Professor Hariovaldo Almeida Prado

28 fevereiro 2009

Serra e Kassab adentram o Sambódromo nos braços do povo! Lula atravessa e desafina na Sapucaí…

Filed under: Eleições 2010 — Humberto @ 16:59
Alegres e descontraídos, o governador e o alcaíde-mor de São Paulo esbanjavam alegria e descontração no sambódromo paulistano.

Com grande animação, o governador e o alcaíde-mor da cidade de São Paulo esbanjavam alegria e descontração no sambódromo paulistano.

Mesmo aqueles dotados de ouvidos mais exigentes, que preferem acompanhar os brilhantes solfejos da Orquestra de Cordas de Düsseldorf ou os notáveis concertos da Osesp ( agora sem aquele mandrião comunista na condução da batuta ), e costumam manter-se a segura distância dos festejos pagãos que ocorrem nesta época do ano, não haveria como não se emocionar com a recepção que a plebe ignara acotovelada naquele antro de ritmistas desnudos e mulatas insinuantemente trajadas ( Oh! São Serapião afasta-me esses pensamentos! ) ofereceu a nossos líderes Serra e Kassab.

Enquanto a mídia venal e petista se desdobrou em fazer uma cobertura negativa e tendenciosa, chegando até às raias de uma rede de televisão colocar vaias falsas de fundo, supostamente dirigidas aos dois gestores, a verdade é que faltou pouco para o Sambódromo vir abaixo graças ao ensurdecedor ribombar dos aplausos, iniciados imediatamente após o anúncio da chegada dos futuros governador de São Paulo e Presidente do Brasil. Exatamente o oposto do que vimos na Sapucaí, onde Lula compareceu completamente disfarçado, escondendo-se do povo. Só foi descoberta a sua presença quando, não conseguindo resistir a seu conhecido gosto pelo álcool [ contrastando com a vida saudável que levam os homens bons e decentes da Nação ], o apedeuta levantou o braço tentando chamar a atenção de um vendedor de caipirinha que ali passava, e a visão daquela horrenda mão calosa do quatro-dedos foi crucial para o desmascaramento do farsante usurpador. O povo vaiava e se esgoelava até não mais poder [ arrasando com o mito dos “84% de aprovação” ], enquanto a elite, os artistas, as celebridades e pessoas importantes e chiques que se encontravam nos camarotes reais balançavam as jóias, demonstrando sua total desaprovação à presença daquele atroz bolchevique na festa, de onde foi devidamente expulso, junto com sua comitiva.

Nervoso e desconfortável, Lula não conseguia esconder o mal estar com as vaias.

Nervoso e pouco à vontade, Lula não conseguia esconder o mal estar com as vaias.

Ao relatar esses eventos ao Mestre Hariovaldo – que passou os 4 dias desse Carnaval pagão em retiro e oração e , por isso, não sabia das boas novas – percebi que uma discreta lágrima rolara em sua face.

A última vez que isso ocorrera, foi quando nossos meninos despacharam aquele monstro bolchevique Jango para longe. A transmissão radiofônica diária da Missa de Frei Tertulião foi interrompida para informar a Nação de que o comunismo marxista, seus agentes e sua horda de agitadores ateus foram vencidos e que, a partir dali, com o Brasil remido e protegido pela Ditabranda, finalmente poderíamos viver na paz do Senhor. O Professor Hariovaldo soluçou, com os olhos cheios d’água fitou o céu, e orou em silêncio.

24 fevereiro 2009

Crise será o ponto final na agonizante economia nacional. País será um dos que mais sentirão.

Filed under: economia — Hariovaldo @ 20:54

Pobres homens de bem.

Golpeados em sua dignidade, os homens bons já não têm tranquilidade nem na Suíça para resguardarem sua honra.

Por mais que o atual governo ignaro tente disfarçar  e a mídia petista comprada tente ignorar, a crise cada vez sepulta mais o Brasil, chegando quase que demolir totalmente a economia nacional. O País será um dos que mais sofrerão com ela, graças ao inépto e incompetente (des)governo Lula. Com os fundamentos econômicos extremamente frágeis após quase sete anos de petismo atroz no poder, fica evidente que tudo que Lula fez foi abrir as portas do país para essa inexorável crise avassaldora, deixando a nação em uma posição de extrema vunerabilidade.

Arauto do bom caminho, a bela  jornalista Míriam Leitão tinha todas as respostas para o Brasil não cair no abismo que Lula o empurrou.

Arauto do bom caminho, a bela jornalista Míriam Leitão tinha todas as respostas para o Brasil não cair no abismo que Lula o empurrou.

Por mais que renomados economistas e comentaristas econômicos tenham alertado, o usurpador ilegítimo que detém a presidência por uma fatalidade do destino se fez de surdo e não ouviu os alertas. O resultado agora cai sobre nós de maneira trágica e cruel, pois não haverá uma só empresa que não vá às raias da falência.  E ainda por cima, para que os empresários não se previnam, esse peão do marxismo ateu internacional tenta ainda  enganá-los dizendo se tratar apenas de uma marolinha, que não tem problema, que logo passa, etc, numa desfaçatez tremenda típica dos ludibriadores sofismáticos bolcheviques.

Todos nós, a nata da sociedade, estamos contando as horas e os minutos para sermos remidos por um representante legítimo nosso e sermos salvos do petismo ignaro, estatizante e interventor. Essa hora não tarda a chegar. Alvíssaras!

22 fevereiro 2009

Lucro da Vale do Rio Doce cai vertiginosamente e a empresa fica em situação falimentar

Filed under: economia — Humberto @ 19:40

Queda

Queda abissal dos lucros praticamente obriga a empresa a abrir falência nos próximos dias.

Mais um golpe na prestigiosa iniciativa privada brasileira. Outrora um cabide de empregos para barnabés bolchevistas e funcionários públicos “nota zero”, a Cia. Vale do Rio Doce foi resgatada praticamente destruída das garras horrendas do Leviatã estatal, durante a moderna e civilizatória administração de nosso líder varonil Fernando Henrique Cardoso.

Um grupo de bem-sucedidos e venturosos homens de fé despenderam valores absurdos à época, mas tinham em mente que a missão que o Senhor lhes conferira estava acima de quaisquer questões monetárias.

Um extenso parêntese se faz necessário: àquela época, o milagroso plano econômico da estupenda equipe econômica de FHC previa que o Leviatã estatal entregaria graciosamente todas as inúteis e destruídas empresas estatais às profissionais e competentes mãos privadas, garantindo a estas uma provisão de recursos do BNDES para que os riscos de se administrar um elefante branco como a Vale e a CSN fossem diluídos. Com essa estratégia, as cabeças geniais e prodigiosas da equipe econômica esperavam atrair os importantes e globalizados investidores ( sobretudo os estrangeiros ) para que estes, cavalheirescamente, nos ensinassem a gerir e administrar conforme dita a infalível cartilha da boa-governança de Wall Street.

Ocorreu que para sabotar o plano que levaria o país a alçar vôos magníficos, estabelecendo a Nação como uma das mais modernas e desenvolvidas do Globo, a esquerda liderada pelo satânico sr. Luís Inácio, com a participação articulada destes sindicatos comunistas da CUT, os guerrilheiros marxistas do MST ( as FARCs do Brasil ), as ONGs financiadas pelo capital externo, os dinossauros nacionalistas e fracassomaníacos, enfim, toda uma rede de subversões revolucionárias baseadas no Foro de São Paulo, e que contava com a mídia venal e totalmente petista, todos estes personagens anacrônicos e atrasados de Pindorama atacando e pressionando conforme as diretrizes do Plano Condor Vermelho impuseram ao nosso iluminado líder sociólogo um recuo estratégico.

Diante de numerosas greves, ataques terroristas, assassinatos, invasões de propriedades, destruição de lavouras e outras formas de violência revolucionária o nosso Príncipe, depois de muito refletir e pesar as opções que tinha nas mãos, decretou que os investidores continuavam sendo bem-vindos, mas não poderiam contar com o bônus que havia sido previsto no Plano. Além disso, deveriam participar dos leilões, e desembolsar algum, a título de boa vontade. A contragosto ( pois tratava-se de uma clara agressão aos mais basilares princípios do Mercado ) nosso impoluto intelectual atribuíu-se a árdua e salomônica tarefa de exigir aos investidores um valor simbólico pela falimentar mineradora, valor este que serviria para aplacar a fome de quem não se satisfaz ( prova disso é esse mensalão que aí esta ) facilmente. Os benevolentes investidores pagariam muito mais pela combalida empresa do que ela realmente valia.

Deus escreve certo por linhas tortas. Quando perceberam que os investidores, em sua inabalável fé cristã e firme confiança na força da livre iniciativa e do trabalho árduo pagariam o que fosse necessário ( afim de renascer a falida empresa e, com isso, provar definitivamente a superioridade do pensamento econômico que triunfou na Guerra Fria e definiu o Fim da História ) e não brincavam com coisas sérias, já era tarde. Deu-se a mais fragorosa derrota do Plano Condor Vermelho, um golpe certeiro nas tramóias e subversões comunistas que contaminavam o Brasil. O que se viu foi que a cabeça iluminada e mente superior do nosso líder, dotada de raríssima visão de longo alcance e perfeita análise conjuntural, encaminhou – ao contrário do que fariam os mensaleiros – imediatamente todos os esforços gerenciais e os bem fornidos recursos provindos da venda da Vale para as obras de infra-estrutura que permitiram ao País passar totalmente ileso pelo chamado “Apagão Elétrico”, aquela série de sabotagens promovidas pelos agentes vermelhos e ateus das esquerdas bolcheviques. A meta dos terroristas era constranger nosso líder e disseminar a dúvida no seio da população, que passaria a questionar ( sem subsídio para tal ) aquele governo que havia remido a Nação ( Óh, São Serapião! ).

De posse da Vale, os benemerentes e laboriosos investidores em pouco tempo, graças às mais modernas ferramentas tecnologicas de gestão empresarial, colocaram a empresa no caminho do progresso e provaram a supremacia da livre iniciativa sobre o atroz projeto comunista de repartição de miséria entre uma população faminta e doente ( e, pior, sem um glorioso Deus a lhe confortar na penúria, já que a espiritualidade seria banida da vida destes pobres diabos, assolados pela experiência opressiva do marxismo petista ).

Evidentemente, o sr. Apedeuta ironizava quando chamava a pestilenta crise econômica mundial ( da qual foi um dos principais mentores e executores ) de “marolinha”. A mídia petista seguia com suas vazias e mentirosas manchetes otimistas, fazendo os bravos empresários nacionais acreditarem que seguíamos imunes à crise, numa rósea e sublime realidade, enquanto o Comando do Plano Condor Vermelho apertava cada vez mais e mais o laço em torno de nossos pescoços. Quando a brava e positivista classe empresarial brasileira se deu conta, a quebra era iminente. Com isso, nem mesmo a heróica Vale do Rio Doce escapou.

Ainda que o preclaro presidente Agnelli tenha enfrentado renhidamente as chantagens do sindicato de comunistas que ameaçava sabotar toda a cadeia de produção da empresa, a mineradora viu todos os seus esforços virarem pó, diante da catastrófica e manipulada crise econômica mundial, e os sonhos de vários homens de bem da Nação soçobram, definitivamente, sob o tacão do bolchevismo internacional.

Que São Serapião se apiede e interceda pela família Vale do Rio Doce.

19 fevereiro 2009

Moderníssimo sistema pedagógico rodízio impulsiona o sistema educacional paulista

Filed under: Educação — Hariovaldo @ 20:13
De concepção avançada, as novas escolas inovam na proposta do uso dos espaços e do tempo das aulas.

De concepção avançada, as novas escolas inovam na proposta do uso dos espaços e do tempo das aulas.

À testa da educação no país, São Paulo pode se orgulhar mais uma vez do avanço que é o sistema educional do estado, sempre se renovando  no sentindo de bem atender os filhos dos trabalhadores paulistas, que um dia, serão nossos futuros operários, motoristas, seguranças, pedreiros, encanadores, etc.  É preciso, pois, cuidar muito bem desse infantes porque eles serão essenciais para o futuro da Pátria e sem eles, no mínimo, teremos muitas dificuldades para encontrarmos serviçais qualificados para, mediante módica quantia, tocarmos nossos negócios e fazermos a riqueza e a glória da nação.  Ao se implantar mais turnos de aulas nas escolas mais alunos poderão freqüentar o ambiente escolar, sabendo como é e funciona uma escola, ocasionando o aumento da escolarização e mantendo a elevadíssima média dos últimos anos.

O turno do meio dia trará grandes benefícios para os alunos, sendo o principal o combate a obesidade infantil, pois o aluno entrando às 11:00 não poderá se alimentar de porcarias como sanduíches, sorvetes e doces, recebendo somente uma saudável refeição capaz de o manter até o dia posterior.  Esperamos que mais uma vez os petistas ignaros não tentem destruir mais esse avanço educacional com ataques caluniosos e vís.

13 fevereiro 2009

Sucesso da terceirização da merenda em São Paulo é prato cheio para os ataques caluniosos dos petistas.

Filed under: Eleições 2010 — Humberto @ 21:18
Alimentação básica, porém de alta qualidade e valor nutritivo, que as crianças têm direito graças a terceirização da merenda escolar em São Paulo.

Alimentação básica, porém de alta qualidade e valor nutritivo, que as crianças têm direito graças a terceirização da merenda escolar em São Paulo.

O cidadão de bem não tem descanso neste País. Pois a malta comunista monitora os passos tanto dos gestores modernos quanto dos inovadores empresários e produtores de riquezas da Nação.

Não bastasse o gerente paulistano Gilberto Kassab estar às voltas com as enchentes e inundações causadas até os dias atuais pela desastrosa administração marxista de  D. Marta do PT, os bolcheviques agora atacam noutra frente: a merenda escolar ( distribuída às esfaimadas crianças da patuléia ignara ), um verdadeiro banquete nutricional, mais do que adequado às classes sociais que sobrevivem à custa da Bolsa-Família do governo Lula – mas bancado pelos extorsivos impostos deste Estado bolchevique ateu – está sendo vilipendiada pela tropa de choque lulista aboletada nas redações da mídia venal.

Analisando atentamente as maquinações, podemos inferir que os ataques à terceirização da distribuição do delicioso antepasto escolar tem por objetivos:

– trata-se de um ignominioso ataque à iniciativa privada e à livre empresa, que tão bem cumpre qualquer função melhor que o estado;

– trata-se de uma manobra claramente político-eleitoreira: para quem é destinado – ou seja, aos milhões de filhos da gentalha morta-de-fome – é um menu verdadeiramente requintado; mas a ´KGB lulista´ trata de insuflar as massas contra o ínclito Kassab ( fazendo com que as hordas pensem possuir o direito de consumir caviar e lagosta ), com o propósito maquiavélico e não-declarado de atingir o vencedor governo de Serra; esta sabotagem tem por objetivo abrir caminho para a vitória eleitoral da guerrilheira terrorista revolucionária Dilma, candidata do satânico sr. Luís Inácio;

– insufla-se as massas afim de criar a anarquia e o caos; com isso, fica mais fácil para o satânico governo ateu do PT alegar que a situação foge ao controle, e que um governo Central forte e impiedoso será necessário; continua-se, assim, a implantar, silenciosamente, as diretrizes do Plano Condor Vermelho;

Em resumo: a Prefeitura de São Paulo dá mais do que é obrigada pelas leis draconianas e comunistas, mas a classe proletária nunca está satisfeita, mostrando que, além do mais, o pecado capital da Gula é mais um de seus horrendos hábitos de vida.

Oremos a São Serapião, para que Kassab siga liderando a oposição paulistana ao malévolo governo ditador e ateu do Sr. Lula e, assim, com a parceria estratégica firmada com o governo estadual, uniremos todos os homens bons da Nação em torno da candidatura salvadora e providencial de José Serra.

Alvíssaras, e bon appetit!

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.