Professor Hariovaldo Almeida Prado

31 dezembro 2010

Feliz 1964

Filed under: Relatos Pessoais — Hariovaldo @ 12:00
Tags: , ,

Feliz 1964

A todos os Homens Bons da Pátria um feliz ano novo!

Anúncios

30 dezembro 2010

Em 2011 seremos imbatíveis

Filed under: Relatos Pessoais — Hariovaldo @ 14:16
Tags: , ,

Global 5000

Ao findar o ano, no limiar de uma nova época, é tempo de renovarmos nossos votos nos princípios sagrados que regem todos os atos e procedimentos dos homens bons da nação. É um período de reflexão, de nos retirarmos em silêncio para, onde quer que nos encontremos, na tranquilidade de nossas mansões, nas luxuosas suítes dos hotéis, em Miami, Paris, New York ou Lugano, nos iates de 250 pés, enfim, na simplicidade de nossos aposentos, é hora de elevarmos nossos pensamentos aos céus, e clamarmos pelo representante da Bombardier Aircraft para finalmente adquirirmos a última versão do Global 5000, o único jato executivo que pode fazer a rota São Paulo Miami em menos de 6 horas.

2010 foi um ano de plenas vitórias, graças às nossas ações o comunismo está ameaçado onde quer que ele se encontre, Lula foi o grande derrotado das últimas eleições com uma vitória de Pirro que o sepultará definitivamente para sempre até a eternidade, o retorno da IV frota não é mais apenas um sonho, a dama do comunismo não resistirá 3 meses no Palácio do Planalto. Sigamos pois avantes, com determinação e galhardia, que em 2011 seremos imbatíveis frente as hostes comunistas e livraremos a nação de todo o mal, restaurando a ordem fhciana para a honra e glória dos homens de bem. Alvíssaras!

28 dezembro 2010

Governo Lula: um balanço imparcial e isento

Filed under: Relatos Pessoais — Hariovaldo @ 20:07
Tags: , ,

Lula

Chega ao fim um dos mais negros períodos da história da República com o ocaso do molusco escarlate indevidamente assentado na cadeira de mandatário maior da nação. Ruim governante, pior seu governo. A  miséria transborda em cada canto do país, a economia naufraga rapidamente, o estado agigantado soçobra despedaçado sobre nossas cabeças atônitas com tal espetáculo dantesco propiciado pelo sacerdote do comunismo que ora se vai. Ao contrário dos balanços tendenciosos de O Globo,  Da Folha e da Veja, falhos e claramente pró-Lula, faremos aqui um balanço imparcial desse desgoverno mefistofélico do PT. Vamos aos fatos.

Não vamos nos ater aos números pois eles desnudam de forma cruel o (des)governo lulístico, analisaremos os eixos centrais, os quais se ramificam por todas as demais áreas da administração pública do país. Daqui para frente Lula será sinônimo de fracasso em todos os dicionários da língua portuguesa, pois não existe setor algum de sua malfadada gestão que se salve ante ao mais superficial exame. Comecemos pela pobreza, que cresceu como massa de bolo, graças ao fermento da incompetência que seu governo jogou sobre ela. Nunca antes na história deste país tantos passaram para a linha da miséria em tão pouco tempo. Hoje, qualquer cidadão percebe ao andar pelas ruas o enorme número de novos miseráveis em todos os rincões da Pátria.

A falência do comércio é outro fator que não pode ser ignorado ao se comentar o período socialista que vivemos nos últimos anos. Milhares de pequenos mercados, mercearias, lojinhas de materiais de construção  fecharam ou foram à falência pela ação desastrosa dos ministros de Lula na área econômica. Isso contribuiu para o desemprego recorde registrado nos anos anteriores, cujo ápice se dá justamente agora. Há no Brasil hoje um exército de pelo menos 40 milhões de desempregados, graças ao apedeuta marxista do PT.

Além do fechamentos das fábricas, sobretudo das montadoras de automóveis, o empobrecimento da classe média trouxe também o problema da superlotação do transporte público, pois milhões passaram a depender dele ao perderem seus carros na crise financeira vigente. A infraestrutura nacional praticamente não existe mais, o apagão é iminente, as rodovias federais intransitáveis, as ferrovias sucateadas, os aeroportos superlotados, enfim, Lula transformou o Brasil em um país da África Oriental. Uma lástima!

Além do achatamento salarial, o PIB despencou para o fundo do poço, o país passou a figurar entres as piores economias do mundo, refletindo a incompetência e o despreparo dos petistas para comandarem a nação. A inflação está descontrolada, o crédito se retrai cada dia mais, as reservas cambias desapareceram, os indicadores sociais rivalizam com os do Haiti, e o que é pior de tudo, a baixa-estima do povo brasileiro é notória, as pessoas se envergonham de si mesmas e do presidente Lula; esse é o pior sinal de todos, a tristeza maior após oito anos de usurpação bolchevista, quase já não há esperanças no futuro.

Após essa análise sucinta, porém fidedigna, não há como não ficarmos deprimidos. A vontade que dá é de entrar no avião e nunca mais retornar de Miami para estes tristes trópicos. O último que sair por favor apague as luzes.

26 dezembro 2010

Começam as homenagens indevidas ao apedeuta usurpador

Filed under: Relatos Pessoais — Hariovaldo @ 16:58
Tags: ,

A plebe ignara, entorpecida pelo marxismo ateu do lulismo satânico começa a tecer loas vazias e insensatas ao seu mestre maléfico, compondo falsas homenagens indevidas e deprimentes. Vejam abaixo um exemplo lamentável de tais odes vãs.

“ODE A LULA

Lula

Quero hoje falar de um bardo
Que em Garanhuns nasceu
Seu destino estava traçado
Desde o berço, a fada prometeu
Vai ser grande na vida
e a muitos conduzir e liderar
Pois tem sabedoria prá vender
apesar de na escola cabular
mas isso não o podia deter
Porque a vida estava a lhe ensinar
a sempre os pobres defender
e deles o apoio nunca faltar

Em pau de arara veio prá São Paulo
Triste, com a mãe e irmãos abatidos
Só com a roupa do corpo, uns trapos
Passando fome, frio e dias sofridos
Mas mesmo assim com a esperança
De uma vida melhor, tempos coloridos

Instalou-se em Santos, cidade do Litoral
E lá para ajudar a mãe pobre e desvalida
saia cedo de casa, com um embornal
com doces, salgados, todo tipo de comida
Para vender aos trabalhadores do cais
Era essa sua labuta e sua sina diária
E isso ficará registrado nos anais

Já moço, o diploma de torneiro conquistou
E com esse diploma, metalúrgico viraria
Para cumprir o seu destino de líder
Dessa classe sofrida mas de valentia
Tornou-se seu presidente por mérito
Do sindicato, nas eleições  daqueles dias
E foi o melhor presidente que o sindicato veria

Na  liderança, uma greve monumental armou
Foi a primeira greve que fez ainda na ditadura
Somente com um megafone, arregimentou
no humilde estádio, milhares de peões
que lhe ouviam emocionados com amor

No Doi Codi foi preso e isolado
Mas de sua luta jamais desistiria
O PT esquerdista foi por ele fundado
pois notou que aquela algavaria
da política, é que daria resultado

Por duas vezes nas eleições foi tentado e derrotado
Para presidente, quem levou foi Fernando, o Edil
Graças ao Plano Real, que assim como o Cruzado
Fez a alegria e conquistou os eleitores do Brasil
Mas esse plano, apesar de deter da inflação o Dragão
tinha coisas do mal e a alguns parecia plano vil
Pois não se importava com os pobres da população

A tudo privatizava, vendia, e nenhuma renda distribuia
O dinheiro, só ia para os ricos, na maior festança
E com isso o povo passou a ver a  grande patifaria
Daqueles tucanos, que só faziam merda e lambança
E em 2002, deu a resposta, aquilo não tardaria
Retiraram do poder o porco, sua fuça e sua pança

E subiu Lula, do planalto, a rampa do poder
Para a todos brasileiros governar, reger e ser amado
Com justiça, amor e fé somente do dever
De promover um governo para o mais necessitado

E agora que ele está perto do governo se ausentar
Sabemos, sua figura é amada e jamais será esquecido
Se a imprensa não lhe fizer justiça e divulgar
O grande homem que foi e sempre terá sido
Nos nossos corações sempre será lembrado
Pois seu nome em fogo neles estará gravado!

Parabéns Lula! Esperamos sua volta, ou em 2014 ou em 2018!

Feliz Natal a todos os Confrades!”

J.C. Pereira

23 dezembro 2010

O último natal do mau velhinho

Filed under: Plano Condor Vermelho — Hariovaldo @ 15:10
Mau velhinho

Entre os seus, o usurpador escarlate mal consegue disfarçar a melancolia no olhar

Após 8 anos de miséria e sofrimento, o povo brasileiro assiste bestializado a mudança do poder de 6 para meia dúzia, numa encenação para inglês ver, pois os mesmos monstros marxistas continuarão controlando o país e impondo grandes penas à população honesta que sofre com a inflação, o desemprego e os baixos salários da era Lula. Todos esses terão um natal minguado e pobre, como nunca tiveram antes de caírem nas garras do comunismo ateu do PT.

 

Morenos

O líder do povo moreno não passa de um sacerdote do bolchevismo vermelho

A pobreza campeia as grandes cidades brasileiras, as ruas estão cheias de pedestres atordoados, se um níquel sequer para comprar víveres e mimos para os entes queridos, as lojas estão às moscas, os prejuízos para o comércio serão enormes, muitas falências virão. Depois de anos a fio sob um governo tirânico, os brasileiros estão famélicos, esquálidos, e o pior de tudo, tristes e desmotivados pois não veem esperanças para o futuro próximo. Este é o pior dos mundos para o povo desta nação, e nós, os homens bons, não podemos ficar indiferentes a todo esse sofrimento.

É hora de mostrarmos  apreço a essa gente humilde (que vontade de chorar), de demonstrarmos gratidão por quem tão bem nos tem servido desde antes da fundação da República, afinal, somos homens bons de corpo, alma e coração. Da minha parte, darei exemplo de humildade e generosidade acolhendo pessoalmente em meu lar duas jovens, maiores de idade, desvalidas e sem apoio para passarem uma semana comigo, do natal ao ano novo, em grande comunhão e harmonia, onde poderei ensiná-las com muito amor o caminho do bem. Depois disso, elas certamente tocadas pela nossa fé se tornarão pessoas melhores.

Jovens humildes que encontrarão amparo em meu lar neste final de ano:

Garota da Laje

 

Musa da alvenaria

Alvíssaras.

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.