Çerra é um politico honesto e que a bolinha de papel pesava mesmo dois quilos e meio como disse o Indio Merendinha .

        Comentário por Preto Pobre Petista — 12 junho 2011 @ 04:25

    • Nobre Vip,

      onde descobriste este vídeo erótico-pedagógico-canino? essa é a famosa kikinha?

      assim nosso companheiro pulguento aqui do blog vai ficar olhando e babando na instrutora e não vai aprende nada.

      pensando bem, se o cão não se comportar bem, posso dublá-lo, a se manter a treinadora… a pensar… (rsrs)

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 11 junho 2011 @ 20:22 | Responder

  11. Que decepção pensei que tivesses um amor platônico pelo FHC e um não correspondido pelo Serra. Prof Hariovaldo, francamente cair nos braços do sapo barbudo
    nos dias dos namorados é demais

    Comentário por Renato Arthur — 11 junho 2011 @ 09:21 | Responder

    • Mestre Hari é espada, e não mereces o nome do Rei Arthur.
      Viu, mestre. Eu te defendo. Vc. me deleta.

      Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 13:17 | Responder

  12. Vejam, esse negócio de amor platônico por fhc e amor não correspondido pelo serrote, para mim é pura viadagem, não se tem outra explicação.

    Comentário por Sirhan Bischara Laden da Silva — 11 junho 2011 @ 09:37 | Responder

  13. Brilhante, lirico e romantigo Professor. Percebi sua sublime intenção ao dar seu primeiro passo para a conquista de cadeira ao lado de Mervais, Sarneys e outros ícones cultos de nossas letras.
    Creio que deveríamos fazer urgente campanha para a indicação do insígne varão Hariovaldo para nossa Academia.
    Não, nem é necessário que esperemos alguma’vaga’, temos em nossos cúmpli… digo, fiéis correligionários que estão prontos para abrirem não apenas uma, mas quantas ‘vagas’ se tornarem necessárias para a realização desta empreitada. (falando nisto poderemos pedir auxílio $$$ dos empreiteiros e/ou talvez do nonoononono recentemente liberto de más influências

    Alea Jacta Est

    Alvíssaras

    Sir Ob@

    Comentário por Sir Ob@ — 11 junho 2011 @ 09:39 | Responder

  14. Da pouco vergonha do seu verso, profi Hari, não vou comentar.
    Afinal dias sem o cobertor de orelha explicam o seu soluçar.

    Homens que quiserem mulheres inteligentes conquistar
    Não façam como professor, afinal já mostrou que não é doutor.

    Rosa azul para quê? Mulheres não gostam disso não.
    Vermelho sim é cor da paixão.

    A tal da lareira isso sim só no sul para acontecer
    Aqui em Brasilia se alguém madeira quiser queimar

    Será confundindo com dono de boca de fumo
    e chumbo receberá.

    Comentário por Ana Cruzzeli — 11 junho 2011 @ 09:55 | Responder

    • Petelhinha de Negro Coração

      A corrigir as incongurências em seu manifesto pueril, afirmo que as petelhas não possuem o discernimento de compreender o amor da forma cavalheiresca, a rosa em azul representa o amor não correspondido,e o debacle da amada no poço sem fim da devassidão, se fosse branca representaria o amor virtuoso, destinado a concepção, a união entre os puros de alma e de corpo, onde a femea regozija-se em cumprir a função a qual destinada o foi: reproduzir a espécie e proporcionar o deleite de seu homem, em todas as suas atitudes.

      A rosa rubra, que dizeis a da paixão, é tipica para as petelhas e seus machos subordinados, paixão é caracteristica animalesca, refere-se a quando os comunistas se entregam a suas orgias, que comandadas pelas femeas furiosas, apenas se deleitam nos gozares impudicos, a rolarem pelos chãos como bestas no cio, e chamam a isto de “amor”, profanam o sentimento, negam a retidão e a decencia, oram a Onan, reduzem-se a comuno-meretrizes, utilizando de seus atributos fisicos, para seduzirem os fracos de espirito, para suas pérrfidas e deletérias ideologias pagãs.

      Comentário por Aurelio Monte y Vaz — 11 junho 2011 @ 18:31 | Responder

  15. MESTRE HARIOVALDO PARA A ACADEMIA JÁ… UMA NOVA CADEIRA DA QUAL (NO FUTURO) SERÁ O PATRONO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Comentário por mineirimdibeagá, obão e dibenziroyces — 11 junho 2011 @ 11:21 | Responder

  16. Mestre Hari,
    Precisamos avisar Soninha.
    Um ciclista em NY, foi multado em 50 dólares por estar atravessando fora da faixa. Como o irmão dele é cineasta- golpista- filmou o irmão para provar que…. bem vejam o video. Hilário.

    Comentário por mme. vipissima — 11 junho 2011 @ 13:05 | Responder

    • Não apenas Soninha. A Marina também. Já!

      Comentário por fontinatti — 11 junho 2011 @ 18:52 | Responder

    • Bem feito prá ele , quem manda ser pobre em uma terra de gente rica e de alva tez ! Se ele estivesse trafegando de limousine ou helicoptero nada disso teria acontecido .

      Comentário por T. Melo Rego — 12 junho 2011 @ 04:37 | Responder

  17. Apaixonadissimo Mestre,

    Sei o que sentes e só posso dizer: “O AMOR É LINDO, DIZIA MEU PRIMO ARLINDO”

    Comentário por Mariana Martins — 11 junho 2011 @ 15:48 | Responder

  18. legal, muito boa e oportuna a postagem para o dia dos namorados. parabéns!

    Comentário por Futebol Ao Vivo — 11 junho 2011 @ 16:04 | Responder

  19. Ops! Wrong way, guys!

    As Sagradas Fumaças das Folhas Desidratadas de Chuchu informam:

    Para docinhos e doideiras, por gentileza, dirijam-se à bruxa de João e Maria ou ao “Mr Tambourine Man” by B.Dylan.

    The Holy Smoke só oferece Dorothy Parker:

    A single flow’r he sent me, since we met.
    All tenderly his messenger he chose;
    Deep-hearted, pure, with scented dew still wet–
    One perfect rose.

    I knew the language of the floweret;
    “My fragile leaves,” it said, “his heart enclose.”
    Love long has taken for his amulet
    One perfect rose.

    Why is it no one ever sent me yet
    One perfect limousine, do you suppose?
    Ah no, it’s always just my luck to get
    One perfect rose.

    (Titia está viajando, senão poderia fornecer uns cookies de folha de chuchu ou umas rapabrandinhas.)

    May the goddess bless you.

    Comentário por Mare Hollysmoke — 11 junho 2011 @ 16:14 | Responder

    • Nobilissima Mary Nelbina de chuchu Desidratado .
      Respoderei a seu comentário apenas por educação , pois meu criado tradutor está de férias ( Foi a Miami com a namorada , maldita classe C ) , e eu não sei usar este bréguinaite chamado Google translate .
      Mesmo assim obrigado pelo gancho .

      Comentário por T. Melo Rego — 11 junho 2011 @ 20:48 | Responder

      • Papai está certo (de novo!). Eis que perdi o senso da cordialidade e a empatia esvaiu-se desde que… deixa prá lá!

        Como traduzir uma poesia? Há tanto nas entrelinhas e eu nem poeta sou. Sem traduzí-la literalmente, vamos a uma versão que se aproxima da idéia principal :

        Uma rosa perfeita

        Dele só ganhei até hoje uma flor
        E tão terna, com um coração à espreita
        Pura, púrpura, tendo do orvalho o odor
        Uma rosa perfeita.

        Já conheço a linguagem do buquê
        “Nestas frágeis folhas, meu coração se estreita”
        E imagino perfeitamente em quê:
        Numa rosa perfeita.

        Por que é que nunca me dão
        uma limusine perfeita, acaso você suspeita?
        Ah, não, o meu destino é ganhar sempre
        Uma rosa perfeita.

        Sinceras desculpas.

        Comentário por Mare Hollysmoke — 12 junho 2011 @ 00:02

    • Mare, Mare,

      sempre falando torto pelo fumofoliar certo, não?
      pois fique sabendo que fumofoliares tortos invocam palavras certas, e assim sucessivamente…

      well, feitas as apresentações nonsense de sempre, pq brindou-nos com um poema da língua nativas dos irmãos bons do north?
      vou mandar um beatiful poem pra vc tbém: “Roses are Red, Violets are blue, Some poems rhyme, this one doesn’t”.

      nosso amigo T. Melo Rego (dele) ficou numa dúvida atróz… como saber o significado de seu poeminha…

      Nobre colega T. siga o link, e acho q terá uma idéia do q se trata
      (em caso d dúvida, pergunte à Mare.. já q ela colou aí, q cuide da criança… rsrs)
      http://translate.google.com.br/translate?js=n&prev=_t&hl=pt-BR&ie=UTF-8&layout=2&eotf=1&sl=en&tl=pt&u=http%3A%2F%2Fwww.wittyprofiles.com%2Fq%2F884144

      (as palavras contraidas (flow’r) e compostas (Deep-hearted) não sairão na tradução)

      why no way? o professor nos brinda com um poema e uma foto da escola Nonsensioniana, qual o motivo da recusa?
      mulheres de bom gosto não gostam de rosas azuis e poemas não poéticos?

      obrigado pela bênção, mas why?
      e quem falou q eu quero saber da sua tia?
      cada uma… ;-P

      de resto, pq não ser mais prolixa e menos anglicista nos textículos aos homens bons monolinguistas?
      (monolinguista, mas habilidosa… rsrs)

      a red rose with a beautiful music, specially dedicated to Mare!

      ¡Hasta la vista, baby!

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 11 junho 2011 @ 22:41 | Responder

      • Don Rodrigon, assim o senhor me faz chorar!

        Linda música… creio que me trará boníssimos sonhos…

        PS:Talvez mulheres vermelhas não gostem muito de rosas azuis (nem amarelas).

        Comentário por Mare Hollysmoke — 12 junho 2011 @ 00:15

    • Prezada Conviva Mare,

      ki mané papai? ixprica!

      (em tempo: a música e a foto da rosa eram muito boas, mas aquela palavrinha adicionada na foto e depois a foto dos dois “pombinhos” deu um ar ligeiramente “brega” ao vídeo… d qquer modo, foi uma alternativa à rosa azul e o poema(?) do mestre Hari, pois percebi q vc não tinha gostado… espero tbém q o compadre T. Melo tenha gostado do vídeo do Reginaldo Rossi q arrumei pra ele)

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 12 junho 2011 @ 11:35 | Responder

      • Nobre senhor Rodrigon:

        Papai, cujo nome não é Manoel, disse-me exatamente isto: ”Mare, perdeste o senso!” – como se eu estivesse a ouvir estrelas. Tão somente por causa de uns out doorsinhos que coloquei aqui e ali, uns pôsteres lá e cá, uns recortezinhos de jornais e revistas, uma coleçãozinha de livros, um altarzinho de nada num cantinho discreto… com a imagem dELA!
        Ele disse mais algumas coisa, mas não prestei atenção – penso ter ouvido as palavras lobotomia e chuchu-serra,
        Árduos são os caminhos da deusa….

        Comentário por Mare Hollysmoke — 12 junho 2011 @ 19:06

  20. Caro e apreciadíssimo Mestre, por quem sois? Está desperdiçando seu enorme talento com essa vermelha que não terá como lhe resistir, se alguém pode salvá-la do comunismo ateu, esse alguém é o senhor. Certeza tenho, absoluta que se ela conhecer o Santo Padroeiro dos Homens bons, ela se tornará mais uma fiel seguidora dos vossos ensinamentos .

    Regozijai, homens bons do Brasil, com certeza nosso mestre ganhará a flor vermelha do usurpador barbudo, e a tornará mais uma mulher boa a seguir nosso santo padroeiro.

    Abraços

    José Carlos de Albuquerque Bandeira de Mello e Ortiz

    Comentário por jota163 — 11 junho 2011 @ 16:15 | Responder

  21. Mestre Hariovaldo,

    Seu mavioso soneto, manifestação inconteste de um apaixonado bardo adolescente, não tocou poeticamente o negro coração da já propensa a devassidão, a doce mineirinha de aneladas madeixas, castanhos olhos a prometerem castidade, alva pele bronzeada pelo sol das geraes, educação religiosa, voz a transcender o cantar das cotovias, mãos prontas a acariciar um varão e a desejar um anel de compromisso , futura aliança de santo casamento –

    MAS, a proto-megera declinou do caminho da retidão e da decencia quando negou seu cortejar cavalheiresco, pois as madeixas se alisaram, os castanhos olhos já prenunciavam a Fúria que se tornaria, a alva pele desejava a camuflagem do terrorismo, a educação religiosa foi substituida pelos ditames do infame comunismo, a voz de cotovia passou a trinar os acordes da Internacional, as mãos que o acarinharam tornaram-se o eito de duas pistolas .45, a aliança foi feita, não com a familia cristã, mas sim com o ateismo, o terrorismo, o marxismo.

    Portanto não devemos ter compaixão com a terrorista bulgara, esta usurpadora teve a chance de sua vida, quando a este presente de DEUS ela refugou, comprometeu-se com o femino-comunismo, tornou-se uma das amazonas de Lesbos, uma indomita furiosa a renegar sua condição feminina, a querer o poder, verdadeira incubus satanicus se tornou, que São Serapião em sua bondade infinita tenha pena de sua alma negra, que celeremente trilha a caminho do inferno.

    Comentário por Aurelio Monte y Vaz — 11 junho 2011 @ 18:02 | Responder

  22. puxa vida; que romântico!
    sem tergiversação, bem ao gosto de Dilma.
    demais!!!!!!!!

    Comentário por monica — 11 junho 2011 @ 18:03 | Responder

  23. Vejo que o consumo do absinto em proporções industriais espalhou-se neste sítio desde seu mentor até o (a) mais relés comentarista.
    Digo-lhes porque qui-lo e por ser real.

    Comentário por J. Quadros — 11 junho 2011 @ 19:27 | Responder

  24. Só mesmo o dia dos namorados para fazer com que tenhamos três postagens distintas em dois dias… Bem sei o que faz a um coração curtido em anos as paixões em sala de aula… O problema é acompanharmos todo esse furor pela menina-búlgara na Faculdade. Fico imaginando se ela usava meia soquete e rabo-de-cavalo, além daqaueles óculos de intelectual… Será? Ah, saudades do meu tempo…

    Comentário por Comendador Phyntias — 11 junho 2011 @ 19:51 | Responder

  25. Só mesmo o dia dos namorados para fazer com que tenhamos três postagens distintas em dois dias… Bem sei o que faz a um coração curtido em anos as paixões em sala de aula… O problema é acompanharmos todo esse furor pela menina-búlgara na Faculdade. Fico imaginando se ela usava meia soquete e rabo-de-cavalo, além daqueles óculos de intelectual… Será? Ah, saudades do meu tempo…

    Comentário por Comendador Phyntias — 11 junho 2011 @ 19:51 | Responder

  26. Suspiroso Mestre
    Um tango para apascentar essa nostalgia…

    Comentário por Von Kasca — 11 junho 2011 @ 20:05 | Responder

    • Nobre Conviva Von Kasca,

      esse tango, apesar de bem interpretado, me inspirou a mais sugestões…

      sugiro-lhe (e não é jáponês) um tango contando com uma apresentação performática do Mestre Hari (pela semelhança física, é o interprete da esquerda), em homenagem ao amor incondicional (e inspirou o roteiro de Ghost… rsrs),

      não satisfeito com a performace acima, o mestre Hari nos proporciona um moderno espetáculo de dança para arrbatar qquer coração de mulheres sensíveis e românticas… onde vai, o mestre Hari Valentino é o destaque…

      Von Kaska, espero q tenha apreciado as sugestões.

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 11 junho 2011 @ 21:08 | Responder

    • Nobre Don Rodrigon

      Deveras! Não existe tango ruim. Este então com o inexpungável Hari Valentino … me fez arrepiar, chaguei mesmo a sentir um perfume de mulher.
      Tive uma insopitável ânsia de gritar : ” ALGUEM ME BEIJE!”

      Comentário por Von Kasca — 11 junho 2011 @ 22:00 | Responder

  27. CassimirodeAbreusiano Mestre Hary,

    Esqueça a bulgara, comunista……mestre hoje Vossa Altissima deveria estar entoando:

    Oh. que saudades que tenho
    Da aurora da minha vida
    Da minha infancia querida
    Que os anos não trazem mais
    Que amor, que sonhos, que flores
    Naquelas tardes fagueiras
    Á sombra das bananeiras
    Debaixo dos laranjais….

    Como são belos os dias
    Do despontar da existencia
    Respira a alma a inocencia
    Como perfumes a flor
    O mar – é lago sereno
    O céu – um manto azulado
    O mundo um sonho dourado
    A vida um hino de amor

    Comentário por zelulinha — 11 junho 2011 @ 20:56 | Responder

    • Companheiro Zé .
      Obrigado por trazer até este sitio cibernético cheio de carolas e beatas esta flor do cancioneiro nacional . Por que ler poemas estrangeiros , se nossa douta lingua , rica de idiotismos e outros ismos nos proporciona tão belos libélos de amor ?

      Comentário por Preto Pobre Petista — 12 junho 2011 @ 04:48 | Responder

      • Resposta para seu questionamento: para conhecer o que escrevem os poetas estrangeiros.
        Salvo melhor juízo, uma coisa (ler poetas estrangeiros) não exclui outra (conhecer os poetas nacionais ou lusófonos).

        “Bendita seja a mãe que te gerou!
        Bendito o leite que te fez crescer!
        Bendito o berço aonde te embalou
        A tua ama pra te adormecer!

        Bendito seja o brilho do luar
        Da noite em que nasceste tão suave,
        Que deu essa candura ao teu olhar
        E à tua voz esse gorjeio d’ave!

        Benditos sejam todos que te amarem!
        Os que em volta de ti ajoelharem
        Numa grande paixão, fervente, louca!

        E se mais, que eu, um dia te quiser
        Alguém, bendita seja essa mulher!
        Bendito seja o beijo dessa boca!”

        (Oração de Joelhos – Florbela Espanca)

        Aanta torre de babel!

        Comentário por Mare Hollysmoke — 12 junho 2011 @ 18:44

  28. Como é dia dos namorados , deixo aqui minha contribuição ao apaixonados e aqueles que sofrem de dores nos cotovelos . Eia amigos não chorem , se estai só agóra , amanha podes estar acompanhado , pois como diz o ditado : “para um pé doente , sempre há um chinelo velho” .
    No alto daquela serra
    Semeei uma roseira
    O mato no Cume arde
    A rosa no Cume cheira

    Quando cai a chuva grossa
    A água o Cume desce
    O orvalho no Cume brilha
    O mato no Cume cresce

    Mas logo que a chuva cessa
    Ao Cume volta alegria
    Pois volta a brilhar depressa
    O sol que no Cume ardia

    E quando chega o Verão
    E tudo no Cume seca
    O vento o Cume limpa
    E o Cume fica careca

    Ao subir a linda serra
    Vê-se o Cume aparecendo
    Mas começando a descer
    O Cume se vai escondendo

    Quando cai a chuva fria
    Salpicos no Cume caiem
    Abelhas no Cume picam
    Lagartos do Cume saiem

    À hora crepuscular
    Tudo no Cume escurece
    Pirilampos no Cume brilham
    E a lua no Cume aparece

    E quando vem o Inverno
    A neve no Cume cai
    O Cume fica tapado
    E ao Cume ninguém vai

    Mas a tristeza se acaba
    E de novo vem o Verão
    O gelo do Cume cai
    E todos ao Cume vão

    (autor desconhecido)

    Comentário por Preto Pobre Petista — 12 junho 2011 @ 04:58 | Responder

  29. Estimado Prof. Hari

    Bem conheço as peças que o coração impõe àqueles saudosos dos idos tempos, tempos onde somente ele, coração, era o doutor dos sentimentos e orgão maior no comando das emoções e impulsos carnais.

    Hoje, outros são os tempos e as lembranças cobram demais daquilo que não mais podemos e não mais queremos. Sobra-nos apenas as lembranças daqueles tempos; sobram-nos as músicas que nos embalaram e, evidentemente um pouquinho de ânimo..

    Minha modesta contribuição para, uma vez mais, ocupar seus momentos de solidão…

    Saudações

    Comentário por De Vaneio — 12 junho 2011 @ 09:21 | Responder

  30. DOTADO mestre ( do dom divino de dizer doideiras…Tavam pensando o que?)

    Melhor trocar isso aí, né?

    Voilà, pois:

    Ditirmabíssimo Mestre!

    Deixa-me doarte declarações de Dilma ditas durante ditosos dias de discípula do douto docente.

    “Doces dias de donzela
    desejo deixar de durarem ( “Epa, dedurarem,não! Corta isso, Viúva!” “Quéisso, Dilma,
    Doravante dons docentes ghost não se discute!”)
    deixarei me desbravarem

    Comentário por Viúva sem Consolo — 12 junho 2011 @ 10:57 | Responder

  31. Inconsolável Mestre Hari,
    Acho que pegaste leve com a Rúbila, ela já teve emoções mais fortes….ummmmm sugiro mui modestamente, para um dia tão valentine:*

    Comentário por mme. vipissima — 12 junho 2011 @ 11:02 | Responder

    • Hairprado, melhores comentaristas ( profissionais), maiores pegadores (sendo que os homens bons precisam das pílulas azues e as boas don’t, ops, doesn’t – que eu saiba os homens bons do north cultivam a norma culta.

      Mas voltando mascarado bolchevique, fiquei com tanto medo – e já que ele diz que é pra não ter medo – eu lhe disse: Take off the mask !
      E, não é que ele tirou! Vejam com seus próprios olhos como ele é feio, mau e bobão:(

      Comentário por mme. vipissima — 12 junho 2011 @ 13:43 | Responder

  32. Desmisturando o dito de cima

    Doces dia de donzela
    desejo deixar de durarem
    doravante dons docentes
    deixarei me desbravarem

    “Epa Dedurarem não! Corta isso, Viúva!”
    “Qúé isso, Dilma! Ghost não se discute!”

    Comentário por Viúva sem Consolo — 12 junho 2011 @ 11:04 | Responder

    • Nobre Viúva sem Consolo,

      não fica dando bandeira com um nick desse, q o PPP (Preto Pobre Petista) consola até buraco de fechadura…

      well, d qquer maneira, boa sorte nos consolos, pobre Viúva.

      Alvíssaras!!!

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 12 junho 2011 @ 11:42 | Responder

      • Ah! meu compadecido amigo! Não ousaria pensar em tanto! Do jeito que choro e lamento, até um humilde lencinho já ajudaria…

        Comentário por Viúva sem Consolo — 12 junho 2011 @ 13:02

      • Nobre companheiro Dom Rodrigom .
        Que estória é essa de consolar buraco de fechadura ? Não estou tão a perigo assim , posso até pegar a presidenta , a mulher do vice e a ministra da Casa civil e é claro a Manuela D’avila e a Luciana Genro . E vez por outra uma cabra ou uma égua barranqueira .

        Comentário por Preto Pobre Petista — 13 junho 2011 @ 04:17

  33. Peço desculpas por erros gráficos. A Olivetti virtual que virtualmente empresto do Comendador Phyntias realmente prega peças!

    Comentário por Viúva sem Consolo — 12 junho 2011 @ 11:40 | Responder

    • Minha cara Viuva que só está sem consolo por assim o desejar! Este nosso sacrossanto lugar de desabafos deixou-me muito a desejar nestes últimos três dias. Até poesia para a Usurpadora o Mestre deixou-nos conhecer. Os comentários parecem mais “Classe Média Sofre” do que os costumeiros da nossa gente diferenciada. Tem até gente falando em Valentine´s Day…. Socorra-nos Santo Escrivá (pra dar um chega pra lá de vez na matéria sobre cilícios ontem no Domingão daquele Fustinho do PHA na Record)….

      Comentário por Comendador Phyntias — 13 junho 2011 @ 09:50 | Responder

  34. Tudo começou quando eu era ainda jovem e mais loira.E ao usar pela primeira vez a Olivetti virtual dele, vi a tecla delete. Não conhecia a palavra e pensei” Tá faltando letra aí! Tá faltando um i! Deve ser guia de manutenção! É dê leite, com certeza!! Aí eu pinguei vinte gotinhas…

    Comentário por Viúva sem Consolo — 12 junho 2011 @ 12:21 | Responder

  35. Mestre Hariovaldo,

    Incumbi o Monge Galhardo, superior do monastério de São Augusto Pinochet y Beato Erasmo Dias, para hoje, a meia-noite, uma celebração santa em homenagem a vossa excelsa figura, pois demonstrastes através deste soneto apaixonado, que sua antevisão do futuro era correta, pois proporcionastes a Terrorista Bulgara uma chance para a perpétua salvação de sua alma, e ela já participe da degeneração do comunismo, já pretensa inimiga da familia cristã, declinou da paixão que um anjo do Senhor colocou a sua escolha, preferiu a devassidão.

    Ao portar-se como insigne cavalheiro, oferecendo a mão divina a uma biltre devassa, vossa excelencia mostrou a todos os varões da Pátria, a sintese do que significa ser um Homem Bom – procurar sempre a fazer o bem, não importando a quem – V.Exa. procurou, perseverou a salva-la, mas ela renegou o caminho do bem, preferiu a estrada torta e sinuosa do MAL, “bendictus” sejas Prof. Hariovaldo, enfrentastes de frente o demonio de saias e ileso, ilibado continuou, não foi seduzido pela medusa das geraes, não sucumbiu a volupia ou a indecencia, tornou-se melhor, casto,probo e condecorado com o galhardão dos grandes da Nação, para tornar-se a luz que ilumina nossa Confraria.

    AMEM!!!!!!!!!!!!!

    Comentário por Aurelio Monte y Vaz — 12 junho 2011 @ 20:10 | Responder

    • Dom Monte y Vaz: convenceste-me com tais argumentos e me redimirei nas críticas futuras ao coração amolecido de nosso Mestre. Vossência está pleno de razão. Alvissaras!!!!

      Comentário por Comendador Phyntias — 13 junho 2011 @ 09:54 | Responder

  36. “Eu já tirei a tua roupa
    Nesses pensamentos meus
    Já criei mil fantasias
    De desejo e de prazer
    Eu já troquei a tua pele
    Já senti as tuas mãos
    Já beijei a tua boca
    Já senti teu coração
    Só não tenho teus carinhos
    Só não tenho teu querer
    Você é dessas loucuras
    Que eu não posso esquecer
    Com você posso tudo
    Com você quero pecar
    Com você eu vejo estrelas
    Vejo o sol e o luar
    Deixo tudo só pra ter
    Uma noite com você
    Eu deixo tudo só pra ter
    Uma noite com você” (Wando)

    Pronto, falei!

    Comentário por Mare Hollysmoke — 12 junho 2011 @ 21:17 | Responder

    • Mare,

      Nossa! what means it? too hot? do u need help… something like a fireman?
      (a Luma ADORAVA essa parte… ter o fogo aplacado por uma providencial mangueira – d’água – de um bravo bombeiro, casada – naquele tempo – e tudo…)

      (brincadeirinha… famosos os shows do Wando, não? um tal de atirar lembrancinhas no palco… rsrs)

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 12 junho 2011 @ 23:53 | Responder

  37. Don’t Stand So Close To Me – The Police
    “Young teacher the subject
    Of schoolgirl fantasy
    She wants him so badly
    Knows what she wants to be
    Inside her there’s longing
    This girl’s an open page
    Book marking – she’s so close now
    This girl is half his age”

    Comentário por Pe. Iscariotes — 12 junho 2011 @ 22:47 | Responder

    • Eminete Pároco,

      kiki é esse baguio q o Sr. postou ae?

      dá uma luz pros colegas monodialéticos, please… (tá uma tal de citação na língua dos homens bons do north q vou te falar… rsrs)

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 13 junho 2011 @ 00:23 | Responder

      • Bom dia Don Rodrigon, é apenas um clássico dos anos 80 do conjunto The Police, que reflete a situação do mestre Hariovaldo, onde um professor desperta uma certa “fantasia” na aluna.

        Um jovem professor a matéria
        Da fantasia de uma aluna
        Ela o quer de tal maneira
        Sabe como ela quer ser
        Dentro dela há desejo
        Essa menina é uma página aberta
        Anotando em seu livro – ela está perto agora
        Essa menina tem a metade da sua idade

        http://www.vagalume.com.br/the-police/dont-stand-so-close-to-me-traducao.html#ixzz1P9lxEQXj

        Comentário por Pe. Iscariotes — 13 junho 2011 @ 08:20

  38. […] um professor enamorado por uma jovem aluna em sala de aula, que sonhou em salvá-la do marxismo… Continue Lendo via Professor Hariovaldo Almeida […]

    Pingback por Dia dos namorados: A poesia que eu fiz para Dilma (via Professor Hariovaldo Almeida Prado) | Beto Bertagna a 24 quadros — 13 junho 2011 @ 00:02 | Responder

  39. Amados Prosélitos, Mestre Hari,

    Bom Dia, etc.
    Mestre Hari peço venia. Tb. quero meu momentum Veritatis.

    D.Rodrigon da Ponte, massss onde já se viu? Monossilábicos? X
    Temos uma vida off Hariprado. Não posso responder por Mare Hollysmoke, KikaGando , D. Sebas, Titia, o Barão de todos os baronatos , o nobilíssimo Sir Benevides e vou parar pois não quero cometer -uiuiu- INJUSTIÇA.
    Pe. Iscas com sua benção e do meu padrinho Pharaóh.

    Vou responder por mim: Após ver o Mr. V. fiquei com tanto medo que resolvi passar o valentine’s day – genérico –
    lendo “Fausto” -, na cama, naturalmente.
    Impressionada com o que li e “na mão” (vcs. já- já irão entender), resolvi contratar a menina tangerina e Yukeeeeee – graças ao seu sucesso junto aos nobres….aiaiaia! Bando de tarados, pervertidos,e fazer o “Funk do pólo” ou”voxiwagi castiga eu!” ou ainda “Levada Malvada do Pó-Pó.”

    A saga começa em fevereiro de 2008, quando cansada dos atrasos da minha mucama, que tem que tomar 20 conduções até chegar ao meu Chateau paulistano, nos Jardins, e resolvi comprar-lhe um pólo 0 km, naturalmente, pois não queria problemas.
    Sou do tempo que só peixe caia na rede e competência era pra quem tinha. Hoje eu quero cair na rede.

    Gostaria da apreciação dos nobres amigos como estaremos aceitando mudanças na letra, já que a musica vai ser batidão carioca, tipo Stronda. Já contratei meus advogados, just in case.
    É SÉRIO. Linguagem #gentediferenciada.

    Pó, Pó, Pó, Pó, Pó, Pó
    Pode “Pará”
    Pó, Pó, Pó, Pó, Pó, Pó
    A$$im não dá…

    Help alguém aí de cima
    Tô cansada desta sina.
    Help, o Pólo mais parece uma galinha.
    Vem fazer ao seu cliente……uma fézinha.
    Pó, Pó, Pó, Pó, Pó, Pó
    na wave minha.

    Décima empresa top de linha -” winá!”
    e eu a pé na “lusinha”
    É, véio, é ne$$a linha!
    Madama , entra numa roubada fria.

    Pó, Pó, Pó, Pó, Pó, Pó de uma figa,
    Oh, alguém aí de cima tenha dó
    Pó, Pó, Pó, Pó, Pó, Pó
    A$$im não dá!

    Óh! a vukawoka me acusa de responsa
    na buzina,
    Óh! tenha dó da senhorinha -“nun faz assim comigo não”!
    Estou na linha…..
    Eu tenho um pólo e estou a pé
    Gentemmmm, quem avisa amiga é.
    *************************************************************************************************8

    Peço urgência pois a menina tangerina e Yukê – teste, teste, – estão na esquina, esperando a mummizinha.

    Batidão batendo forte.

    Comentário por mme. vipissima — 13 junho 2011 @ 09:49 | Responder

    • Mme. Vipíssima,

      acordaste postando a 200 por hora, não? relax e aguarde, pelo menos, os 100 por hora…
      recentes estudos médicos desaconselham o uso de água mineral com gás… pode causar alterações transitórias… rsrs

      quanto ao vídeo abaixo, uma conjunção de ratinhas de praia, bombados de hormona (usando batom tbém?), piriguetes da classe média prestando serviço para usar de graça o q elas(es) não podem pagar aos bons moços comerciantes de pólvilho e pedras (semipreciosas).
      qto mais tempo nesse meio, mais afunda na areia movediça, às vezes, sem se aperceber da situação.

      o “bom” disso é q o cliente, com o tempo, pode virar “empresário”, e revender a seus amigos e familiares, os produtos q tão bem lhe fazem, evitando intermináveis visitas aos mocós (morros e favelas).

      por essa e por outras, o empeendedorismo e o capitalismo são tão bons!
      os bons da boca não moram nos mocós… mocó é, no máximo para gerentes e operacionais… financistas do ramo moram na vieria souto e na paulista… só homens de benz acima de qquer suspeita…
      viva o futuro da nossa juventude, o lucro, a livre iniciativa e o mercado “desregulamentado”!!!

      Alvíssaras!!!

      Comentário por Don Rodrigon de Compostela — 13 junho 2011 @ 12:50 | Responder

      • Nego tudo.
        Alvíssaras!

        Comentário por mme. vipissima — 13 junho 2011 @ 13:28

  40. Mas, quanta calúnia! Que horror!

    Comentário por froid — 13 junho 2011 @ 09:59 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: